segunda-feira, julho 08, 2013

a fase da empada

Minha memória é péssima, não lembro se disse aqui, mas Stalin não passou no vestibular. Ou, pelo menos, graças a deus não vi. Encontrei com ele outro dia na Lapa e quase fui falar já trêbada "eu passei no vestiba e vc não kkkk".

Maturidade sempre.

Mas voltando.

A idade pesa. E pra mim pesa muito mais porque sempre me considerei velha demais. Essa coisa de espírito jovem não é comigo. Inclusive na época em que eu era espírita, ficava super preocupada, já que né, dada a velhice do meu espírito, era um sinal de que, rysos, estava presa aqui na terra há muito tempo sem evoluir. Imagina o meu desespero ao longo de milênios vendo todo mundo partir para planetas fodas e eu aqui nessa merda?

Mas voltando².

Tô aqui com quase trinta na faculdade tendo que escutar papo de boy que ainda não se descobriu, tendo que escutar papo de nega que quer terminar com o namorado para dar em cima do gay que ainda não se descobriu, tendo que escutar "somos apenas bons amigos" de nega católica que não termina o noivado pois o noivo "foi o primeiro e único homem da minha vidazzzzzzzzzzzz".

Mas o pior são os bares que a galera escolhe. Quem já teve 19 anos, sabe o sufoco que é. Sem trabalho, mamãe dando 10 reais e você fazendo malabarismo com aquele dinheiro. Quem nunca passou por esse constrangimento que atire a primeira pedra.

Nessa idade nego escolhe o bar pelo preço. "Esse não que é caro, vamos naquele ali que é barato e rola promoção de pizza".

*promoção de pizza*

HAHAHAHAHAHAHHAHAHA

Gente, pelo amor de deus, nem sei mais o que é pensar em lugar barato. Vou em lugares que eu gosto e cago para o preço da conta (/mulheresricas). Mas tenho que ir atrás deles, pois se nego conta moeda no final, eu é quem não vou bancar as pessoas.

E daí lembro de quando eu tinha 20 anos e ia pro iguatemi com o Allan. O único lugar que dava pra gente comer era a casa da empada. E era tipo uma empada e uma coca para os dois. Vacas magras total. O trauma foi tão grande que até hoje tenho horror a empada. A pior fase da vida é essa.

36 comentários :

Anderson Kbção ® disse...

Bom dia Patrícia!

Fique feliz que hoje é segunda feira!! (imaginei você com a cara daquele gatinho do face que odeia tudo, falando NÃO!

Vacas magras.... eita tempo dificil... Ja superei hehe

jlb disse...

Sei bem o que é isso. Época de faculdade sem um puto no bolso e meus amigos todos com carro de presente dos pais :~~~

Ainda bem que superei essa fase. Hoje tb dou uma de #mulheresricas hahaha

Rosana Tibúrcio disse...

E eu corri pra ler, muito agoniada e só pensando: tem fase da empada do Candy Crush?? Como assim, num é só doce??? hahahaha
Ufa, que alívio!!! Era a fase da dureza estudantil. Passei por ela, também, mas por aqui ficávamos no quibe. Um quibe pra dois e olhe lá...


Fernanda disse...

"""A idade pesa. E pra mim pesa muito mais porque sempre me considerei velha demais. """ Sou eu. Bom saber que não sou a única por aqui! rs.

Anônimo disse...

Melhor é que eu leio o blog. Claro. Porque, oi? Graças a Djá não estou sozinha nesse mundo de gente alienada. Alívio. Aí coisa e talz... estou na rua fingindo igual a minha cara que sou normal - total sem paciência de fingir normalidade - e de repente a pessoa fala merda (não que as pessoas tenham esse hábito de falar merda, né?) e eu olho com minha cara de PUTA.QUE.PARIU e fico em silêncio... Aí nego pergunta: "o que foi?" E eu digo... se tivesse que colocar numa frase minha resposta seria "NO HAY BANDA". Mas, evidentemente, as pessoas não entendem o que significa "no hay banda". Aí "só me resta rir", mas as pessoas não entendem a PROFUNDIDADE da expressão "só me resta rir". Só me resta rir MAIS. Incrível como sou influenciável para absorver e incorporar essas expressões que não significam nada e dizem tudo. Gostei da nova: "maturidade sempre".

Anderson Kbção ® disse...

cara... que viagem o comentário de cima...

Vanessa disse...

Realmente o comentário do anonimo foi totalmente aleatório.

Mas sim, eu ainda vivo as vacas magras(bolsa do cnpq não dá pra nada), mas eu e meus amigos vamos atrás de promoção de tequila.Duas por 10 é a gloria.

E sobre ser velha, eu totalmente te entendo completamente. Sempre me senti velha, especialmente quando era adolescente. Quando tinha 15 anos não suportava quase ninguém da minha idade e o pior é agora com 20 anos quando meus amigos tem a brilhante ideia de namorar com nega de 16 e querem que eu seja bff das meninas.Sorry, não dá.

Anônimo disse...

Querida, pense que eu tenho que visualizar a noiva do homem que eu amo na faculdade. Pronto! Beber em boteco pé sujo eu faço por prazer!

Patricia C. disse...

Gente, só pra dizer que me compadeci muito com o comentário do anônimo das 15:57. Total estamos juntos nessa, pq me pego varias vezes falando SILENCIO NO HAY BANDA e as pessoas q.

ri muito com rosana achando que era uma fase do candy crush. reabilitação pra ontem.

