terça-feira, abril 03, 2012

o mais certo das horas incertas

Posso aqui tecer todos os defeitos dos meus amigos, posso tecer as qualidades também. Não só com amigos, com mãe, com colega de trabalho, enfim. Eu consigo ler. E consigo me ler também. Não gosto do que vejo. O rancor, a mágoa, o ódio. Estragam qualquer possibilidade de. E eu sei que quem me conhece mesmo, faz um esforço sobre-humano para lidar com isso. Eu lembro de tudo, cada pisada no pé, cada negativa. Choro coisas que aconteceram quando eu tinha 5 anos. O balão. E vai acumulando até chegar aqui. 28 anos de rancor. Claro que ninguém gosta, dificilmente entendem, pensam que não percebo, mas percebo quando eles fogem. É o caminho mais fácil, ninguém quer conviver com gente assim. Não condeno, aceito calada, mas fico triste, porque eu me esforço para lidar com os demônios dos outros, apenas gostaria que tentassem lidar com os meus. Em certas ocasiões a pessoa vai embora no meu primeiro não. É um muro muito alto. A pessoa vai embora vendo que talvez não valha a pena. Sei que os meus demônios são mais fortes, sei que a minha raiva é mais pesada, só que chegou em um nível que não está mais no meu controle. Tenho duas opções, fingir ser outra pessoa ou ser isso aqui. Jamais optaria pela primeira. Há os que fogem e há aqueles que se esforçam para ficar. Ainda bem que essas pessoas existem. As que ficam. Ainda bem que o Allan existe.

24 comentários :

marquinhos disse...

é tipo uma ode à amizade. gostei mt!!
ser original é para poucos, pq implica num preço q qs ninguem ker pagar! vc ker! e isso é bacana em vc!! parabéns!!! e avante!!!! :)

Anônimo disse...

Putz... você é tão foda que assim que vc pisar em SP faço questão de te levar pra beber. Sério.

gláucio s. disse...

own!

Lidy disse...

Huhauhauhaa Patrícia, algum anônimo quer te levar pra beber! Meu Deus!

Audrey disse...

Viva Allan!

Lari e Dé disse...

o anonimo quer te levar pra beber em SP. que medo.

e um beijo pro Alan.

A Princess On a Tangerine Tree disse...

sei bem como é isso.

Nato HP disse...

Tbm tenhos meus sofrimentos e minhas dificuldades de lidar com pessoas.
Consigo entender um pouco o que vc passa.


<3 Allan <3 merece um abraço e muito mais por não ter te abandonado.

Bala de Prata Oficial disse...

E Viva o Allan!

Luciana disse...

Patrícia, te digo que as pessoas se afastam não porque seus demônios são muito "grandes", e sim porque ninguém gosta de lidar com o problema alheio. A verdade é que todo mundo é egoísta pra caralho e só se preocupa com o próprio umbigo. Demônios todos temos. Não se sinta "culpada" por afastar algumas pessoas. Elas se afastariam mesmo se seus problemas fossem mais "leves". Ainda bem que você tem o Allan. Eu, nem isso.

77IVV disse...

Sempre quando vc menciona o Allan eu abro um sincero sorriso. Por ele e mais ainda por vc:)
Pq a vida te fez assim e ele?Aaaah ele escolhe todos os dias continuar te aceitando e te amando assim.

Parabéns por tê-lo em sua vida e parabéns a ele por aguentar o que as vezes nem vc própria aguenta.

Renata disse...

A todas e todos que são Allans nesse mundo! =D

Anônimo disse...

Sabe qual é a sua maior virtude? A autenticidade.
Eu te entendo perfeitamente, sou como você também, em menor escala. É difícil viver com gente que não tem bom senso e que sequer se esforça para não dar mancada.

Andrea disse...

Não tenho um Allan. :(

Helena disse...

Nossa, Patrícia! Já estava preocupada, nunca mais você tinha falado do Allan, pensei que vocês tinham brigada. Ainda bem que não, porque amigos nessa essência são raros. Me identifico muito com o quê você fala. Até hoje me pego tendo discussões homéricas (fictícias) com pessoas que deixei de falar há tempos e que foram mais do que sacanas. Só que na hora não disse tudo o que deveria e fico nessa de imaginar uma situação onde eu possa descarregar minha secular mágoa. Torço por você.

Anônimo disse...

Me identifico tanto.

Anônimo disse...

Gata, tu é exatamente o q tu mostra. Quem quiser que goste e aceite. Quem nao agüenta nao ta errado nem é má pessoa. Só nao gostou de ti. Tem gente q nao gosta de criança, tem gente q nao gosta de Sushi... Tem ate gente q nao gosta de HOMEM!!! KKK. NEXT!

Anônimo disse...

Ou você é escorpiana, ou seu ascendente é, ou sua lua é. Vai no Personare e me conta! Rancor assim... hahaha Beija.

Alien disse...

Eu tenho exatamente um Allan. Me identifiquei demais.

Alien disse...

Meu deus, Patrícia. Quero ler cada vez mais você. Um beijo.

Engraçadinha disse...

Olha, vai chegar uma hora q vc vai cansar de se sentir assim o tempo todo. Tanta raiva, mágoa represados têm de ir pra algum lugar um dia. Ou vc vai ganhar um belo câncer, ou vai cansar desse sofrimento todo de uma maneira definitiva. E não tô aqui falando de pieguce não! É q ninguém aguenta parar ao lado de alguém q não relaxa, não vê o lado bom... È q a vida por si só já é dura demais pras pessoas q não te amam de verdade aturarem tanto amargor, mesmo q seja um pedido de socorro lá no fundo. Cara, eu nem te conheço, nem tenho o direito de dizer essas coisas, mas é o q vc passa.

carolina disse...

meu namorado terminou comigo por causa disso, mais ou menos. eu sou uma pessoa negativa, ele gostaria que eu visse a vida de uma forma diferente... e eu ainda estou chorando por um idiota desses, acredita? que merda.

carolina disse...

mas eu também tenho amigos que me suportam. para minha sorte. não viveria sem eles.

Léo disse...

Inicialmente todos vão correr, o que falta é o amor. Eu já corri várias vezes tb, mas eu realmente não gostava, então era a coisa melhor a ser feita, não ia pra lugar nenhum mesmo.
Ahhh, o cara quer te levar pra beber, que assuma e saia do anonimato. Medinho agora, rs