segunda-feira, janeiro 02, 2012

2011: necessário

Escrever sobre 2011 já é so last season, mas eu já abri esse rascunho e tentei definir o ano várias vezes. E sempre breco. Eu sei que foi um ano bom, apesar dos períodos complicados, da perda da minha vó, uma tristeza sem fim. E eu consigo enxergar nisso um alívio por ela, sofreu muito no final e não merecia isso. E daí a corja se descabela, chora compulsivamente, e eu olho para o lado e a minha mãe super serena. Sem culpa. Sem desespero. Ela fez a parte que lhe cabia como filha. Os outros, não. Foi um espetáculo triste em Minas, o choro da corja foi o episódio mais ridículo que presenciei na minha vida inteira. Após a morte da minha vó, nada mais me prende a eles. Cortei todas as relações que pude cortar. Só ficou uma tia e poucos primos. De resto, realmente quero que morram.

Eu nunca contei para nenhum amigo como foi terrível o tempo em Colíder (BOOOOOOOOM nome de Jiboia City que vocês sempre quiseram saber), e justiça seja feita, não é que a cidade seja ruim, mas não era o meu Rio de Janeiro. Não tinha a minha mãe, os meus amigos, não tinha os bares de Vila Isabel e Tijuca, não tinha a Farme, não tinha a Le Boy, não tinha o Estação Botafogo. Praia é o de menos. Não tinha o principal. Que era a minha vida.

E 2011 foi o ano da volta, não tem como ter sido ruim, sabe.

Nesse final de ano a minha mãe voltou também. Obviamente que já está tudo como antes, brigamos o mundo, mas no fim, vamos dormir e sabemos que estamos ali para qualquer coisa.

Acho que de 2011 eu posso levar a necessidade de mudanças. De buscar ajuda para n áreas. Deve ser no meu tempo. Espero que nesse ano eu consiga.

27 comentários :

Anônimo disse...

Você vai conseguir, pode ter certeza! Patricia, vc é muito inteligente, escreve super bem, tem um senso de humor incrível e é uma querida. Olhe para trás e veja o quanto vc já conquistou. Eu vejo muitas vitórias na sua história.

Tenho certeza que muitas coisas boas estão reservadas a você, porque você é uma das poucas pessoas que merece (apesar de você, no seu inconsciente, achar que não).

Mesmo não te conhecendo, te desejo muita força nesse ano para buscar tudo o que deseja. Seja feliz, PORQUE VOCÊ MERECEEEEE!

Beijos

Anônimo disse...

Também tô torcendo por você, Patrícia. Força!

marquinhos disse...

naum sei c vc vai acreditar, mas meu 2011 foi bem melhor depois q descobri seu blog...entre as paredes dos escritório, qd tenho vontade d virar um serial killer, lidando c gente medíocre, as risadas q eu dou lendo vc me faz voltar a ser normal(!!!)...entaum acho q seu 2011 foi legal sim, pq vc livrou o mundo d 1 assassino em série....pelo menos ateh hj....
q 2012 seja um ano iluminado p vc...
obgd p momentos de riso, apesar d q eu não posso sorrir mt naum, pq dah ruga!!!! :)

Inaie disse...

Xiii...nao adiantou nada dizer o nome da cidade mineira. nunca ouvi falar...kkk

Que bom que voce esta se encontrando, que voce esta se acomodando.

Que 2012 seja M A R A V I L H O S O!!

Ca disse...

Primeiramente: Bom Ano! Que vc receba tudo aquilo que for para o seu bem!!!
De tanto ler seu blog, às vezes sinto vontade de bater papo, conversar sobre seriado, sobre coisas sérias, como com uma amiga... e li tds os posts desde o ano passado, sem interrupção, pois entro no seu blog tds os dias, e percebi que vc se resolveu tanto em tantas coisas, pois eu olhava os relatos ainda de jiboia city e pensava: tá ai uma mais fudida que eu. Como será que a Patrícia vai sair dessa vibe ruim? como ela vai melhorar a vida dela? Era como uma novela, só que eu não vislumbrava as saídas mágicas que a ficção nos proporciona. E qdo vc voltou pra sua casa e pra sua terra, por pior que estivesse, vc estava "visivelmente" mais equilibrada, apesar de achar o contrário e de lhe dizerem o contrário... Eu acho que ajuda só funciona de verdade qdo a pessoa vai atrás, pq td o caminho de procurar, se encontrar com a ajuda e se deixar ajudar já é parte do processo. Tda vez que eu vejo no twitter q vc tá de porre, ou que tá presa e molhada em um buteco, fico feliz porque vc tá vivendo, tá mil vezes melhor do que no passado matogrossense...

Tudo de bom, e espero que vc se veja feliz e saiba reconhecer qdo esses momentos ocorrem. bjos

Ca disse...

Primeiramente: Bom Ano! Que vc receba tudo aquilo que for para o seu bem!!!
De tanto ler seu blog, às vezes sinto vontade de bater papo, conversar sobre seriado, sobre coisas sérias, como com uma amiga... e li tds os posts desde o ano passado, sem interrupção, pois entro no seu blog tds os dias, e percebi que vc se resolveu tanto em tantas coisas, pois eu olhava os relatos ainda de jiboia city e pensava: tá ai uma mais fudida que eu. Como será que a Patrícia vai sair dessa vibe ruim? como ela vai melhorar a vida dela? Era como uma novela, só que eu não vislumbrava as saídas mágicas que a ficção nos proporciona. E qdo vc voltou pra sua casa e pra sua terra, por pior que estivesse, vc estava "visivelmente" mais equilibrada, apesar de achar o contrário e de lhe dizerem o contrário... Eu acho que ajuda só funciona de verdade qdo a pessoa vai atrás, pq td o caminho de procurar, se encontrar com a ajuda e se deixar ajudar já é parte do processo. Tda vez que eu vejo no twitter q vc tá de porre, ou que tá presa e molhada em um buteco, fico feliz porque vc tá vivendo, tá mil vezes melhor do que no passado matogrossense...

