segunda-feira, dezembro 12, 2011

forrest gump

Estou há meses para falar dele, mas é tanto nervoso que me dá, é tanta revolta, e daí não tenho como falar isso sem ser grosseira, e as pessoas podem interpretar mal. Enfim. Foda-se, não aguento mais carregar esse fardo, preciso desabafar.

Sabe quando você vê o Tonho da Lua, em mulheres de areia? Que vontade louca de ser amiga dele, né? Só que ao contrário.

Eu não curto gente lerda. Eu não quem não sabe se portar em ambiente de trabalho. Sabe aquela pessoa visivelmente retardada que ganha a simpatia por pena? Não tenho simpatia. Desculpa pai, desculpa Brasil, mas é mais pura verdade.

Falando sério sobre pessoas realmente doentes: nada contra. Não são delas que estou falando.

Apenas tomemos o exemplo do filme. Analise a pessoa Forrest Gump e diga com sinceridade: você teria paciência para trabalhar com alguém assim?

"Não sou idiota, idiota é quem faz idiotices". Amigo, você é idiota. Beijo.

Colocaram a pessoa para trabalhar comigo, e você sabe, e todo mundo sabe, que ele não tem condições alguma de estar ali. Mas está.

Olha, eu não tenho paciência. Eu chego num nível de irritabilidade que me segura para eu não falar merda. Tipo outro dia quando falei "Forrest, me diz uma coisa: como é que você passou no exame psiquiátrico do admissional?". E fica aquele silêncio no recinto, porque ninguém nunca espera que alguém vá tocar no assunto. Eu toco. Porque claramente isso prejudica a equipe. Pratico bullying com gente lesada sim, desculpa mais uma vez, pai, desculpa, Brasil. Você quer incluir uma pessoa feito ele? Beleza, coloca em outro setor que você:

1) Não precise de agilidade
2) Não tenha pressão

Ou até coloque ele num setor tipo o meu, mas nos dê outra pessoa, encare de fato que Forrest é café com leite. Há outro lugares para encaixar Forrest, mas não sei como, resolveram que seria legal ele ficar no meu setor como um membro normal como os outros. Então, além de conviver com toda a imbecilidade dele, ainda temos que trabalhar por ele, porque digamos, ele e nada é a mesma coisa. Ou seja, temos um membro na equipe que está ali por número, não faz nada porque a característica mental dele não é para estar ali. Entenderam o meu ponto? Nada contra incluir uma pessoa feito ele, mas incluir, sabendo que você está passando o trabalho para as costas de outra pessoa é que fode tudo.

E ele me irrita tanto que já virou piada. Nego encarna dizendo que vamos casar. kkkkkkkkkk que engraçado... NOT. Acho incrível porque era a mesma vibe do Nota-de-cem em Jibs, quando nego falava que parecíamos cão e gato e que se pá rolava um tesão incubado. Fico pensando que essa galera vive no maternal forever, quando a gente desamarrava o cadarço do Ricardinho para chamar atenção. Sinto informar, mas cresci e minha vibe não é mais essa. Quando eu não gosto de alguém, eu realmente não gosto.

Isso sem contar que Forrest, apesar de lesado, é a Barsa em forma de gente. "Você sabia que o hipopótamo pode chegar até x quilos?", "você sabia que o planeta terra é o único... zzzzzzzzzzzzzzz". Forrest, você sabia que você é um imbecil?

E ele ~constrói coisas~ e cursa contabilidade. Quer dizer, inteligente ele é. Vai que é um gênio do futuro e tal? Mas pelo amor de deus, vai se enfiar nos livros e enlouquecer com cálculos, sabe, não vem querendo socializar, porque Forrest: NÃO.DÁ.PARA.ATURAR.A.SUA.IDIOTICE. Nego não tem um amigo. O círculo social é apenas o trabalho. Mora sozinho. Sabe aquele naipe de pessoa que se um dia estampar manchete de jornal como FUNCIONÁRIO ENTRA NO ESCRITÓRIO E MATA 10 você não ficaria chocado?

E os grunhidos? A pessoa GRUNHE. Juro por deus. A pessoa grunhe. Naipe incrível Hulk. Naipe Rupert de Survivor. E ele acha engraçado. E nego ri em volta porque é tudo tão ridículo que nego ri. Mas eu não rio. Eu só penso "mas meu deus, eu realmente mereço passar por isso?". Não bastasse tudo isso, Forrest tem uma claro problema na garganta e toda hora dá aquele barulho como se fosse um tossido fake, toda.fucking.hora. E ele fala alto sozinho. Meu trabalho requer concentração e ele ali falando alto, lendo alto. Ele canta. Gente.não.dá. Tá tudo errado. Para coroar, tem a terrível mania de cantarolar meu nome sempre que me vê. Pa-trííííí-ciaaaaaa. Cada vez que escuto isso, ou seja, umas duas vezes por dia, sinto morrer um pedaço da minha alma.