Anônimo disse...

Se o anônimo 15:57 não fosse anônimo eu diria que era a Patricia. Não estás só!

É muito amor... disse...

Nada a ver anônimo 23:19... Só quem acompanha a epopeia da Patricia entende sua filosofia em bordões!

Elis Bastani disse...

Corro o risco de parecer Vida Loca, mas eu me divertia muito mais nessa época, quando saia com 5 reais e voltava bêbada e com 3,50 no bolso. Hoje eu fico entediada com tudo. Só quero ficar em casa dormindo.

Mas a bem da verdade, quando eu não estava me divertindo loucamentre eu sofria muito pela falta de dinheiro

Rosana Tibúrcio disse...

Eu amei o comentário do anônimo e foi bom saber que não estou sozinha: também incorporo expressões alheias como se fossem minhas e falo um monte de coisa nada a ver...

E ri muito do "reabilitação pra ontem" aaahhhahahaha
Vou procurar!!!!

Anônimo disse...

muito fumada quando escreveu esse post.

Larissa disse...

Morri com o comentário do "quando eu era espírita"
"Imagina o meu desespero ao longo de milênios vendo todo mundo partir para planetas fodas e eu aqui nessa merda?" hahahaha. Desistiu de ser espírita?

Tb não tenho mais paciência pra ir nos butecos copo sujo. Na época da facu era o que dava pra pagar.
Pior são os amigos que há 10 anos iam com vc no copo sujo e hj, 10 anos depois, continuam indo nos mesmos butecos por causa mãodevaquice e vc tem que acompanhar.

Anônimo disse...

Realmente o aumento do tédio é diretamente proporcional ao aumento da renda, concordo com a pessoa que voltava com 3,50 no bolso!

Wesley Lacerda disse...

Adorei o pots, Patrica. Dei boas risas. =)

Vitória disse...

Tb já passei por essa fase. Eu e o pessoal da faculdade íamos a um boteco chamado GAMBAR (olha a decadência). Aí chegando lá eu sempre encontrava meu pai, meu irmão, meu tio... Ou seja: a família inteira era decadente kkkkkk. Pior que ás vezes meu pai tinha acabado de me deixar na faculdade e me encontrava no boteco em seguida, aí eu tinha que mentir dizendo que a professora havia ficado doente. Bons tempos.

Jackie e Rômulo disse...

Habibs define essa fase.

Ingrid disse...

Patricia,voce podia me da um help? O concurso que vc fez la pra jiboia city era pra que?
To querendo fazer um,de ensino medio pra sair dessa cidade(infelizmente pra mim,sair so com emprego garantido) e lembro de vc ter comentado que concorreu com 9 pessoas .. Se puder falar,eu serei eternamente grata

Anônimo disse...

Na minha época rock.piercing.coisas q me arrependo, tudo o q nos restava eram os rock na rua, da rádio cidade. E ainda levava pau na coxa, tequila, etc na mochila, ou seja, dinheiro só da passagem. Jana.

Ashen Lady disse...

Pra amiga que frequentava um bar chamado GAMBAR, eu batia cartão num lugar chamado Fofinho Rock Clube. Decadência resume.

Andre V. disse...

morrendo de rir com aletoriedade do anonimo 15:57. Total eu essas viagens e super peguei o sentido da coisa.


morrendo com a vitoria e sua familia decadente.

rindo o mundo com a louca do candy crush.

comentaristas do blog da patricia ==> OS MELHORES.

Mesquita disse...

Eu joguei poucas vezes Candy Crush, mas quando li o titulo achei que a Patricia estava se referindo ao Candy Crush.

Lorena disse...

hahahahaha não tá fácil a vida!!

Anônimo disse...

Fofinho Rock Clube.

-q

Engraçadinha disse...

Há esperança.
Eu tô aos 40 na faculdade, neam?

Anônimo disse...

ooolha, o blog da patrícia já tem fãs e haters, tem nega querendo se aconselhar sobre concurso...
daqui a pouco patrícia vai virar ITGUEL> hahahahaha

Anônimo disse...

Patrícia
bota o link do teu face, negona!
bjux

quase 30 disse...

Gente, e eu que já tenho quase 30 a vou (tô querendo) fazer a terceira faculdade e *detalhe* se eu disser a vcs que ainda conto moedas?

Preciso urgentemente que o Luciano Huck me veja fazendo uma boa ação e multiplique minhas moedas (que são muitas) por mil.

oh lord, help me please!

jajaja

Unknown disse...

eu sou espirita ha pouco tempo,e fiquei muito surpresa quando li que você era espirita. leio seu blog há muitos anos e tenho 20 ano.
gostaria de saber por motivo de curiosidade, por que vc desistiu? ficaria muito grata se me respondesse

Lidix disse...

Ano que vem vou começar faculdade... putz, estarei aos 30 tendo que ir nos bares baratos pra não bancar o povo????

Anônimo disse...

AAHAHHAHAHAHAHAHA

Espírita querendo re-converter a Patricia! kkkkkkkkk

~só me resta rir~

Amanda disse...

Não sei o que é o melhor o post da Patricia ou os comentarios do post. Estou adorando você fazendo faculdade de letras pq estou relenbrando a minha época, muita gemte pau no cu.

Amanda disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Inaie disse...

Adoro empada. experimentarei meia empada...