terça-feira, agosto 13, 2013

mês do desgosto etc

Apenas um aperitivo de como tá sendo o meu agosto:

sentou um cara do meu lado no ônibus viradíssimo num exu fervoroso.


Primeiro que eu tava com fone de ouvido e só via de relance a pessoa gesticulando, mas até aí, sei lá, de repente ele tá no telefone com alguém. Desligo minha música para saber o que tá rolando, ainda sem fazer contato visual algum, e escuto uma série de palavras desconectas, depois segue amplas variações em tons da palavra JUSTIÇA.

Justiçaaaaa.
Juuuustiça.
Jusstiiiiçaaaa.

Etc.

Seria um filho de Xangô? Jamais saberemos.

Ele se remexia como a menina do Exorcista.

Minha vontade era falar "amigo Exu, vamos cantar pra subir, gente? Isso é hora de descer? No ônibus com engarrafamento, a gente voltando do trabalho? Desce outra hora, por deus!", mas né, apenas me resignei.

No final, exu vira pra mim, com voz do Clodovil e diz:

- A MULHER É SUJAAAA. TODA MULHER É SUJA! EU NÃO GOSTA.

Meu agosto: sendo destratada por exu homossexual num ônibus lotado.

19 comentários :

Marimari disse...

Essas merdas só acontecem em ônibus mesmo.
Uma vez eu tava indo pra faculdade e uma louca subiu, cuspiu no chão, tirou uma pedra da bolsa e jogou pela janela.
Nesse dia eu tive medo de morrer.

Priscilla disse...

Se vc disser que foi o 222 eu te digo qm pode ser este ser.

Há um mendigo travesti e doente mentalmente que vive pondo defeito em todas as mulheres que passam na rua ou que passaram por ele há alguns minutos. Como ele ganha roupa das pessoas às vezes se veste de homem. E são nesses dias que ele resolve passear de ônibus. E o pega (ou pegava) no antigo ponto final do 222, no Hospital dos Servidores.

Quando é pra andar pelo bairro ele veste qualquer roupa de mulher e fica gritando pras mulheres que passam: "sua arrombada, desgraçada. Vai ferver no inferno sua arrombada".

Anônimo disse...

HAIHAOIHAOIHAOAHAIHAHAHAHAHA
HAHAHAHAHAHAHAHHAHAHA
AHAHAHAHAHAHHAHAHAHAHAHA

melhor post da história desse blog.

Lacerda disse...

Hahahahahahahaha

Sarah Casasanta disse...

HAHAHHAHAHA!!! Lembrei agora da minha colega de trabalho que sentou uma moça do lado dela no ônibus, toda sorridente e disse:

- Sabe quem ta feliz hoje?

A minha amiga toda trabalhada na inocência perguntou:

-Quem?
-Jesus! - respondeu a moça.

A minha amiga simplesmente entrou em desespero porque ainda estava em Campo Grande e trabalha no centro.

www.clubedasneuroticas.com

Anônimo disse...

gente, tem horas que dá medo pegar ônibus...

Lai disse...

Patrícia, você sabe onde tem a primeira temporada de "Orange is the new black" pra baixar? Pode ser legendado ou com legenda separada.
Obrigada.

Anônimo disse...

Lai, assina o netflix.

Mesquita disse...

Hahahahahahaha

Eu lembrei que uma vez tava dentro de um ônibus e tinha uma mulher com uma sacola, o ônibus tava meio vazio e em determinado momento que ônibus dobrou alguma esquina, um peixe caiu da sacola da mulher e ficou sendo jogado de um lado para o outro.

Patricia C. disse...

Priscilla, eu sei quem é essa travesti, super famosa no centro. Não foi ela que tava no ônibus. Sempre foi simpática comigo, mas eu sei da bipolaridade dela, tem dias que de longe a gente escuta os gritos.

Lai, eu baixei todos os episódios por torrent, os links pequei aqui http://www.seriesintorrent.com/2013/07/orange-is-new-black-1-temporada.html

Anônimo disse...

um dia, estava voltando da faculdade e vi um frango cru cheio de sangue debaixo do banco. a mulher vira pra mim e pergunta: "é seu?". eu: "q? não." ela: "ai, então eu vou levar pra minha casa." e saltou no jacarezinho com a criatura debaixo do braço.

CriCo disse...

"Desligo a minha música para saber o que está rolando"... tb sou desses! :D

Anônimo disse...

maluco de ônibus é uma desgraça.

olha, me dá raiva gente doida solta assim pela rua. #falomesmo

Anônimo disse...

roubaram meu carro com 1 mês de uso e só posso falar: Agosto - prefiro que fiquei no zoológico

Lai disse...

Obriga, Patrícia.

Detalhe: não sei mexer com torrente. =/ Mas vou me virar, uma hora a gente tem que aprender certas coisas, rs.

Anônimo disse...

Ai que DESGRAÇA andar de ônibus rsssss ai sabe que as vezes eu me pego pensando como deve ser isso ? Rsssss eu nunca cheguei nem perto desses trambolhos rssss pq tenho meus luxuosos carros importados e blindados rsssss ai e vcs ainda têm a AUDÁCIA de ficarem contando suas "aventuras" no busão (arrepios de horror percorrem meu corpo ao escrever esaa palavra rsssss)ai pobretões, SE MATEM RSSSSS se eu tivesse sofrido a desgraça de nascer pobre tentaria esconder isso á todo custo dos outros, ao invés de ficar contando numa espelunca virtual rssss assunto de rico é falar de suas viagens internacionais , dos restaurantes e lojas carésimos e chiquerésimos que freqüentam. E de pobre?? Falar sobre histórias de busão (arrepios) rssss ai pobretões é por isso que eu venho aqui vcs me divertem muuito rsssss se
Bjos dá RYCAH com meu batom europeu rsssss

Aline disse...

HAHAHAHAHAHHAHAHAHAHA apenas. eu moro no Canadá e aqui tem umas vibes dessas também, não é exclusividade do Brasél, busão é busão em todo lugar do mundo. Uma vez de madrugada entrou um chinês todo trabalhado na pomba gira, eu quietinha com medo de morrer e os gringos rachando o bico e tentando conversar com ele e perguntando quem tava lá auheauheauhea

é uma desgraça.

Anônimo disse...

Patricia

Esses fatos estranhos tb acontencem aqui na Inglaterra, ontem no onibus entrou um cara de oculos escuros e com um cachorrão, claro que o motorista pensou que ele fosse cego e nem reclamou, daí que o cachorrão senta sobre os meu pés e eu numa mistura de pavor e desespero fiquei quetinha, vai que o bicho resolve que meu pé é saboroso. Então vira o "cego" tira o oculos, olha pro bichão e fala calmamente: "Hei Bruno sai de cima dos pés da moça". E eu com uma cara de idiota ainda me perguntando como ele sabe que o bicho estava perto de mim?? E como alguem chama um cachorro de Bruno?
Bjs Rosa

Anônimo disse...

dizer que odeia mulheres e chama-las de putas arrombadas nao é coisa de gay ou traveco, é coisa de homem misogino, seja la qual for a sexualidade dele