Entra de novo "você sabia que a formiga levanta um peso x vezes maior que o seu?", "você sabia que as ondas magnéticas blablablazzzzzzz". Forrest, você sabia que desejo MORRER quando te vejo?

Sem mais.

50 comentários :

Anônimo disse...

hahauhauahauahauahauaha

Mila, the Strange disse...

pqp amo essa patrícia me identifico pra caralho

Anônimo disse...

Entendo perfeitamente o que vc fala. Quer incluir? Ótimo. Mas faça isso em um local que a pessoa tenha o mínimo de habilidade.

Só que o problema se dá neste maldito "politicamente correto" que paira em nossa sociedade atualmente. Não se pode admitir que as pessoas são diferentes e que algumas tem limitações para exercer determinados cargos. Afinal, como é bonito dizer, todos são iguais, né? (Aham, claro)

Ca disse...

Serviço público filha... fazer o que? Acho que tem uma cota por setor de gente louca. No meu, teve uma velha q ficou conhecida como Beth cheirosa. Um dia, entro eu no banheiro e encontro um aviso enorme: favor fazer suas necessidades dentro do vaso. Não entendi e até achei graça... no dia seguinte entra a faxineira no salão, putíssima, gritando q não ganhava pra aguentar aquilo... a gente foi ver, e tinha merda por todo o banheiro: teto, maçanetas, tampa da privada, e até na janela e saindo dela... descobriram quem foi... a beth... foram tirar satisfação com ela, ela respondeu q só tinha dado um peidinho. Ai trocaram a beth pelo washington... que corre em circulos gritando urgente, urgente... não reclama do loquinho não, porque senão colocam um pior...

masqueporra disse...

ahaha Ô ódio que me dá. Também não suporto trabalhar com gente lerda, ainda mais se for em atendimento ao público. To lidando com um lá que faz um corpo mole desgraçado, aí eu falo pra ele se tocar das merdas que faz, nego vira pra mim e diz que eu tenho espírito de patrão. Meu querido, eu quero que você faça seu trabalho pra eu não ter que fazer por você. Tão te explorando muito? Vai pra outro, gato. E no atendimento então, aff. Num posso com gente monga. (desabafo)

Anônimo disse...

Você é muito divaaaaa, te amo, sem mais.

Anônimo disse...

"Nego não tem um amigo. O círculo social é apenas o trabalho. Mora sozinho."

Familiar?

alan raspante disse...

Você entrou em um desenho animado, risos.

Kakaw O. disse...

vc é engraçada pra caralho hahahahah

Ashen Lady disse...

Gente que grunhe. Sério que existem mais dessas pessoas? Céus.

Elis (ou não!) disse...

Entendo a falta de paciência. Tem um menino no meu cursinho(para concursos públicos) que tem essa vibe de lerdeza. Ele fala lento e faz mil perguntas imbecis por aula. Vontade de entupir a boca desse cara lento. Mas taí, com certeza vai preencher a cota de malucos do serviço público logo mais.

Anônimo disse...

Medo desse anônimo FAMILIAR?!


siniiiiiiiiiiiiiiistro.

Ô patricia... metralha todo mundo no trabalho vai!

Mary* Coelho disse...

HAHAHAHAHAHHAHAHAH

cara, total te entendo. nêgo politicamente correto fica numas de "ai, coitado". coitada de mim, que tem que conviver com.

e os que falam "mas ele tem uma alma boa, não faz mal a ninguém". gente, as pessoas vivem numa mentalidade Disney, onde as pessoas podem ser divididas somente em boas ou más. se é boa, deve ser amada. me poupe.

Gabriela disse...

PATRIIIIIIIIICIAAAAAAA
HAHAHAHAHAHAHHAHAHAHAHAHAHAHHAHAHAHAH RI DO INICIO AO FIM, sem mais!
E sabe? Eu me seguraria muito para não mandar a pessoa ir tomar no meio do cu. Foi mal Brasil

Anônimo disse...

MUITO SIMPLES RESOLVER SEU PROBLEMA,PEÇAS AS CONTAS...
PORQUE UMA PESSOA TÃO LINDA E TÃO BEM RESOLVIDA COMO VOCE NÃO É OBRIGADA A PASSAR POR ISSO NÃO É MESMO?

