domingo, janeiro 16, 2011

ariadna thalia II

Não resisti. Tenho lido tanto absurdo, daí me sinto obrigada a dizer que não compactuo com isso aí.

"Ela deve contar a verdade".

Quando você conhece pessoas novas, você chega dizendo "Oi, meu nome é Roberto, tenho hepatite, meu pau tem 16 cm"? Sabe. Quer dizer, você conta a sua vida no primeiro dia? Então, por que a Ariadna deve fazer isso? Eu defendi o Lucival da acusação de preconceito, mas achei muito pau no cu nego ir lá dizer "você deve assumir". Deve mesmo? O fato de ser operada é tão importante assim que você deve avisar, porque sabe como é, vai que nega pega algum homem, daí quando o homem descobrir vai descer a porrada nela. Né? Melhor avisar.

Fico incrível com o ser humano.

"Ela está enganando todo mundo. Se pegar algum cara legal, o cara vai ser zoado aqui fora".

"Ela é mentirosa, perguntaram se era trans e ela disse não".


Gente, vocês confirmam tudo quando são questionados? Naipe Jim Carrey em O Mentiroso? "Tô linda nessa roupa?". OPA, TÁ HORROROSA. Sério? Porque eu escondo muito da minha vida, aqui não é livro aberto não. Tá pensando que é bagunça? É livro fechado. E minto sim. Da minha vida cuido eu, ninguém paga as minhas contas (amo dizer isso? cresci, sou madura), não devo satisfações a ninguém.

Respeito muito a postura da Ariadna de não contar. Se fosse amiga, daria conselhos caso ela quisesse se envolver com alguém. E não na vibe de avisar, mas na vibe dela se proteger se o cara for um imbecil. Porque eu acho que ninguém no mundo merece ser rejeitado por uma coisa que não escolheu. Daria meus conselhinhos, mas cada cabeça é um guia.

Ariadna é uma mulher. Possui todas as características de quem nasceu no corpo errado. Ninguém gosta de sofrer. Se ela tivesse escolha, se toda essa questão pudesse ter sido uma escolha, ela não teria escolhido isso. Ser travesti, que ela foi durante muitos anos, é a casta mais baixa do mundo gay. Além de sofrer o preconceito tradicional da sociedade, o travesti também sofre o preconceito de grande parte dos gays. Sempre vistos como aberração, como aquela pessoa que só pode ganhar a vida na Glória ou fazendo algum showzinho em boate gay, na reedição do homem elefante no circo.

Ia achar ótimo que ela chegasse contando para todos, mas respeito muito a decisão de não contar dentro da casa. Acho que é a fantasia de Alice que ela quer. Ela sabe. Sabe que a partir do momento que contar o comportamento dos homens heteros será diferente. E ninguém pode julgar que ela queira permanecer na fantasia, quando a realidade é tão cheia de rejeição.

29 comentários :

aline disse...

que foda seu post, patricia. não tenho nada a comentar, a acrescentar. só parabéns e obrigado mesmo. uns mil beijos.

Le Voyeur disse...

o fao é q nego só saber julgar. não quer nem saber das consequencias e nem se poe no lugar. e acha q so ele tem razao.
queria ver se fosse ele ali, oq ia fazer?

bjs do voy

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

poxa, foi um dos melhores pareceres sobre o tema que li!
Contar que é transex, logo de cara, no meio de um grupo de estranhos não é fácil como falar "escovei os dentes". E com certeza, tudo o que ela mais deseja na vida é que a vejam como mulher e não como um homem operado.

Renato_pd disse...

Concordo integralmente com você. Acho que o grande mal das pessoas é julgar os outros valendo-se exclusivamente de suas próprias experiências, esquecendo que cada tem sua própria história e lida com os acontecimentos da vida de um modo particular. É simples dizer que ela é desonesta e tal. Agora imaginem a vida dessa guria. Nasceu negro, pobre e gay (não apenas gay, mas teve que viver como travesti antes que completasse a redesignalçao sexual que, como você disse, é maltratado no próprio meio gay). Provavelmente cresceu em um lar totalmente desestruturado com pouco ou nenhum apoio da familia. Cresceu com o MUNDO virando-lhe a cara, olhando de esguelha, sempre com um ar entre o estranhamento e o asco. Porque é assim que acontece com grande parte das travestis, ainda mais as que habitam os subúrbios das grandes cidades. Toda essa experiência vivida durante uma vida inteira é algo que marca fundo e nunca mais some. É natural o medo que ela tem de as pessoas mudarem de comportamento com ela. Tipos, todo mundo tá di boa, mas se pá ficam sabendo, começam a me ver como uma disseminadora de doença, ou constrangimento eterno. Daí nego se acha no direito de ir lá e apontar o dedo e dizer "mentiroa ela, tem que contar, coitado dos meninos, que ficam pegando em trans sem nem saberem da verdade". Ela não é mais homem, nunca foi, mas agora é mulher 100% e pronto, isso que importa.