Tudo de bom, e espero que vc se veja feliz e saiba reconhecer qdo esses momentos ocorrem. bjos

Ca disse...

Primeiramente: Bom Ano! Que vc receba tudo aquilo que for para o seu bem!!!
De tanto ler seu blog, às vezes sinto vontade de bater papo, conversar sobre seriado, sobre coisas sérias, como com uma amiga... e li tds os posts desde o ano passado, sem interrupção, pois entro no seu blog tds os dias, e percebi que vc se resolveu tanto em tantas coisas, pois eu olhava os relatos ainda de jiboia city e pensava: tá ai uma mais fudida que eu. Como será que a Patrícia vai sair dessa vibe ruim? como ela vai melhorar a vida dela? Era como uma novela, só que eu não vislumbrava as saídas mágicas que a ficção nos proporciona. E qdo vc voltou pra sua casa e pra sua terra, por pior que estivesse, vc estava "visivelmente" mais equilibrada, apesar de achar o contrário e de lhe dizerem o contrário... Eu acho que ajuda só funciona de verdade qdo a pessoa vai atrás, pq td o caminho de procurar, se encontrar com a ajuda e se deixar ajudar já é parte do processo. Tda vez que eu vejo no twitter q vc tá de porre, ou que tá presa e molhada em um buteco, fico feliz porque vc tá vivendo, tá mil vezes melhor do que no passado matogrossense...

Tudo de bom, e espero que vc se veja feliz e saiba reconhecer qdo esses momentos ocorrem. bjos

Kari disse...

Muito ♥ pra vc!!!

(e procurei Colíder no google maps, muito mais amor, viu... Muita coragem ir pra nem o cu de judas foi...)

Kari disse...

*ONDE nem o cu de Judas foi...

Anônimo disse...

Feliz ano novo! Acompanho o blog há anos já e, agora que tu tá disposta, vou torcer mais que nunca!

Felicidades, sucesso e mudanças (pra melhor, claro!) em 2012! Beijão

Mari disse...

quem bom pra vc, tava pensando no meu 2011 hj, e infelizmente, não consigo ver com clareza se foi aceitável ou mais do mesmo (e esse mais do mesmo é terrível).

bjs.

Patricia, vc soube disso?
http://extra.globo.com/famosos/latino-foi-expulso-do-palco-no-reveillon-de-copacabana-uma-vergonha-nao-fui-respeitado-3549341.html

guilherme disse...

______o_______

Que 2012 seja o melhor ano de nossas vidas.

Ou ao menos que continue caminhando para a melhoria.

Beijos!

Nota de Cem disse...

Fico feliz por você; aqui, a cidade inteira sente a sua falta.

Anônimo disse...

Patricia, te desejo um 2012 maravilhoso!
Beijos!

@paulilinha disse...

HAHAHAHAHHA COMENTÁRIO DE NOTA DE CEM!

Gata, que 2012 seja ótimo pra gente!
É só o que tenho a dizer, hoje não tô afim de escrever textões, mas fica o desejo =)

Beijo

Bala de prata disse...

Patricia, você precisa voltar para rir muito dos chifres que ando colocando no meu marido!

Patricia C. disse...

hahahaha gente. Confesso que fui eu nessa Bala de prata. mas taí um pesar no meu coração hein: não acompanhar mais o chifres de nota de cem.

Bernardo disse...

desejo apenas que 2012 seja mais [coisas boas] e menos [coisas ruins] que 2011. pra todos nós.

e BOOM, eu já sabia :B

Guitar Girl disse...

Conheci seu blog nesse final de ano,estava entediada,fui lá no Google e digitei:PORRA,e caí aqui no seu blog.Ri pra caramba dos posts sobre o Forrest,e foi bom saber que existe esse tipo de situação no serviço público,afinal logo farei parte dele também,então já vou me preparando para as possíveis presepadas que irão acontecer por lá.

UM EXCELENTE 2012 PRA TI,E PARABÉNS PELO BLOG.

PS:Manda um abraço pro Forrest,hihihi. :)

Elis (ou não!) disse...

Eu uma vez me dei ao trabalho de tentar descobrir onde era e Colíder era a mais cotada.

Que 2012 seja melhor pra você, pra todos nós.

Anônimo disse...

Vc vai conseguir, pode ter certeza.
Eu adoro vc sem nem te conhecer. E mesmo assim, confio. É como uma amiga que eu nao vejo há muito tempo, mas quando vejo, sei que vai ser a mesma coisa.
feliz ano novo, continue tendo a força que vc tem!!

T e ponto final disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Julia disse...

Se for mesmo Nota de Cem, ee tem um domínio muito bom de pontuação.

feliz ano novo, Patrícia!!

Anônimo disse...

Tudo de bom em 2011, Patrícia. Que você alcance tudo que deseja no seu tempo, sem pressa. =)

Anônimo disse...

opssss
2012

Rodrigo Alves disse...

Po Patrícia, Colíder sente sua falta... E Bala de Prata continua atacando, como sempre hehehe.

Feliz ano novo pra ti.. e que Deus te abençoe grandemente no lugar que você escolheu pra você morar.

Rodrigo Alves disse...

Ahh, e sempre guardei o segredo, viu?
Tá vendo como sou obediente? hehehe

Sucesso pra ti.