quinta-feira, abril 05, 2012

levar pra casa ninguém quer

Sabe o que eu acho engraçado? É nego defender Forrest e não tomar para si o que eu falo "tá com pena? leva pra casa". E não falo sobre quem entra aqui revoltadíssimo me xingando, porque quem dera eu ser mal comida, né? Sinal de que alguém estaria me comendo, o que infelizmente não acontece há séculos. Nego fala em preconceito e tals, mas olha, lá atrás, nos primeiros posts sobre esse retardado, eu falei. Que o meu trabalho exige uma responsabilidade enorme e não pode ser feito por ele, mas que se pá, algum paraplégico quisesse, opa, tava tranquilo. Porque não impede, sabe. Quem quer adaptar uma pessoa com dificuldades tem que saber onde ela pode ficar. Veja bem, eu sou obesa, eu jamais poderia trabalhar o dia inteiro em pé, incha etc, eu quebrei o braço aos 9 anos e ele é meio torto, eu não posso carregar peso. Tenho as minhas limitações e o trabalho que eu desempenho não é prejudicado por elas.

Nem precisaria explicar MAIS UMA VEZ, nem estou me defendendo de nada, pois, oi, não preciso.

Forrest.não.pode.desempenhar.meu.trabalho. E ponto. Mas outros setores dentro, claro que poderia. É questão de gestão.

Mas enfim.

Apenas conto a vocês a cena do dia.

Eu, muito puta, contando a uma pessoa de outro setor o quanto Forrest é imbecil.

Esperto hipócrita: Ai, Patricia, coitado do Forrest. Ele não tem culpa de ser assim, você deve procurar ajudá-lo.

Eu, que falo a verdade e sou tachada de má: Então, quer trocar ele pelo seu funcionário? Assim, você pode praticar o que tá me dizendo, ajudar Forrest a se adaptar aqui dentro.

Esperto hipócrita: DEUS ME LIVRE.


É fácil falar quando não é você que trabalha com gente limitada.

Mas quem sou eu. Sou apenas uma preconceituosa que se acha melhor do que os outros.

27 comentários :

Daniel disse...

"Esperto hipócrita: DEUS ME LIVRE"

Consegui até imaginar a cena: um cara erguendo as mãos e dai glória a Deus!! haushauhsUHSUAHS

Anônimo disse...

vah tomar no cu sua preconceituosa que se acha melhor do que os outros

Anônimo disse...

Olha, sei o que é isso.

O mais interessante é que não se pode fazer nada para que a pessoa saia do setor, né não?

E ainda tem que aguentar anônimos se achando os donos da verdade que vem aqui só pra te xingar.

Sério, quando eu leio não consigo ficar com raiva de você, só com pena.

Porque entendo muito bem o que é estar cercada por retardados e não poder fazer nada para se livrar deles...

Inaie disse...

Desculpa Patricia, mas tive que rir.
Pimenta no olho dos outros e refresco, nao e mesmo?

Anônimo disse...

eu nao sei disfarçar tambem. o meu descontentamento é sempre patente. pior: até mesmo com o chefe. eu NAO CONSIGO ficar sorrindo, perguntando como está, pela saúde, pela família, desejando good vibes. fica aquele monte de puxa saco estreitando relações e quem passa a ser a "esquisita" sou eu, que nao vou la na sala dele fazer media pq nao suporto olhar praquela cara.

conclusao: to sempre me fodendo. fico alguns meses num lugar e ja odeio metade das pessoas.

Raquel disse...

Ah, Patricia, sinto muito. A humanidade é burra, é sem noção, é mais retardada que o próprio Forrest. Não adianta explicar, eles não têm como entender.

Luana disse...

Foda eh ter que explicar DE NOVO que nao eh apenas um ato de rebelião contra os retardados desse mundo, mas alguém que esta te atrapalhando... Todo mundo eh muito cheio de discursos, ne?

E você tem TODA razão, quando a gente fala somos nos que viramos as pessoas ruins...

Barbara disse...

Passo por algo parecido no momento. Tenho um colega com um sério transtorno bipolar. Alterna fases boas com crises; no momento está completamente surtado. Aí o povo fala: ah, a gente tem que ajudar, quando ele está bem é uma pessoa ótima (não digo que não seja, mas também não é meu amigo). Enquanto isso, pessoas dos outros setores mandando e-mails para a assistente social porque estão com medo dele. O puto vai cumprimentar a gente (super expansivo, na fase de mania, né), e desce a mão nas costas, no que pra ele deve ser um tapinha amigável. Não tenho que ajudar coisa nenhuma. Ele é meu colega, não meu amigo. Esses dias ele veio me cobrar uma coisa que não era meu serviço, falei: não vou fazer, se quiser você faça. E todo mundo ficou horrorizado, não pode falar com ele assim, ele vai quebrar tudo etc. Olha, que quebre tudo, quem sabe assim não aposenta e deixa a gente trabalhar em paz?? Tem gente ajudando, tentando internar, conversando com a família. Beleza, isso é amizade, faz quem gosta dele. Mas eu estou lá pra trabalhar, não é meu papel lidar com gente doida, não sou médica e não fui treinada pra isso.

guilherme disse...