Beijos aê, patrícia.


P.S.: Foda-se que o clitóris dela deva ter 2 cm (nem sabia que se media isso - especialista).

Gabriela disse...

Olha, eu continuo dizendo que ela deveria se assumir, até por uma questão de jogo.
Pq meu, se ela assumisse e alguem fosse preconceituoso ponto pra ela..
Brasil todo ia ficar: Ai coitada dela, ela não escolheu ser assim..
Vou falar por mim.. Eu não gostaria que alguem que ficasse me pegando, lambendo a minha cara cheia das intimidades não me contasse algo tão serio assim. Não adianta dizer que não é pq é Priscila...
E eu não sou preconceituosa, tenho vários amigos gays e conheço algumas trans tbm.
Eu acho que isso devia ser motivo de orgulho pra ela, sei lá, já que ela diz que lutou tanto pra alcançar o sonho dela não é?
E ahh ela fica feminina qdo está maquiada pq agora ela está muito cara de Joãozinho...

'Lara Mello disse...

Acho também que ela não tem que tipo, chegar e dizer nada.. Mas também por ela, já que agora pode ter agressão física, as pessoas podem agredi-la por isso.. E ai minha cara, ela já ganhou o bbb.. Pense nisso! Bju

Mariana disse...

Concordo plenamente com você.
A vida é dela,consequentemente o problema é dela se ela não quer falar.
E pelo que eu li por aí,parece que o bbb nem quer que ela conte [se é verdade,não sei]

Anônimo disse...

Concordo e estava pensando a mesma coisa...
Para ela, ela é uma mulher. Para nós ela é transexual.
É da conta dela e do cara que ela for se envolver.

As pessoas que passam por situações que podem tacha-las como diferentes dos outros só querem ser tratadas como pessoas normais.

As vezes nós gostamos tanto de nos mostrar diferentes que parece mais um grito de insegurança e necessidade de aceitação própria. Tenho a sensação que tentamos nos convencer mais do que convecer os outros.

A individualidade é o tesouro de cada um, se você o perde, vira lixo na mão dos outros.

Barbara disse...

nossa, não concordo.
o cara tem todo direito de saber se tá pegando mulher natural ou fabricada.
se ele for sem saber, ele vai querer mudar do país quando sair da casa. sério mesmo, ele vai sofrer muito com zoação, e com ele mesmo.
para homens essa é uma questão delicada, e eu acho muita sacanagem fazer um cara virar piada nacional.

PS: meus vários amigos gays pensam igualzinho eu falei - ontem a noite mesmo a gente tava vendo, foi a primeira vez que vi, mas eles me contaram que ela tava lambendo os caras e tal. então né.

vc não precisa falar de tudo para todos, mas relações amorosas/sexuais merecem sim uma sinceridade pelo menos quanto ao GÊNERO da pessoa.

carla disse...

mas patricia, ela está no big brother. não tem como comparar com nada. não é brincadeira. ela sabe que todo mundo aqui fora já sabe tudo da vida dela.

aí perguntam se ela é trans e ela diz que não? ninguém tem que chegar contando "oi, meu nome é ariadna, eu tinha um pau, mas cortei fora". mas se perguntam a ela, ela não deveria mentir, nem na vida, muito menos num jogo como BBB. mentir vai prejudicar ela no jogo.

e eu acho sacanagem ela ficar se agarrando com os meninos, sim. se ela pegar alguém o cara vai ser muito zoado. isso é certo? é justo? não. mas é a realidade. se fosse numa balada qualquer e ela tivesse só a fim de pegar um carinha, dá uns beijos, tubo bem. não precisava contar. mas é big brother. a parada é diferente.

quando vc entra num programa como esse vc tem que criar uma consciência. se ela ta com medo da rejeição lá dentro, imagina quando ela sair.

na minha opinião, se uma pessoa quer assumir grandes riscos tem que estar preparada para as grandes consequências.

