terça-feira, fevereiro 15, 2011

a flor do cerrado

Ano passado, após a eliminação da Elenita, o Diego me mandou um email dizendo a frase que define tudo.

"Eu entendi seu texto sobre a Elenita. Eu entendo que na verdade, não foi ela que foi eliminada. Fomos nós que, com 52% dos votos, fomos eliminados da sociedade."

E isso resume bem o que eu penso. Se aplica na eliminação da Natália. É a bonitinha, e ordinária, sendo a mocinha da edição; enquanto a inteligente, a mulher não-submissa, é eliminada porque veja só, é muito mandona.

Call me louca, mas eu acho sim que as votações do Big Brother refletem a sociedade. A forma como as pessoas (as minorias, principalmente) são julgadas. Ariadna, Natália. E nisso a micareteira-miss-sem-um-neurônio, e não é preconceito porque nega me pergunta se macaco existe, está agora comemorando a vitória. CSI também deve estar feliz, dentro de tudo o que eu disse sobre a Elenita, ela não precisa do Big Brother, ela é analista criminal. A miss-mobral, essa sim precisa.

Acho que a gente se fecha em copas, com quem andamos, no que pensamos, é tudo muito igual. O círculo de amizades possui uma vibe só. Então, a gente meio que se choca com a eliminação dela. E aí vem o baque. De não pertencer. De também não pertencer como a Natália.

Hoje, fomos nós que, com 54% dos votos, fomos eliminados da sociedade.


Obrigada, flor do cerrado
para sempre em nossos corações
RIP

22 comentários :

Jefferson Reis disse...

O povo brasileiro é muito tenso. Gosta do que não tem conteúdo.

Anônimo disse...

Serrado com S, amiga? Sério? E ainda tira onda com as burrinhas do BBB?

masqueporra disse...

lembra o que escrevi semana passada? tava lá eu crente que ela ia ficar. porque quando é com alguem com algum carisma ou que tem aquele apelo popular, entende-se e chora. agora com adriana o jeito de natália interferir tanto? enfim, cá estamos nós tomando no cu como sempre.
e o mais incrível é que natália ainda seguia o perfil da honestidade, de não conspirar votos etc. então dava pra acreditar que aquele estilo jean willys da boa moral servisse pra redimir de algum modo o jeito dela, mas não.
(enquanto escrevia, resolvi descobrir pra quem dona xupa tava torcendo no bbb, não sei ainda por sinal, mas achei uma linda passagem dela chamando de sargentona and sapa martelo e lembrei dela falando sobre como defendeu jean willys blablabla e no ano passado, quando ele criticou dourado, de repente ele passou de pessoa de caráter a adivinhe o que? "bicha". ahah enfim, é esse o público do big brother, dona xupa é a líder de toda uma nação, parabéns país.
enfim. quando vi a porcentagem me choquei, respirei e desliguei a tv. eu sei que nessas horas é tipo ressaca, nunca mais vou beber, etc. mas acho que parei por aqui dessa vez, que vença daniel, jaque ou diana, mas eu cansei.

Laura disse...

Algo do tipo: hoje vc entrou no meu cérebro, leu o que eu penso e postou aqui. Porque foi EXATAMENTE assim que eu me senti, excluída da sociedade, de ser integrante do povo brasileiro, porque olha, depois disso, nem Jesus salva mais!

Anônimo disse...

É tão triste ver Nego concordando com Scully e Dona Xupa, sabe? A maioria, a grande maioria. Negas falando uns fascismos, umas paradas que são o fim do pesadelo, e uma grande maioria concordando, dando fé.
Que violência e arrogância eram essas que Natália tinha, senão a do público com ela?
Achei o discurso do Bial hoje acertadíssimo.
E aí você vê o Maurício-Fernanda, que não poderia ter sido votado por ela porque né, ele recicla o lixo - e quem eliminou foi o público.
E nego confirma isso, sabe... Vota confirmando. Salvando Diogo-Lia, passando a mão na cabeça de todos os absurdos, idolatrando Cadu-Rodrigo. Desanima, sabe? Ponto.
Honestamente, não sei se fico pra ver tirarem Diana-Michel(que felizmente não tem a infelicidade de um ex pra atrapalhar) e Daniel-Dimmy (que no fim vai ser taxado de viado venenoso e cruel, esperem). Acho que os dois são os mais carismáticos e bem quistos, mas não vão passar de 46%, ainda assim. Uma pena.

Renata de Oliveira disse...

Patrícia,
e não é?
Aqui a gente dá block, unfollow, deleta, marca como spam.
Lá fora, é diferente.
Não assisto, não tenho saco, fico só com os seriados, mas acompanho seu blog todo dia, e este em especial me tocou, porque estou numa vibe intolerante com gente intolerante, e as vezes temo que meu eu virtual vá engolir o meu eu real e eu mande todos prá casa do carai!

Larissa Bohnenberger disse...

