terça-feira, março 13, 2012

cem anos de escrotidão - parte já cansei de contar

Ia contar essa história ontem, acabei esquecendo.

Domingo foi aniversário da irmã da minha mãe (me recuso a chamar essa vagabunda de tia), minha mãe, otária como sempre, pensou em dar uma passada lá, dar os parabéns, enfim, passar o dia.

Apenas lembrando que essa vagabunda defendeu o agressor.

Pois bem. Dei a minha opinião, porque falo mesmo, é o assunto que mais me irrita, essa família de merda e tal.

- Ela foi filha da puta com você, e você tá pensando em visitá-la no aniversário? Mas é ser muito otária, mãe.

- Ai, Patricia, não aguento você falando mal da sua tia.

Oi? Ela ficou do lado de um cara que quase te aleijou?

Eis que a vagabunda liga e fala com a minha mãe "tem como a gente marcar na segunda? é porque aquele-que-não-deve-ser-nomeado vem aqui no domingo".

RYSOS.

Essa corja não vale na-da. Mas pergunta se me surpreendi? Jamais. Espero só coisa ruim dessa gente.

Aí tive que aguentar minha mãe triste o fim de semana inteiro. Eu já não espero nada dessa corja há muito tempo, quem sofre é ela porque ainda tem esperanças.

Tadinha.

15 comentários :

Anônimo disse...

Porra, na moral, eu tô ficando cheia de raiva já da tua mãe, porque ela é igual a minha...
mas que merda de bondade é essa no coração delas que só faz sofrer caralho?

Anônimo disse...

vc estava certo o tempo todo: NA PRAIA SÓ TEM FILHO DA PUTA!
QUERO QUE A MONIQUE GANHE!

bota tua mãe na linha que eu quero falar com ela....num fodi...

Natália disse...

O irmão da minha mãe tentou matá-la (a facadas e asfixia) há 13 anos. De uns 11 pra cá, todos vivem como se nada tivesse acontecido - inclusive minha mãe. E quando eu toco no assunto, a rebelde sou eu. A sem amor sou eu. A estranha sou eu. Ok, tente ter 11 anos e ver sua mãe quase sendo morta na sua frente e você gritando, chutando, arranhando o fdp e ele ainda esganeando o pescoço dela... Entendo você. Hoje o idiota é agente da PF (rysos!), prega discurso 'paz e amor', SE METE NA MINHA VIDA - fazendo a linha 'qro cuidar de vc'. Nego quase me deixa órfã (pq, como vc, não 'tenho' pai, só mãe) e hoje em dia vem qrer dizer q tá preocupado cmg, qrendo saber da minha vida? ah vá!

mamãe, irmãos e vovó fingem que aquela noite nunca aconteceu. Inclusive, na época, acobertaram ele da polícia e tudo (em goiás, só pobre vai preso. roupa de família 'importante' se lava em casa, nunca na delegacia ou na justiça) Isso é lindo.

E só quem sofre sou eu. =)

Pollyanna. disse...

Sua mãe precisa de tratamento psiquiátrico e psicológico. Sério. Só pessoas com problemas sérios de auto-estima tem essa postura de Maria do Bairro. Sinto muito. Mas sei lá, deve ser difícil pra pessoas "boazinhas demais" se afastar dos próprios parentes, por mais monstros que eles sejam. Foram anos e anos assim, antes mesmo de você nascer. Complicado demais sair dessa vida de dependência familiar, principalmente com a história de família é uma só e temos que amar nossa família.

Anônimo disse...

coitada da sua mã, não merece essa corja.
nem vc.

Anônimo disse...

lendo o blog eu sempre achei que você era a pessoa mais azarada que eu conhecia, lendo as historias da sua mão percebo que na verdade, esse posto é dela, por opção =x

Anônimo disse...

Graças a Deus que minha mãe não tem essa síndrome de boazinha boboca, porque senão eu nem sei como seria, Deus me livre!
Coitada de você, porque nem dá pra ter pena da sua mãe, desculpa.