Rosana Tibúrcio disse...

Concordo também que ela não deve contar se não quiser. Essa preocupação com a vida sexual das pessoas me dá uma agonia sem fim.


todo mundo quer saber com quem você se deita bem diz Caetano.

Saco isso!!

Gato Van de Kamp disse...

Adorei o post...

E devo confessar que tava torcendo taaaanto pra ela pegar um homem na casa sem que ele soubesse... Queria q ela pegasse um Dourado na casa sem que ele soubesse.. Confesso que pensando dessa maneira nem to sendo "amigo" dela.. to sendo é telespectador mesmo... huHAUhauHAU

Adooooooro!!!!

T. disse...

Eu não sei se ela deve contar ou não, isos eh problema dela.
Mas agora se ela me beijasse dentro da casa e eu descobrisse dps, o problema passaria a ser meu. e eu nao ia gostar de saber que tava beijando uma trans.

Esse negoco de forçar uma normalidade onde nao tem tb é foda!

Respeitar como pessoa é uma coisa, que eu totalmente respeito, mas daí a ficar de boa se ela me pegar sem eu saber é outra totalmente diferente.

Foda é que tem gente que sempre se apoia no PRECONCEITO pra justificar tudo. Acho que tem uns ai que ate achariam ruim a inexistencia de preconceito porque ai nao teria mais aquele ponto fraco pra justificar as coisas.

eu sei que tem mto preconceito de verdade ai, e que pessoas passam por situacoes que nem conseguimos imaginar.

Só to falando que esse negoco todo dela "assumir ou nao" nao é um problema SÓ dela a partir do momento que ela se envolve com outras pessoas

Nao acho que se deva taxar de preconceituoso o cara que ficar com ela pensando ser mulher e nao gostar da noticia dps.

Ela é um homem operado, e sempre vai ser.

Anônimo disse...

Meu deus, ela é a cara do Taylor Lautner!

fermata_85 disse...

"Priscila".....sem mais!

Veruska disse...

Continuo batendo na tecla: se tá a fim de pegar alguém na casa, tem que contar ao escolhido, sim. Acho falha de caráter. Minha cabelereira tb é trans, fez a cirurgia na Espanha, é casada (linda, alta, morena de olhos verdes, mudou o nome para Alexia) e disse que JAMAIS ficaria com uma pessoa que não soubesse a verdade. Caráter, etc... O Big Brother é um programa feito para que o público julgue as pessoas que estão lá, escolhendo o que acham merecedor do prêmio. É diferente se ela fosse uma universitária, contaria à turma da facul se quisesse. E, in my opinion, se resolvesse namorar algum bonitão lá, deveria contar a ele, sim. Se ela pegar um dos rapazes e não falar ANTES eu vou torcer pela saída dela por considerar a atitude mau caratismo. Se fosse possível o contrário, uma mulher fazer a tal cirurgia e virar homem, eu gostaria de ter saber antes de me envolver e não confiaria mais numa pessoa que esconde algo tão sério. E viva La Close. E Telma Lipp.

Ana disse...

Adoro as discussões socio-antropo-filosóficas que o BBB é capaz de levantar.

Mas sinto um medo PROFUNDO da ignorância humana. E do que ela é capaz em certos momentos.

Ana Cristina Cattete Quevedo disse...

Minha opinião:
1) Aqui fora: ela contar ou não, problema dela e de quem ficar com ela. Se Ela ficar com um cara que não sabe q ela é trans, souber depois e querer meter a porrada nela, problema dos dois. Cada um colhe o que planta.

2) Lá dentro: ela tá dando mole. MUITO mole. Se ela não contar ONTEM que é trans, vai perder a chance de ganhar o programa. Pq nego aqui fora não vai perdoar.

Só acho que ela deveria contar pra poder ter mais chance de ganhar. E não pq deve satisfação pra um homem que quer dar uns amassos.


Cara, eu só fico pensando uma coisa: nego NUNCA viu BBB na vida, não é possível. Caem SEMPRE nos mesmos erros.

Kakah disse...