T e ponto final disse...

Esse Anonimo te ama demais. É muito amor pra digitar o endereço do blog, ler tudinho, clicar nos comentários, abrir a caixinha dos comentários, clicar no CAPS LOCK e escrever 29 palavras...uhauahuahuahuauha. Eu não sei ainda com o que eu me divirto mais...
Mas sério...doido tem a rodo no serviço público. Então, tu imaginas o que tem aqui, no serviço público de BRASÍLIA...huahuauhauhahuahu

Mariana disse...

Ri muito Patrícia!
Concordo...quer incluir? inclua onde dá pra incluir!
Nada contra pessoas deficientes,ao contrário...tenho o maior respeito,mas certas coisas simplesmente não dá!

ri muito também do comentário da Ca

hauahauahua

Anônimo disse...

Muda de emprego.

Susi Schio disse...

adoro que as pessoas xingam como anônimos, quanta macheza!

uma surda passou pela minha empresa, nessa vibe de inclusão, ficou menos de um mês, já saiu faz uns 4 meses e até hoje estamos tentando resolver as merdas que fez...

Anônimo disse...

Discuta a relação com o chefe e explica o que está acontecendo. Ou muda de emprego, arruma licença médica, sei lá.

F. disse...

eu sou exatamente o contrário. lerdo mesmo. me apaixono fácil por lunáticos. o mundo é preguiçoso comigo e tá cagando pra mim, pq eu seria diferente? mas nada contra pessoas enérgicas e sagazes, que fazem a diferença, mesmo que só no trabalho. gosto de você.

Monick Melo disse...

Patrícia desculpa a franqueza mas você me diverte muuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuito, cara sou tua fã! kkkk

=)

Gui disse...

Acho que na verdade não é nem o fato dele ser meio Tonho da Lua, meio Forrest, mas o fato dele atrapalhar o seu trabalho. Se ele estivesse em outro setor e/ou não atrapalhasse suas atividades você nem notaria que ele existe. Pelo seu texto parece que você não gosta de nenhum lunático, mas eu acho que você não gosta dos que atravessam seu caminho. Assim como as pessoas ~normais~ que também o fazem!

Anônimo disse...

Também concordo quanto ao fato de colocar alguém só pra fazer número, por cota, que não vai contribuir nada e ainda vai sobrecarregar os outros...

Agora chamá-lo de imbecil já é um pouco demais, ele é lerdo, mas por outro lado possui conhecimentos que vc não tem.

E além do mais ele tem deficiência para justificar o seu comportamente, e vc tem o quê?

Me surpreendi ao ler esse , post já li o blog outras vezes e acho super estranho alguém que beira a pedir que as pessoas sintam pena de voceê contando os seus dramas pessoais mas age com tanta falta de compaixão para com outras e ainda se achando certa.

Lis disse...

HAHAHAHAHA

olha, me compadecço
gente sem noção é foda

Anônimo disse...

Mas a Patrícia só está puta por ter que fazer o trabalho dele. Ela deixou claro que não tem nada contra. Meu tio conta que botaram um deficiente físico para trabalhar com ele, a deficiência estava em uma das pernas, o homem andava de muletas. E qual era o trabalho? Subir e descer escadas com caixas. Óbvio, somente o meu tio fazia o serviço. É bem o que a Patrícia falou, quer incluir? Inclua onde dá.

Luna disse...

Total vibe de assassino serial, mesmo.

Mas será que ele não se faz de tonto pra trabalhar menos? Pra não darem nenhuma tarefa muito difícil a ele? Tem gente assim, também. Daqui a pouco a criatura "se encosta" no INSS alegando problema mental, aí quero ver.

Longe de mim falar mal (NOT), mas tem muita gente metida a esperta nesse mundo.

Mundo da Fer* disse...

PATRICIAAAAAAA!
Eu juro que o matava!

Anônimo disse...

Pa-trííííí-ciaaaaaa

Camila disse...

Hoje eu estava assistindo Mulheres de Areia e simplesmente senti a mesma coisa. Eu não saberia ser boazinha e muito menos amiga de alguém como o Tonho. Paciência é algo que eu não fui contemplada. Mas veja você, com um Forrest eu talvez teria paciência. Não no meu local de trabalho. Imagino muito o que você passa rs.
Sou contra o preconceito, a discriminação e tal, mas tudo tem limite né. Por isso sempre digo que estamos vivendo na era pau no cu, tudo é bullying, tudo é politicamente correto, mimimi. Boring.