Concordo plenamente com você! Estou com muita vergonha alheia do povo que tirou a Natália pra deixar a anta bonitinha. E que vai dar o prêmio pro Rodrigão só porque ele é gato. Vergonhoso! Mas fazer o quê. Povo não leva a sério as eleições políticas no país e elegem Tiriricas da vida, por que não tirar do BBB uma pessoa íntegra como a Natália simplesmente por ela não ser tão 'dada'? Por que não dar o prêmio de um milhão e meio para o homem mais bonito da casa, mesmo que desprovido de conteúdo e, mais ainda de participação ativa no jogo?

É isso aí... só não concordo quando você compara de certa forma a Natália com a Elenita. A Elenita era muito culta, muito inteligente, mas não tinha integridade moral. E gostava de fazer uma cena SIM.

Enfim...

Laís Alves disse...

"Acho que a gente se fecha em copas, com quem andamos, no que pensamos, é tudo muito igual. O círculo de amizades possui uma vibe só. [...]De não pertencer. De também não pertencer como a Natália."
Não podia ter descrito melhor

Anônimo disse...

Bah, perfeita tua análise sobre quem é quem, no post anterior. Concordo em gênero, número e grau.
Interessante observar (sem pedantismo mesmo) como para uma parca parte da audiência do BBB, fica tão claro quem são os participantes realmente interessantes e quais são os descartáveis. Pena que para a grande maioria, seja exatamente o inverso.
Te digo o que realmente me irrita: saber que a grande maioria das mulheres que assistem o programa são de um machismo inaceitável. Isso me dá MUITO nos nervos.

lith disse...

Me senti muito babaca chorando ontem, enquanto assistia a eliminação do BBB. Também fui eliminada. Com 54% dos votos. Pra ficar gente babaca DE VERDADE no nosso lugar.
Queria eu que o Bialski da vida real fizesse um belo discurso, falasse coisas lindas a meu respeito e me chamasse de flor do cerrado quando eu for eliminada dessa vida. Porque, no final das contas, é a gente que fica e deixa marcas. A bonitinha ordinária é só mais uma (que a beleza vai passar) e ninguém mais vai lembrar.

Maria disse...

Venha ter uma coluna numa revista poderosa no Rio de Janeiro garota...
Emocionei...sublimou...bjs

Jôse disse...

Por mim ela seria a ganhadora desse BBB.
Meu marido disse que pal primeira vez ele viu alguém sendo verdadeiro, como eles gostam de dizer "sendo eu mesmo", só que sem propaganda de tal fato, porque quando é natural, não precisa dizer-se...é e pronto.
Natália jogou SIM, mas não a vi pisar em ninguém pra isso e não rompeu valores sociais e nem de sua propria personalidade, que pela sensibilidade muitas vezes mostrada poderia ser domada e se adequar ao ambiente sendo mais doce.
Mas não...ela sabe das feridas que a vida lhe deu e porque age com seriedade e ao olhar de outros, com muita dureza, o que a caracteriza como mandona.
Eu sou da opinião que manda quem PODE, obedece quem tem juízo.
Mulher independente com dosagens homeopáticas de sensibilidade além da fama, são TEMIDAS pelas mulheres anencéfalas e pelos homens machistas. E isso é BBB.Natália foi a chance do BBB de ter alguém inteligente e realmente merecedora do prêmio no elenco.
Não foi dessa vez. O Brasil ainda curte carnaval o ano todo, se é que me entendes.
beijos

Rai. disse...

Nossa chorei ontem sério ,a idiota lá que nao sabe q existem macacos tem muito o que mostrar ro brasil.
Que ser bonita e ainda se achar não é coisa boa

Madame disse...

Por mim ela ficava, como disse o gago: "A Adriana é mto sonsa, nao vive nada e é esquisita".

Anônimo disse...

Discordo.
Queria que ela tivesse ficado, porque prefiro a sua personalidade forte à leseira da Adriana. Mas a Natália não tem carisma. Tal como a Ariadna. Ela era cacarrancuda, semblante fechado. A Adriana é mais leve e gosta de se passar com o pamonhão lá. Isso pelo menos movimenta o programa.

Laila

Anônimo disse...

Não adianta corrigir o SSSSerrado agora, eu já dei print.

Cheshire cat disse...

Ficou aquela que, na cabeça da "sociedade", representa a mulher perfeita - jovem, bonita, mimada e ignorante.

'Lara Mello disse...

Total me indignei com esse paredão, não só pela Natália, mas porque essa Adriana é um cu!!! Tõ começando a odiar bbb e amei seu texto da Elenita, concordo em número, gênero e grau!! Bju

k disse...

Por isso que acompanho BBB de longe..

Patrícia, cuidado com o print do 'SSSerrado', pode ferrar a sua vida.

Ai, ai.. eu ri.

Letras Saltitando disse...

Nunca fiquei tão sentida por alguém num programa desses como pela Natalia.

Ridicula a exclusão. Chegou até me doer.

Thais disse...

chorei com a eliminação da natalia e chorei de novo com esse post. é assim que eu me sinto também, patricia, eliminada de uma sociedade da qual não faço parte (e graças a deus não faço)

@JulianaBritto disse...

Sempre achei que a genialidade do BBB tá em evidenciar mais a sociedade do que os próprios participantes. Rolou toda uma catarse com esse post agora, na vibe de me "fechar em copas" com você e, igualmente, me chocar com a elimição da Natália.