quarta-feira, maio 07, 2014

o fim de liminha e a ascensão de marcelo d2

Vou contar para vocês a minha mais nova obsessão. O cara de francês que eu apelidei de Marcelo D2.

Antes preciso falar sobre o fim do Liminha. "Mas Patricia, por que você não fala mais dele aqui no blog?". Porque ele apenas está preso no primeiro período até hoje. Reprova todas as matérias e não dou mais 2 períodos para ele abandonar de vez, quando a faculdade bloqueará a bolsa dele.

Enfim. Agora vamos ao que interessa.

D2.

Conheci num dia de bar quando uma amiga em comum o chamou de outra mesa. Isso era em dia de semana, eu trabalhava no dia seguinte e apenas escuto "Brou, vamos na praia amanhã?". Ignorei. E super entendo isso vindo de quem tem 18 anos, mas Marcelo D2 aparentava bem mais. Fiquei quieta. Vida que segue.

No outro dia de bar, D2 também foi. Ficamos lá até as 3 da manhã, na volta eu falo pra minha amiga "se quiser dormir lá em casa, sem problemas". E D2, sem bom senso algum, diz "opa, eu também quero".


HAHAHAHAHAHAHAHAH


Gato, não. Nem te conheço. Disse isso da forma mais educada possível, minha amiga percebeu, riu e desistiu de dormir na minha casa para não ter que levar o mala. Deixei os dois no ponto de ônibus ao me certificar de que havia ônibus ainda para eles. Me despeço e o D2:

- Que isso, gata, não vou dormir na sua casa?

Não, não vai.


É aí que você, caro leitor, irá dizer: "Ai, Patricia, você podia ter aproveitado uma trepada".

Deixa eu contar uma coisa pra vocês, talvez não tenha ficado claro em posts anteriores. Eu odeio maconheiro. Então, não.

Apenas me limitei a dizer "tem ônibus pra vocês dois, não tem necessidade de ninguém dormir na minha casa" e fui embora.


Nos corredores da faculdade, fujo dele como o diabo foge da cruz.

Mas o ápice de tudo é o facebook. Todo dia cria um tópico desnecessário. Outro dia o tópico era:

"Eu sinto que a energia do andar não tá legal, bora organizar um saralzinho? Amanhã cada um leva seu violão".

Minha reação:


E aí, você pensa: nossa, mas é só um jovem querendo curtir a vida, deixa de ser implicante, Patricia.

D2 tem 29 anos, não trabalha e vive com os pais.

Sem mais para o momento.

12 comentários :

Anônimo disse...

Rsrsrs, mas que preconceito. Minha mãe me ensinou a ouvir os mais velhos, então: http://www.youtube.com/watch?v=qCy2UoVUvKY

huehuehue "é massa, é gostoso, é bom, sara tudo quanto é doença"

brinks. Maconheiro é bicho chato mesmo, mas desde que não estejam na brisa não vejo nada demais.

Fiquei com pena do liminha =/ ou não.

Eu disse...

Vc posa de avant garde e aí implica com quem fuma um baseado. Really bitch? E daí que ele mora com os pais e não trabalha? Isso afeta a sua vida em alguma coisa? E o fato de vc trabalhar e morar com a sua mãe, afeta a dele em algo? Tbm não, então menos... bem menos, fia.

Anônimo disse...

Vi uma foto no insta de um sarau ontem na Letras da UERJ... rsrs.... Sinal que há adeptos!!!

Esse povo "alternativo" sempre me irritou profundamente.... rs

Anônimo disse...

Mas ela escreveu no blog dela, sem citar nomes... Então sinal que não a afeta, simplesmente dá uma boa história.... rsrs....

E, realmente, fumar maconha com o dinheiro alheio é algo bem louvável.... Pode continuar tomando as dores do D2!

Luana disse...

Me divirto com esses anônimos. Vem no blog da Patricia criticar que ela critica o maconheiro. O blog é dela, fia, se liga.

Marcos Santorio disse...

podia oferecer um baseado pra ele.... nomlugar da maconha, pôe bosta de cavalo, dizem q chega a um ponto q eles nem percebem a diferença, o cérebro já tá todo comido mesmo!!! haushaus.... Fico pasmo com sua paciência,viu? Com o povo real e com esses comentários sem noção... tá de parabéns,viu???

David disse...

Mas, vem cá, vocês tinham dúvidas de que o Liminha iria terminar de outro jeito? Gente, o cara acha que faculdade é igual colégio, pô! Enquanto a ficha não cair, ele ia ficar nesse esqueminha aí de querer formar uma "turminha" igual a que ele tinha na "escolinha" dele.

Sobre o D2, bom, infelizmente, a maioria dos maconheiros de faculdade são assim. Pelo menos, ele não fica citando Marx e nem faz parte do grêmio, ou faz?

Anônimo disse...

Aiii, eu tive um D2 no meu tempo de faculdade q namorava uma colega de turma e dava em cima de mim com um papo de "reparei que vc estava me olhando", "nossa energia...". E eu com pavor daquele cheiro horrendo, daquele cabelo, daquela roupa encardida... Me afastei dela p/ não ter contato com ele. Te compreendo.
PS: Bianca <3

Anônimo disse...

Bianca Del Rio, RAINHA! ♥♥

No mais, também odeio maconheiro. Povo chato duzinfernos.

Anônimo disse...

Como assim a pessoa se convida para dormir na casa da outra, que nem conhece??? Quer dizer, pode ser um perigo recíproco! Muito sem noção total das coisas.

Anônimo disse...

aaaaaah, Patricia, trepada é trepada, pega o maconha e depois faz a egípcia e pronto #alokadosexo

Gilson Rosa disse...

vc tá cada dia mais reaçona. <3