Inaie disse...

tadinha da sua mae

Anônimo disse...

Mães boas demais fazem a gente sofrer.

Eu acho que isso acontece porque dentro da família, quem é muito próximo não consegue ver. Tipo meu avô, pai da minha mãe. Nunca foi violento, mas é a pessoa mais chata que eu conheço NA VIDA. Minha tia e minha mãe reformaram a cozinha deles (vó linda e vô babaca são vivos) e meu avô reclama do piso TODOS OS DIAS. Não pagou um tostão e faz questão de falar que ficou UMA MERDA.
Mas fora a chatisse imensa, o egoísmo tremendo, ele não é ruim de tudo.


Agora piora na família do meu pai. É bem estilão TRADICONAL FAMÍLIA MINEIRA que eu tanto odeio. Tenho VÁRIAS histórias, só pra te situar: meu pai era criado com mais 6 irmãos num roção, apanhava todos os dias do pai e a mãe nunca abriu a boca pra parar aquela situação. NUNCA. E todos amam a velha que se faz de coitadinha e hoje em dia é quase-cega.

E o que papai faz? Paga o plano de saúde dos dois, viaja pelo menos uma vez por mês e VIGIA se os velhos tão bem, porque segundo uma tia minha "Pai e mãe são responsabilidade dos FILHOS HOMENS". Detalhe, a escrota tem 4 filhAS, risos.

Beijinhos e vamos cantar:
http://youtu.be/VmIbjrU7TZA

Anônimo disse...

Papaizinho lindo já tentou me matar asfixiada, Natália. Mamãe é linda demais, igual a mãe da Patrícia, boazinha a ponto de ser idiota. Ela continua casada com ele por que não consegue se imaginar sendo julgada pela sociedade como separada. Sou de Goiás, interior. Quando consegui fugir pra rua e a polícia chegou, meu pai ameaçou todo mundo com uma faca. E eles disseram que a única coisa que podisam fazer era dar uma carona até o hospital (rysos). Papai é vereador.

Creio até que vou contar essa história no meu blog, queria até permissão pra citar vocês duas. Ultimamente ando putíssima com omissão familiar. Posso?

(o post não vai como conta do google, então vai anônimo e eu posto aqui depois de um pc)

Anônimo disse...

Sabe q sempre costumo pensar que o que é nosso está guardado.. a minha família é a mesma coisa, meu avò tentou matar várias vezes os filhos e teve uma morte dolorosa (o filho q ele mais amava pediu dinheiro para comprar remédios ao meu avô q se encontrava em seu leito de morte.. é, ele roubou meu avô e BEM FEITO!). Eu sei q falar é fácil, não passei o q vc passou, mas imagino a angustia q vc deve ter sentido... o desespero.. tudo isso pra todos agirem como se nada tivesse acontecido...
Sinceramente, a irmã de sua mãe, e esse maldito merecem a morte mais lenta, mais agonizante.. talvez assim amenize a culpa dele.
O povo tem mania de cobrir as coisas com pano branco, viver com as aparências de uma família q se ama.. mas nós sabemos q não é assim...


Ass.: Mariane T.

Anônimo disse...

Sabe q sempre costumo pensar que o que é nosso está guardado.. a minha família é a mesma coisa, meu avô tentou matar várias vezes os filhos e teve uma morte dolorosa (o filho q ele mais amava pediu dinheiro para comprar remédios ao meu avô q se encontrava em seu leito de morte.. é, ele roubou meu avô e BEM FEITO!). Eu sei q falar é fácil, não passei o q vc passou, mas imagino a angustia q vc deve ter sentido... o desespero.. tudo isso pra todos agirem como se nada tivesse acontecido...
Sinceramente, a irmã de sua mãe, e esse maldito merecem a morte mais lenta, mais agonizante.. talvez assim amenize a culpa deles.
O povo tem mania de cobrir as coisas com pano branco, viver com as aparências de uma família q se ama.. mas nós sabemos q não é assim...


