segunda-feira, setembro 12, 2011

como pode?


Eu nem sei mais o que dizer, cansa porque quando eu começo a analisar Inominável e Disneicessário, só respiro fundo e penso "meu deus, como pode?". Sabe. Como pode pessoas assim existirem?

Tem a escola Liacum de argumentação, quando você diz "você se acha a dona da verdade" e nega responde "olha pra mim, naquele dia na porta você disse que quando era criança ganhou um boneco do seu vizinho". Q. Exatamente. Q. Não faz sentido algum na discussão. Só tem a função de desestabilizar a pessoa, justamente porque é tão absurdo que você vira as costas e sai com aquela sensação "perdi", mas nem perdeu e tal. Eu não tenho paciência pra gente louca. Que nem Fernanda Montenegro insistindo no contato comigo, depois de tudo que fez, finjo que nem vi. E a Joana não, ela tem paciência, ela não desiste e enquanto Inominável continuar dizendo impropérios, lá estará ela com o dedo levantado TU É UM MERDA, sendo repetido inúmeras vezes. Ela não se cansa. E isso é ótimo porque quebra ele. Como pode a pessoa jogar na cara da Joana "Você arregou nas roças quando dizia que ia pro banquinho e voltou como fazendeira"? Olha, não foi a Joana quem desistiu do embate quando alguém a chamou pro banquinho, sabe. Como pode ele falando da Monique, de fofoca e tals, e o que ele faz o dia inteiro?

Como pode Disneicessário se sentir tanto assim, sendo que nunca teve aprovação popular? Outro dia ele estava puto conversando com Tonho da Lua porque "a Markun não ri das nossas piadas". Oi? O Brasil inteiro não ri das suas piadas, seu ridículo. Nego que está na casa ainda ri porque te acha o favorito. Fico imaginando na época que Disnei era jogador, a briga que devia ser na concentra do corinthians para NÃO TER que ficar no mesmo quarto dessa pessoa inoportuna. Pessoa mija nas coisas dos outros de tão bêbado e ainda dá a desculpa "sou sonâmbulo". Você é insuportável, só isso. Nem nos meus maiores porres (e acredite, foram muitos), eu mijei nas coisas dos outros. E mesmo se mijasse, teria a dignidade de assumir. Nem isso ele teve. "Desculpa ter mijado nas suas coisas é que eu sou sonâmbulo" oi? Desculpa te enfiar uma bifa no meio da cara é que eu tenho síndrome de tourette. Não cola. Seja homem. Fica puto sempre que é contrariado, fala das mulheres fecharem grupo, mas está fechado com os homens há muito tempo. Não tem noção do ridículo. De criticar alguém por uma coisa que ele mesmo faz. Enfim. Ele nem está na roça. Só tem me irritado muito, ainda mais a babação de ovo em cima dele. Nojo total da pessoa que ele é.

Na votação de hoje a Monique fez um dos melhores discursos de indicação, disse tudo que nós pensamos sobre Inominável, mas para nós é fácil, estamos vendo o jogo de fora, e ela fez a leitura de dentro, que é super difícil. Falou tudo ali ao vivo, que ele era super inteligente e conseguia manipular todas as pessoas, que ele tinha o poder de fazer todos esquecerem o que ele fez. Monique e nem Joana esqueceram. Nós também não. Padre Fábio, Disneicessário e Tonho da Lua esqueram completamente. Chego a ter pena de tão idiotas que são.

É torcer na prova de terça que Joana volte como fazendeira, Monique nem se esforça nas provas, nem conto muito com ela. Será trágico se Inominável voltar.

4 comentários :

gláucio s. disse...

Né? Perfeita a sua leitura do jogo. Me irrita MUITO essa gente que se fudeu por conta do Verdinho num dia, e no outro tá lá lambendo o saco dele, como se nada tivesse acontecido. Numa dessas, eu super guardaria rancor e jamais olharia na cara, porque eu sou desses que guarda tudo pra anos depois poder despejar "lembra daquelo que tu me fez em 1998? pois eu leeeeembro!".
Gui seria interessante pra edição por conta dos barracos, mas já há muito tempo passou da linha tênue entre o aceitável e o insuportável. E se for pra roça, de fato, não escapa. Torcendo pra que isso aconteça, ou serão mais duas semanas insuportáveis.

allan.r disse...

fiquei constrangido com o medo da surfistinha de indicar o cara, mas pelo menos fez a coisa certa. pior é valesca, em termos de frouxura só o marlon supera ela. curto a coragem de joana e monique, são o tipo de pessoas que incomodam por serem verdadeiras e que dificilmente se dão bem, porque as pessoas não gostam de gente sincera, que assumem seus defeitos junto com as qualidades, ao invés de dissimulá-los.

Mens sana in corpore sano disse...

Odeioooooooooooooooooooooo Disneicessário!
Odeiooooooooooooooo o duende pádua!
Amoooooooooooo Joana e torço por ela!

'Lara Mello disse...

Eu odeio o Pádua, por mim morre..