domingo, maio 11, 2014

zezão causando constragimento após 2 séculos

Preciso fazer um trabalho da faculdade relacionando duas obras:

1) As vítimas algozes, do Joaquim Manuel de Macedo
e
2) Cartas a favor da escravidão, do José de Alencar.

Isso mesmo, amiguinhos. Cartas A FAVOR da escravidão. O Mein Kampf brasileiro. Zezão era escravocrata e escreveu diversos artigos, publicados em jornais, defendendo a escravidão.

Já tinha o vítimas algozes e fui pra Saraiva tentar comprar o cartas e mais outros livros. Chamei o atendente e fui dando os nomes, por fim peço o do Alencar.

"Procura por José de Alencar + escravidão", eu disse.

E pá.

Na tela, em letras garrafais:


CARTAS A FAVOR DA ESCRAVIDÃO.


A.cara.do.atendente. Impagável.

- É sério, senhora?

E para explicar que se tratava de um trabalho da faculdade e tal?

Tentei sem sucesso e saí de lá com o atendente puto comigo.

:(
- Sou racista, mas quem leva a fama é você kkkk

12 comentários :

Vanessa Negrão disse...

é livro pra comprar online e vir com praga mental.

adoro essa literatura brasileira só que de jeito nenhum (pode chamar de pedante e colonizada hahaha)

Karen de Sá disse...

Pelo menos o atendente não era negro.
Ou era?

Anônimo disse...

Não tinha como baixar na net? Mas q trabalhinho deselegante, hein.

Anônimo disse...

Ironicamente era do Ceará, estado que primeiro libertou os escravos num inciativa popular.

Anônimo disse...

Bobagem. Aristóteles também era (à favor), e não deixa de ser um dos seres mais sábios/inteligentes que já caminhou sobre a Terra. É necessário pôr cada coisa em seu lugar; contexto histórico etc. O que é óbvio hoje, não era em 1800 e lá vai pedra. E danem-se os malditos atendentes, rsrs. Em tempo: a literatura brasileira tem muita coisa boa, José de Alencar também...

Anônimo disse...

Mas Patrícia, não tinha na biblioteca ou pra baixar o pdf? Me recuso a pagar por um livro desses...

Anônimo disse...

Mas Patrícia, não tinha na biblioteca ou pra baixar o pdf? Me recuso a pagar por um livro desses...

Anônimo disse...

mas pratico baixar e imprimir
ou comprar no estante virtual

tomou um zig nessa viu, rs

Marcos Santorio disse...

um dia, qd alunos do século 30 souberem que votamos no garotinho e q gays não podiam adotar filhos, espantar-se-ão(hihihi) também.

Anônimo disse...

quando souberem que somente agora "descobrimos" que é errado encoxar mulheres nos ônibus e metrôs, os alunos do futuro também se surpreenderão.

Anônimo disse...

Certa vez em um trabalho de colégio do ensino médio fui junto com amigo e duas garotas comprar vaselina, e creme anti assadura na farmácia a atendente começou falar com os outros e rir.
Só depois que saímos da farmácia nos ligamos da merda feita.
vaselina+adolescente = sacanagem né

Julia disse...

Patricia não baixa livro, ela compra-os. Chupa, pobres.

hehe