Você É melhor do que os outros, ao menos nesse sentido de ser honesta e admitir que está tendo problemas porque o funcionário em questão não pode exercer a função.

O problema é que não é só o forrest que é incapaz de exercer sua função.

As pessoas que não enxergam como ele afeta negativamente o trabalho, e não alocam o cara pra uma função que ele seja capaz de exercer também são ruins em seus cargos.

Beijos

Helena disse...

Acho muito legal alguém xingar o outro sem dá a cara a tapa! Ô anônimo, quero ver sua coragem de dizer o que pensa cara a cara, tenho certeza que vc é do mesmo naipe do "Esperto hipócrita".

Renata disse...

se pudesse escolher: nota-de-cem ou forrest?

Lulu disse...

ninguém nunca considerou a possibilidade de demiti-lo?

Camila Oliveira disse...

É sempre assim Patrícia, pessoas que tem CORAGEM de admitir o que a maioria pensa mas não fala, sempre sofre e é tachada de má, de sem coração e tantas outras coisas.
Só que ninguém percebe que todos pensam da mesma forma, a diferença é que não tem capacidade de assumir a própria opinião.
Eu posso ser tachada do que for, mas prefiro ser "má" que hipócrita. Super te entendo.

Camila Oliveira disse...

É sempre assim Patrícia, pessoas que tem CORAGEM de admitir o que a maioria pensa mas não fala, sempre sofre e é tachada de má, de sem coração e tantas outras coisas.
Só que ninguém percebe que todos pensam da mesma forma, a diferença é que não tem capacidade de assumir a própria opinião.
Eu posso ser tachada do que for, mas prefiro ser "má" que hipócrita. Super te entendo.

Camila Oliveira disse...

Blogger louco publicou duas vezes meu comentário, sorry rs

Luciene disse...

Super te entendo gata.

Tainan disse...

ai,, quem foi esse que comentou às 05:00? me identifico total com esse anônimo!

Anônimo disse...

galera que não consegue captar uma ironia eh foda...

by Anônimo do 03:25

Pimenta disse...

Reza, não te sobrou mais nada a fazer.Mesmo tu sendo uma chata e gostando de BBB,eu gosto de tí.Muitos outros gostam.Não visitam porque não dá.E porque tu nem ia gostar,rsrrsrs.
É duro ser honesto.beijo

Anônimo disse...

É bem assim Patrcia...

"Pimenta nos ... outros é refresco"

ai ai

bj
Grazi

Ju disse...

O título tá perfeito!
É muita hipocrisia mesmo!!!

Ju disse...

O título tá perfeito!
É muita hipocrisia mesmo!!!

Letícia Mariano disse...

Não quero te desesperar mas funcionários como o Forrest costumam se perpetuar nas empresas, porque sempre as pessoas tentam minimizar os problemas que uma pessoa com um certo déficit como ele (como ele parecer ser, de acordo com o seus relatos). Se elas não sofrem as consequências, não reclamam. E o prejuízo acaba ficando para quem é obrigado a fazer o trabalho dele novamente.

Mas se vocês trabalham na área de atendimento ao público de uma instituição financeira, minha opinião é a de que ele tenha que se virar. E que dê merda. Você é responsável pelo seu trabalho, não o dele. Na hora que os clientes começarem a ligar para a ouvidoria do banco para reclamar, a sua chefia vai ter que dar conta do real tamanho da questão.

Aline disse...

Entendo você... e estou torcendo para que ele faça uma cagada federal, sem conserto, e seja removido do seu setor. Bjo!

Anônimo disse...

Olha, Patricia, então eu devo ser "preconceituosa" também porque penso IGUALZINHO a vc. E como disse alguém aí em cima, antes ser "má" do que hipócrita. Mas sabe, muitas vezes eu leio o que você conta e acho que Forrest não é tão leso assim, não. Me pergunto se ele não é sem vergonha de querer que pensem que ele é leso para facilitar as coisas, porque, me perdoem, mas capacidade para passar em concurso ele teve né? É bem como você falou, deficiência física é outra história, e no fundo, não é mesmo uma questão de preconceito, e sim do simples fato de que algumas pessoas não tem capacidade para exercer determinadas funções. E olha, nem precisa ter "problema" não, isso bem que acontece com pessoas consideradas "normais". Mas enfim, reze, porque infelizmente acho que você não vai se livrar dele tão cedo.

Tica disse...

olha que delicia
http://ego.globo.com/famosos/fotos/2012/04/marc-jacobs-e-harry-louis-namoram-na-praia-de-ipanema.html#F43910

http://26.media.tumblr.com/tumblr_lqmfyomIig1qbd4w9o1_500.jpg

http://27.media.tumblr.com/tumblr_m04w28OL1G1ql3d4to1_500.jpg

http://24.media.tumblr.com/tumblr_lr9sr6Wgnn1qlwssbo1_500.jpg

http://3.bp.blogspot.com/--BLYF_XZAmI/T2t1oJxAvZI/AAAAAAAAEDg/Avp3UM6CNQI/s1600/Harry+Louis+-+Harry%27s+iBreak+-+Men+At+Play+-+8.jpg

Luciana Matos disse...

Patrícia, darling, não crie rugas por causa desses imbecis que não entendem o que você diz nem se tu desenhar porque eles não pagam o teu renew!
bjo!