segunda-feira, outubro 08, 2012

meu dia de mesária

Meu maior erro foi ter achado que reserva de mesário não ia trabalhar. Saí no sábado, voltei bebâda e fui direto pra seção, jurando por tudo que apenas diria "oi, meu nome é patricia, beijos, tchau" e voltaria pra casa dormir. E de fato todos os mesários da minha seção compareceram. Só que eu não conhecia o ~purgatório dos reservas de mesários~. Consiste em todos os reservas num cantinho esperando o aval das pessoas do TRE, tipo "podem ir embora, todos os mesários de todas as seções vieram".

A essa altura eu apenas queria dormir, dormi sentada na frente de todo mundo pensando que jamais irei novamente ao reza forte no méier em toda a vida que me resta, pra não ter que ouvir "a mais bonita daqui é vesga". Eu caguei pras duas folgas no trabalho, eu estava virada e só.queria.dormir.

E aí rolou que precisavam de 8 reservas. Éramos dez.

O critério escolhido pela funcionária do TRE era "os que chegaram por último, ficam".

Até aí, tudo ótimo porque eu cheguei cedíssimo. Quem foi a primeira a se fuder foi a que chegou por último. CHOROU - juro por deus, chorou - implorando que tinha filhos e precisava voltar pra casa. Nega estava em prantos.

No final, sobrando apenas uma vaga a ser preenchida, vira a mulher do TRE e me escolhe SEM CRITÉRIO ALGUM. Eu ri e disse NÃO. Porque se o critério era quem chegou cedo, eu não deveria ser escolhida. Nisso vira uma piranha de uns 18 anos que tem como profissão: estudante e diz pra mim

"Ah, mas você não chegou cedo não! Eu nem te vi aqui"

HAHAHAHAHAHAHAH

Apenas gritei

 VOCÊ ESTÁ ME CHAMANDO DE MENTIROSA? Vai perguntar pra presidente da minha seção, garota.

Barraqueei até o cu fazer bico na frente de todos os funcionários do TRE.

Aí deram a ideia de fazer um sorteio para decidir quem seria o mesário, caiu pra piranha que simplesmente surtou. "Ai, eu não quero ser mesária porque eu nem trabalho pra ganhar folga mimimi", caiu uma lágrima dramática do olho dela. Eu ri e pensei AH, MAS AGORA É QUE EU QUERO VER ESSA VACA COMO MESÁRIA.

Mulher do TRE estava quase chorando pedindo pelo amor de deus alguém assina esse papel dizendo que aceita, quando percebi que meu sono tinha ido embora na discussão com a piranha e que duas folgas cairiam muito bem quando eu quisesse fazer meu cabelo em Cascadura.

Decidi ficar, mas me arrependi muito, viu. Voto na quadra da Vila Isabel e só quem conhece sabe o calor que faz naquilo lá. Eu assava, suava o mundo, as pessoas que vinham de longe passavam mal. O bombeiro teve trabalho lá. Do lado de fora, um ônibus só de gente presa. Um circo.

Na minha próxima mudança de título, faço questão de escolher votar em um banco ou em algum colégio de classe media, pelo menos o ar concionado terei.

17 comentários :

Anônimo disse...

Se lascou , hihihihihi



Nilo

Anônimo disse...

Tava ansioso pra ele esse relato da eleição. KAKAKAKAKAKAKAK

Cleiton Vieira disse...

Sabe aquela coleção de livros "O diário de um banana", onde acontece coisas engraçadas e vexantes? Eu compraria COM CERTEZA uma saga inteira de livros sobre seus percalços, Patrícia.

Mas, força nega. \o/

Liz disse...

kkkkkkkkk

Só vc mesmo viu, Patrícia...

Graças a Deus, na hora que eu fui votar não tinha ninguém na fila da minha seção, repito NINGUÉM. Primeira vez na vida que tenho sorte.

Anônimo disse...

sorte sua que vc trabalhou como mesaria. Ainda vai ganhar duas folgas. Aqui em sp eu trabalhei que nem uma fdp e nem vou ganhar porra nenhuma pq sou PM.
Mas adoro qdo vc escreve!!!!

Anônimo disse...

sei que não gosta de dicas, mas aí vai mais uma, apresenta outro comprovante de endereço no TRE, daí eles mudam a sua seção e pode ser (eu disse pode ser) que não terás que ser mesária de novo. Aqui na minha cidade funciona assim.

Anônimo disse...

Barraco em seção eleitoral, quem nunca S2

Pelo menos vc não mandou pro inferno o fiscal do partido pra no dia seguinte descobrir que ele trabalha no mesmo lugar que você, só que num cargo ~um pouquinho~ mais alto.

Beijo

Sisa disse...

Então, eu nunca comento aqui, mas precisava te avisar que nem sempre você é mesária na seção que vota. Então fica quietinha aí, fia, porque senão vc acaba igual minha mãe: na hora do almoço tem que correr em outra seção eleitoral pra votar. Então se bobear vc transfere, vai ser mesária no lugar quente e ainda por cima tem que correr na hora do almoço pra votar e voltar correndo pra seção. Sempre pode piorar.
:)
Ps: aproveitando o comentário, força ae com a nutricionista. Estou torcendo.

Anônimo disse...

Não sei se isso é bom, mas pelo menos no Rio não haverá segundo turno. Próxima eleição só daqui a dois anos.

catarina disse...

claro que é bom, anônimo. já que a pão com ovo da eduarda ia ganhar de qualquer maneira, que seja no primeiro turno.

Ju disse...

Gente, onde eu voto nunca tem fila. É uma escola pública e nunca tem fila. Chego, voto e vou embora em DOIS MINUTOS. Sou abençoada.

Minhoquinha disse...

Caramba, Patrícia, quer dizer que a vaca de 18 anos que no sorteio levou a pior, falou q vc era mentirosa foi beneficiada pq vc voltou atrás e decidiu ficar ? Poxa, cara, vc não sabe, mas vc puxou a bondade da sua mãe. Vc não decidiiu ficar pra fazer o cabelo em Cascadura, não, filha. VC É UMA SANTA.

Dan disse...

Faz logo um novo post!? Toda vez que eu entro aqui eu leio "Meu dia de miséria". Juro por tudo que eu não consigo ler "mesária". WTF with me?

Anônimo disse...

haha o barraco deve ter divertido os outros coitados escalados pra mesario. confesso q eu esperava mais historias pq vc atendendo o publico é sensacional.

Anônimo disse...

Eu li: "Meu dia de miséria"... rs

Patricia disse...

Tava aqui relendo uns posts antigos do blog e, olha, só queria mandar um abraço.

Espero que vc saiba que apesar de ter tantos comments de gente pau no cu, muitos de nós torcemos apenas pelo seu bem.

Beijo!

Inaie disse...

como assim onibus de presos???

hahahah