terça-feira, dezembro 17, 2013

dorme, gigante. PELO AMOR DE DEUS.

Estava no bandejão da uerj, feliz e contente comendo meu chester, quando escuto um burburinho na mesa ao lado. Escutei alguém falando de recesso decretado e me meti no meio da conversa.

- Pô, não tá sabendo? O reitor decretou recesso hoje, amanhã não tem mais aula.

PUTA QUE PARIU, QUE FELICIDADE.

Eu tinha prova amanhã e graças a deus ao reitor, não tenho mais.

Sei que eu tava indo beber com uns amigos, cruzo com um cara do diretório boladíssimo fazendo discurso:

- É UM ABSURDO ELE FAZER ISSO COM OS ESTUDANTES! TODO MUNDO CHEIO DE PROVA PRA FAZER, CHEIO DE TRABALHO PRA ENTREGAR!

Amigo, acho que é justamente por isso que você deve comemorar e não ficar puto. Mas quem sou eu.

E segue a pessoa falando aos berros:

- É POR CAUSA DA ALDEIA MARACANÃ, O REITOR DECRETOU RECESSO PRA ESVAZIAR NOSSA MANIFESTAÇÃO. ELE FEZ TUDO DE CASO PENSADO. VAMOS OCUPAR A REITORIAAAAAAAAA.

Gente.

HAHAHAHAHAHAHAHAHAHA

Gargalhei na cara dele e peguei o elevador.


Eu acho engraçado que a pessoa não consegue fazer contas, né. Terça que vem é dia 24. 25 é natal. Como o reitor pode ser esse filho da puta todo (nessa questão, enfatizo) se ele apenas antecipou o recesso em QUATRO dias? A impressão dessa galera é que estamos em novembro e não tem mais aula. Fera, já estamos em dezembro. Enquanto você puxa um baseado, já deu o ano novo.

E aí começa outro tumulto, porque os ativistas da aldeia maracanã querem invadir a uerj pra tomar banho. Até aí, tranquilo, o que a faculdade puder ajudar, beleza.

Então, eu olho para o lado e vejo os ativistas. Sentados num banquinho fumando maconha. Todos com idade entre 25 e 30 anos. Impossível alguém ali trabalhar. Todos sustentados por papai e por mamãe, puxando um baseadinho. Cafona define.

Apenas acho. Só acho. Que os índios mereciam um apoio melhor.

Mas quem sou eu.

11 comentários :

Anônimo disse...

Hahaha típico da UERJ, os estudantes profissionais. No dia que um desses descobriu que minha colega trabalhava na justiça do trabalho passou a persegui-la como louco para que ela apoiasse o "núcleo trabalhista" do CA ou algo que o valha. O cara não percebe que um estudante de graduação só tem como conseguir um cargo de 2º grau?, ou seja, empurrar carrinho de processo, furar folha, fazer memorando etc. Ou ele achou que estaria arregimentando o Vicentinho em pessoa?

Anônimo disse...

Típico de filho da puta sustentado por papai e mamãe! Umas vez, eu tinha uma prova fudida na faculdade, era semana prova... e acabou a luz. TODO MUNDO vibrou, obvio, acho ate foi Deus que mandou aquele raio no gerador kkkk! Mas quem deu show na porta, xingando todo mundo de sem noção, incompetente, maldito e fracassado que comemora porque nunca vai ser ninguém??? Minha prima. Uma ameba inútil, vergonha foi tanta que sumi na escuridão para nao ser reconhecida por ninguém como parente daquilo.
Nojo define rs.

Anônimo disse...

vou viajar...ai fui me despedindo de todos os meus amigos e por isso estou aqui. FEliz natal com muitaaaaa comida e um ano novo com muita foda :)
vou passar meu natal e ano novo no CRATO CE um fim de mundo,sem nada e sem homem. manda um bjo para seu amigo e outro para sua mãe, adoramos ela.

Anônimo disse...

vou viajar...ai fui me despedindo de todos os meus amigos e por isso estou aqui. FEliz natal com muitaaaaa comida e um ano novo com muita foda :)
vou passar meu natal e ano novo no CRATO CE um fim de mundo,sem nada e sem homem. manda um bjo para seu amigo e outro para sua mãe, adoramos ela.

S.L disse...

mano, demais!!! essa galera é surreal. o gigante já tá no segundo sono faz tempo uhaushaushau
aproveita o recesso e show de bola ;)

Thaís Lyra disse...

Ah os fedidos profissionais, estão por toda parte...

Anônimo disse...

Cara, estava vendo os seus post passados e invejando sua vida em jiboia city. Sei que pra vc foi um martírio, mas pra mim é sonho! Eu isolada no pantanal, sem ter que encontrar com ng e sendo funcionária pública. Vejo que vc estudou filosofia, mas não terminou o curso, Cara estou me formando e o que esse diploma faz de mim? Uma fracassada com diploma! 25 anos na cara sem um emprego e sem perspectiva de nenhum. Veja a única esperança que se tem de ganhar uns trocados é dando aula na escola pública, mas sou uma otária timida que tem medo de falar em público. Não superei a timidez na faculdade como todos falavam. Obrigada! Só queria dessabafar.

AndréaMilch disse...

NUNCA vou entender alguém não gostar de feriados surpresinha. haha

caty disse...

anônimo de 13:44, se você cogita a possibilidade de ser professora de colégio público e a única coisa que te impediria seria a timidez, faça igual o e-mail da patrícia e se joga! falo por experiência própria. sou a pessoa que tinha mais medo de falar em público na face da terra. mal consegui apresentar o projeto de graduação, mas como dizia o seu madruga, quando a fome aperta a vergonha afrouxa. qdo cheguei pra dar aula em faculdade, consegui superar tudo msm com dificuldade no início. só larguei porque ganhava mal pra caralho.

Anônimo disse...

Patricia meu amor, queria muito que você escrevesse sobre hemorroidas, pois a partir de agora elas fazem parte do meu cotidiano. Não bastasse a chata da menstruação mensal, agora arrumei mais um chifre pra coçar. Tô sofrendo muito, pois as veias tão saindo e não entram nem a pau. Enfim, espero que você escreva algo engraçado sobre, pelo menos assim sofrerei menos.

Anônimo disse...

Não se preocupe, pois, o gigante pegou os vinte centavos e já voltou a dormir.