Ass.: Mariane T.

Anônimo disse...

Isso é masoquismo, coitada... Ela nem faz ideia disso. :(

Anônimo disse...

ja vi os amigos da patricia ironizando os comentarios dramaticos aqui, mas fazer oq? vc conta a sua historia, a gente tem vontade de falar tb. eu acho q ja ate contei isso antes, mas la vai:

minha mae tb chora pelos irmaos escrotos que CAGAM pra ela, sendo que, dos 4:

um tentou estupra-la quando tava doidao. com esse ela nao fala mais. mas ja ajudou ele financeiramente depois desse episodio, por pena. (pq coitadinho ne? passou a vida bebendo e fumando o dinheiro dos pais e qd os velhos morreram, ficou na miseria. bem feito, tem mais é q se foder.)

a unica irma mulher defende esse aí de cima, praticamente sustenta ele e acha minha mae injusta por n falar mais com ele. e ela sabe de tudo, inclusive do dinheiro q minha mae deu pra ele depois do 'incidente'.
qd eu era pequena e n sabia de nada disso, gostava mto dela. depois de grande, ja precisei da ajuda dela uma vez, qd precisei internar minha mae e n sabia como proceder. fora isso, ficamos meses e meses sem falarmos uma com a outra.

os outros 2 irmaos "abusaram" dela (n tenho coragem de perguntar pq ela sempre chora, mas acho q pela idade n houve penetraçao propriamente dita) durante una 4 anos quando os 3 eram 'crianças'. ela tinha uns 8 e eles 11/12. qd ela contou pra mae dela, minha vó disse pra ela parar de mentir, q aquilo era pecado e nada fez. ela passou a botar uma vassoura prendendo a porta e virava e mexia ia dormir na casa das primas pra dormir em paz.

um desses dois é meu "tio mais proximo". liga pra cá uma vez no mês pq pega bem para a sociedade. mas se a gente reclama de alguma coisinha, ele desliga rapidamente e fica meses sem ligar. quando pedi uma vez um favor a ele, ele passou 2 anos sem ligar. mas minha mae sempre fica feliz qd ele liga e triste qd ele grosseiramente despacha ela.

tirando esse meu "tio", os outros 3 se juntaram pra expulsa-la da casa dos pais com um recem nascido (eu), com a roupa do corpo, assim q minha vó morreu, pq queriam vender logo o apt (que minha mae sustentava sozinha, ja q foi a unica a cuidar da velha doente até o fim da vida).

meu tio, o unico irmao q n participou da baixaria, tb nao fez nada pra ajuda-la. ela teria ido dormir na rua naquela noite se um colega de faculdade n tivesse a abrigado até ela encontrar um apt pra alugar.

esses sao os irmaos dela, a corja. e ela chora. quando lembra da mae q morreu, chora tb. e ainda fica com raiva de mim qd eu digo q a velha n valia nada, q nunca a protegeu, q explorou ela pq sabia q ela era otaria, enquanto acobertava os irmaos mais novos (principalmente o viciado). ela tirava dinheiro da minha mae pra dar pra eles e quem é má sou EU por fazer essa observação ¬¬

pior é q se vc faz perguntas do passado, ela só tem lembranças boas, só se apega a elas. fala bem dos pais, dos irmaos. aí quando a deprê bate, ela desabafa sobre esse lado podre. vc n imagina o nojo q eu senti qd descobri todas essas coisas... vontade de matar mesmo.

Anônimo disse...

Infelizmente sua mae se vitimiza pelas coisas q aconteceram c ela e essa postura eh pessima. Ela precisa se tratar, mas p isso ela teria q querer o tratamento e geralmente essas pessoas acham q n precisam. As coisas so acontecem conosco por que deixamos. Entao esse fardo eh dela e n seu. O seu ja eh pesado demais... N invente de carregar tudo nas costas !!!! Eduarda- goiania