terça-feira, setembro 11, 2012

agosto desceu queimando igual cachaça

Não pretendo abandonar o blog, mas é possível. A maioria interpretou uma despedida no último post, mas nem era. O dia que eu decidir não escrever mais, não terá despedida. Parei de escrever em 2005, só voltei em 2008 e opa, nenhum post dizendo tchau vou ali e não sei se volto beijos. Não sei lidar com despedidas, aliás, não sei lidar com n coisas, viver é uma delas.

Enfim.

Vou demorar ainda para digerir agosto de 2012. O Daniel disse que fez um desafio com os funcionários "me diga apenas uma notícia boa de agosto". Silêncio no hay banda. Acho que é mais ou menos por aí mesmo. O pior de agosto é que ele dura 90 dias. É um ano cagado também, disso a gente já não tem dúvidas.

Depois de uma grande merda eu sempre penso nos dias que antecederam essa grande merda. Em como a gente não tem a menor noção dos acontecimentos. Quando abre os olhos, pá, o turbilhão tá passando ali na sua frente.

A coroação de tudo foi um amigo ter um avc. E por mais que ninguém esteja preparado, nossa, eu menos ainda, desculpa. Não tenho a menor estrutura pra enterrar amigo aos 29 anos. Ele já está bem e com uma garra que puta que pariu, eu que sou atéia só consigo lembrar da música Jorge da Capadócia, porque ele é filho de Ogum e é super religioso, estou protegido com as roupas e as armas de Jorge. As roupas e as armas de Ogum.

Não sei ainda dizer o que esse agosto significou. De verdade.

21 comentários :

Alan Raspante disse...

acho que 2012 vem sendo um ano terrível em todos os sentidos, digo isso pelo fato de ser cagada mesmo.

pior ano, da minha vida, ever...

p.s.: só foi pra constar que o "sentimento" é recíproco...

Mila, the Strange disse...

MINHA QUERIDA deixa eu te contar que agosto foi uma caralha voadora para todo mundo, isso não muda o cu que te aconteceu mas de fé, tamo todo mundo junto nessa. Minha vó tbm quase morreu do mesmo. É.

Rosana Tibúrcio disse...

Acabei de fazer um comentário no post anterior. Fiquei com o blog aberto aqui desde meio-dia sem saber o que dizer.
Como disse lá, não achei que você abandonaria o blog, exatamente porque não avisaria. E me lembrei dessa época que parou.

Sobre agosto, até o dia de hoje só li de uma ÚNICA pessoa que o mês de agosto foi bom. Pro resto, incluindo eu, foi bastante cagado. Nisso você, realmente, não está só.
Dê cá um abraço.
Recuperação total para o seu amigo.

Jackie e Rômulo disse...

ó, mas teve seu perfume e o alfajor, hein? passei a viagem toda atazanando o Ro que a gente não podia esquecer.
Te amamos! Agosto demora, mas né, sempre passa. Tb foi um choque pra mim, aquele dia quase caí sentada qd vc contou, mas ele é forte. se fosse cmg, não estaria com a força que ele tá. mas né, veio pra ele, vai ver pra gente, eu, vc, o Ro, se dar conta de mt coisa. E bom, estamos aí, estamos juntos. Mesmo que eu nao aguente ir ao bar no finde =)
bjs,

O Guri disse...

Depois de uma grande merda eu sempre penso nos dias que antecederam essa grande merda. Em como a gente não tem a menor noção dos acontecimentos. Quando abre os olhos, pá, o turbilhão tá passando ali na sua frente.

Pelo menos isso deu assunto pro blog, né? Uma lado bom teve, afinal.

Engraçadinha disse...

Pois é sempre significa alguma coisa, a gente tem q aprender a decifrar.
Acho q a gente mesmo sabendo não é preparado para perder ninguém.
E eu concordo contigo. Se tivesse q parar de escrever também sairia `francesa. Gente q se despede em alguns casos parece mais q quer chamar atenção do q parar efetivamente.

Cambaxirra disse...

Nossa, agosto foi A TREVA. Não sei o que aconteceu, foi inferno coletivo, sei lá. Espero que em setembro a gente consiga respirar. De verdade!

Laura disse...

Nunca comentei aqui, mas venho te lendo ha alguns meses. Adoro ler teus posts, tuas descrições das situações mais absurdas, rir com as historias do Forest e me identificar com o teu humor irônico.
Não sei quais foram todos os acontecimentos ruins do mês de agosto, mas espero que o teu amigo se saia bem dessa.
Para mim, o mês de agosto de 2011 foi horrivel, pois perdi uma amiga que teve um AVC aos 27 anos.
Espero sinceramente que nao deixes de escrever, sempre dou uma passada por aqui e torço por ti.

Anônimo disse...

Desde agosto de 2008 tudo é cagado. Em 2009, neste mesmo mês, quase perdi minha irmã por conta da H1N1.

Tenhamos forças.

Beijo e força,

Mi.

Anônimo disse...

É impressão minha ou cada ano é pior que o anterior? As coisas estão difíceis para mim também. Ultimamente tento lidar com a arte da paciência, provavelmente o maior dos meus defeitos (a falta de, obviamente).

. disse...

vc vai assistir à fazenda de verão?

@julianaraddatz disse...

Não para de escrever não!
Pior ano ever...meu deus...pior período da minha vida. Num tanto que acho q tô meio anestesiada.

Força!
bj

Mesquita disse...

Agosto não foi um mês dificil pra mim, mas esse ano já tive dias de sofrimento nunca sentido antes. Mas agora estou bem e espero que fique tudo bem com vc tbm!

Lu D. disse...

Oi!! Sou apenas mais uma pessoa com a vida cagada! Me identifiquei e ri muito com vc. Afinal, é isso que nos resta, apesar de ultimamente eu estar chorando por qualquer motivo. Criei um blog esta semana pra ver se me ajuda nessa depressão sem fim :/
beijos

Mentiroso Alienado disse...

O mês de agosto pra mim foi maravilhoso,não do quê vocês estão reclamando...

Rigs disse...

Patricia,muita gente já disse isso e é sério!!! Transforme esse blog em um livro!!!! O pior que pode acontecer é ele empacar na prateleira (difícil). Sofrer em Paris é muito mais divertido. Todos que te lêem se "viciam". TODOS!!! Vc NAo pode mudar a realidade, mas pode ganhar um bom dinheiro com ela!!!

Rigs disse...

Te vejo dando entrevista no Jô!!! Foda-se se vc o odeia... Ele é uma excelente vitrine.

Renata disse...

fi, agosto foi foda pro meu lado também, que bom que acabou.

bateram no meu carro, papai teve ataque cardíaco, uma amiga e um grande amor se mudaram pro exterior, a greve da universidade acabou do nada e com certeza teve mais coisa, é que eu nem lembro mais.

Anônimo disse...

Eiii nao fica assim nao! Pensa que existem coisas divertidas, bobagens mesmo que deixam a nossa vida mais leve...por falar nisso, jah viu a Britney no The X Factor? Assisti pensando em ti rsrs Acidaaaa como nunca! rsrs Beijo...e tudo passa...

Uma mãe que viaja disse...

Compartilho da sua antipatia com o mês de agosto.......odeio

Léo Aquila disse...

Estou protegido com as roupas e as bolsas de Chanel.