'Lara Mello disse...

ODEIO gente que grunge, ODEIO gente que faz barulho com a garganta, ODEIO gente retardada AND ODEIO Tonho dá lua.. Você sofre, não se sinta só =(

Anônimo disse...

De doido só sinto uma coisa: PAVOR.
Morro-de-medo.

Renata disse...

Já fui atacada por um quando criança porque invadi o "espaço" dele na aula de natação! Quase fui afogada! Quer colocar na natação? ÓTIMO! AULINHA PARTICULAR PRA NÃO MATAR AS OUTRAS CRIANCINHAS!

Anônimo disse...

eu tb tenho trauma de maluco, tinha uma tonha da lua na minha escola qd eu era criança. acho q era autista (esse seu forrest deve ser tb)

daí ela oscilava entre ser boazinha-sem noção (q nem o seu, tipo ficar querendo ser amiga, cantando o seu nome, etc. uma vez ela me abraçou do nada e eu fiquei apavorada) e ser doida varrida agressiva.

ela deu varios ataques até o pai se tocar em coloca-la numa escola especial. mas hoje eu fico pensando se esse cara por acaso n tivesse dinheiro pra fazer isso, sabe? vai ver esse forrest precisa desse trabalho pra poder comer...

e tipo... serviço publico serve pra isso mesmo. por isso q ta cheio de preto, viado e gordo. pq as empresas NAO NOS QUEREM. e nao querem os forrests tb... a diferença é q ele pode se aposentar por invalidez! é tao idiota q nao percebe q pode ganhar pra ficar em casa... tomara q ele perceba logo isso e se aposente. tira o fardo das suas costas sem prejudica-lo.

mas eu entendo perfeitamente sua raiva. juro.

AquilesMarchel disse...

entendo pq ja trabalhei com gente asim mas tenho paciencia
depende pq ha varios tipos de lerdezas
quanto aos sonhadore s elunaticos ate tenho uma simpatia mas aos doentes mentais é tenso pq temos q fingir q somos moralistas e ficar sob as redeas da boa convivencia e tratamento
gosto de sinceridade rascante bjus
ainda bem q afazenda a acabou poq seus textos q nao falam do programa sao maravilhosos

Bivar disse...

No meu trabalho tem um cara que me chama de "campeão", "parceiro" e assim vai, como se fosse meu amigo ou trabalhasse comigo por anos... E eu o conheço faz dois meses. Eu não nego, sou chato. Sou chato demais já com os meus amigos, quiçá na minha area de trabalho.
Já me compararam com o Ron Swanson, de Parks & Recreations pelo o fato de não fazer amizade por aqui, haha.

Anônimo disse...

Pobre. Ele é autista. Provavelmente tem síndrome de Asperger.

Aline disse...

Vc é hilária. Tem um texto excelente. Maaaas fiquei surpresa com a intolerância! Sempre espero q quem passa por discriminação, de qq tipo, tenha empatia com quem passa pelo mesmo problema, ainda q por motivos diferentes.

Aline disse...

E show de horrores nos coments... A da "surda" ganhou de todos. Sem mais.

Vanessa S disse...

Pela primeira vez tive pena. Pena no sentido de vergonha de você. Sinceramente, se eu fosse da família dessa pessoa e lesse isso, eu nem sei o que faria. Xingar um deficiente desse jeito, prestaria queixa na delegacia.

Patricia C. disse...

Ele não é deficiente. Ele é imbecil. O preconceito vem de vocês que acham que imbecil = deficiente.

E outra, tá com pena? Leva ele pra trabalhar com vocês.

beijinhos.

Kamyla disse...

Só tem medicão lendo seu blog! Um deles já até diagnosticou o "imbecil": síndrome de Asperger. E pro disgnóstico precisou apenas de ler um post seu! Esse é bom mesmo.

Achei seu post meio dúbio...de fato, algumas vezes, dá para concluir que o cara sofre de algum problema mental. Mas pra quem costuma ler seu blog dá pra sacar que essa impressão é decorrente da seu ~jeitinho~ de escrever.

Gi disse...

Sim Kamyla, mas tb concordo que pelas coisas que a Patricia narrou parece sim q ele tem Asperger. Foi a primiera coisa q senti ao ler. Óbvio q nao se pode diagnosticar, pq nem médicos, psiquaitras e psicólogos podem fechar esse diagnóstico tão facilmente. Nem em uma consulta. Mas dá pra gente inferir alguns pontos, pelas características citadas. Concordo q as pessoas devem adequar melhor quem tenha algum tipo de dificuldade. Mas Patrícia, ao ler o texto, me pareceu q te irrita um pco além do fato dele te atrapalhar e tals. Mas nem te julgo, pq acho difícil conviver com esse tipo de pessoa. Como uma vez eu me senti super constrangida em ajudar um cego a atravessar a rua pq eu não sabia bem como fazer. às vezes a gente se afasta, se irrita, com coisas q não entende, e q nos dão trabalho, pq vc tem q mudar sua maneira de pensar, de sentir, e tals. quebrar certos tabus. vc não é o tipo de pessoa q gosta de ser contrariada,mas o comentário de alguém aqui em cima me fez pensar.
"Vc é hilária. Tem um texto excelente. Maaaas fiquei surpresa com a intolerância! Sempre espero q quem passa por discriminação, de qq tipo, tenha empatia com quem passa pelo mesmo problema, ainda q por motivos diferentes."

Anônimo disse...

Não sei o que é melhor: o post ou os comentários. Garanto que esse povo que criticou não trabalha com nenhum imbecil. E como disse Patricia, imbecil não significa deficiente.

Já fui bancário e uma vez um colega IMBECIL fala "VOU MIJAR". E repete "vou me ir já". Eu olhei pra ele, o cliente na minha mesa olhou, o chefe sentado depois desse colega olhou e a fila inteira olhou tb. E o imbecil nem percebeu a merda que fez.

Patrícia, ainda bem que vc não convive com seus leitores. Acho que muitos são imbecis também.

Gabriela disse...

Meu Deus mas eu morri rindo,sério! Te entendo e muito,o blog é teu e aqui quem caga a porra da regra é você,nunca te vi postando link do teu blog no twitter,nunca te vi divulgando post que tu posta,tu simplesmente escreve e morram,tu não pede nada pra ninguém,gente mais sem noção,sempre tem um dementador filho da puta pra encher o saco,mas morram tudo,eu fico puta da cara quando leio esse tipo de coisa,as pessoas tem a capacidade de vim aqui,ler e criticar,mas vão se foder e muito! Beijos Pa-trííííí-ciaaaaaa

Ana P. disse...

Amo muito esse povo que vem aqui te dar lição de moral, mas certeza é o tipo de nego que quando vê alguém agindo de forma diferente, já chama de "doente mental".

People, menos hipocrisia, please.

E Patricia, aos fatos: vá se acostumando. No tipo de empresa que você trabalha, o que mais tem é nego que se faz de imbecil. É engraçado, pq assim como muitos aqui comentaram, as pessoas acabam achando que essa gente realmente tem um problema sério e acaba pegando leve.

Se tivesse um problema sério, não lidaria com esse tipo de serviço. Porque as pessoas que tem um problema mental sério podem sim ter um emprego, mas com um nível de responsabilidade bem abaixo do que você tem que ter.

Anônimo disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Desculpa, mas, não tem como não rir da desgraça que é a sua vida... So sorry, girl...

Valerie disse...

Morrendo de rir aqui. Aqui no trabalho também tem um Forest!

Anônimo disse...

Nossa, me identifiquei muito com esse post!

É FODA! Vai lá ser paciente com neguinho "ai, vamos ajudar fulano", "a gente tem que ajudar fulano a estudar", "hã, não sei o que tem que fazer...", blablabla, mas que na hora do trabalho deixa você na mão porque tá com "dor de cabeça". E lerdo igual.

Anônimo disse...

Pa-trííííí-ciaaaaaa!!!!!!! UMA PESSOA INTELIGENTÍSSIMA, LINDA E TÃO BEM RESOLVIDA COMO VOCE NÃO DEVE E NEM EH OBRIGADA A PASSAR POR ISSO.. NÃO É MESMO? VC RECLAMOU...RECLAMOU..zZzZzZzzzzzz E AINDA NÃO USOU TODA ESSA SUA AGILIDADE E INTELIGÊNCIA PRA SAIR DESTA SITUAÇÃO INFERNAL??? COITADAAAA...DESCULPA MAS NÃO TEM COMO NÃO SENTIR PENA DE VC...IMAGINO O HORROR Q DEVE SER A TUA VIDA.. Arght!! Agora vamos menina.. Rapidooooooo...use a sagacidade e discernimento q auto intitula e boraaaaaaaa..OU ALGUÉM VAI TER Q EMPURRAR?!?! TORCENDO POR VC OKAY? ;) BEIJINHOS discernimento