Patrícia, entrei nessa discussão ainda essa semana. Vieram falar "Ariadna não é mulher, é mentirosa, é fake" e eu usei o mesmo argumento que você: será que o seu namorado lindo e maravilhoso já teve GONORREIA e você nem sabe? Pois é... Vou até colocar o link do post pra você, quem escreveu foi uma amiga minha e eu achei que a "discussão" nos comentários foi legal. O fato é que: Ariadna não é mulher, biologicamente, mas se ela se sente mulher, que somos nós seres humanos pra dizer o contrário? Cada um é o que quer ser, se ela é feliz falando que é mulher e pedindo absorvente emprestado, DEIXA ELA! Não entendo a caretice desse nosso mundo, sério...

http://tpmulheres.net/index.php/2011/01/14/bbb-transexualidade-e-ser-mulher/

Beijo!

Renata Emanuelle disse...

Concordo em partes. Entendo que ela tenha o direito de não querer contar seus segredo, mas ela perdeu esse direito quando ficou se oferecendo para TODOS os homens da casa. A impressão que eu tenho é que ela quer ficar com alguém só pra zoar e falar "eu pareço uma mulher, ninguém desconfiou". O que não é verdade, já perguntaram e ela negou.

Acho que, já que ela tem interesse em ficar com alguém, em primeiro lugar deve contar sua condição, caso contrário, a frustação do cara descobrindo no futuro que ela escondeu a verdade dele vai ser muito maior.
Se alguém quier ficar com ela deve aceitá-la como é.

Escondendo demais a impressão que me passa é que ela mesma tem preconceito com isso.

Jôse disse...

eu acho que se ela sair terça-feira é muito por ela. Não por NAO CONTAR PRA TODO MUNDO, e sim por ela NEGAR quando perguntada.
Uma coisa é eu não querer contar que sou gorda pra algum cara na internet, e outra é ele me perguntar, e eu dizer: não, não sou gorda. Sou super magra.
Cada um faz da sua vida o que quer, o problema sexual é dela sim, mas o povo é hipócrita sim, e esses valores são usados como critério para uma eliminação.
EU não vou votar nela pq apesar de NAO GOSTAR DELA, acho que ela merece ficar pq QUERO MESMO ver até onde ela vai com essa história de enganar todo mundo quando na verdade só SE engana.
Barracos e mais barracos. JA QUERO.
Mas é aquela coisa: quem gosta tende a SEMPRE justificar os atos dela. Se fosse a Michelly (não que eu goste dessa aí tb) fazendo o mesmo, seria criticada, mas como é a Ariadna coitadinha-excluída, vamo que vamo na defesa.

glaucio disse...

como sempre você sabe expôr a sua opinião de forma lúcida e embasada, longe dos tão comuns "odeio fulano, amo ciclana" por aí.
olha só: http://natelinha.uol.com.br/noticias/2011/01/17/101349.php
"E ninguém pode julgar que ela queira permanecer na fantasia, quando a realidade é tão cheia de rejeição." Mesmo.
Beijo.

Camila disse...

Ela falou algo nessa linha, li em algum lugar, sorry não lembrar onde... De que não falaria pq pra que se desgastar em um universo parelelo tipo o BBB, tipos onde estaria pelo menos momentaneamente protegida? Pra sofrer mais preconceito?
Ódio mortal de gente que acha que ela tem que falar. Bem como vc disse, ninguém aperta a mão de uma outra pessoa e fala "então, sou hétero" "então, minha buceta é cor de rosa". Ah, vai se fuder!
E na linha da amiga ai de cima, "medo PROFUNDO da ignorância humana" (2)

Anônimo disse...

Gente cada qual com sua verdade.
Se cada pessoa fizesse para uma boa ação, ao invéz de viver a vida de outras pessoas, o mundo seria diferente.
então ela falara quando sentir firmezade assumir .
e pra mim nao muda nada

carla disse...

ignorância é uma merda mesmo. ninguém ta falando que ela deveria contar sem ninguém perguntar, MAS SE PERGUNTARAM ELA DEVERIA DIZER A VERDADE.

gente cabeça dura, viu?

Anônimo disse...

Estava lendo os comentários e só pensando na humilhação que seria pra algum dos homens da casa ficar com ela sem saber que ela é trans. Fiquei com dó.
Aí eu li que ela pediu absorvente emprestado (???)e fiquei com dó dela.

Erótica.plus disse...

Querida, estou encantada em ler vc. Tua aparente personalidade me encanta e compartilho de muitas de tuas opiniões. A humanidade é hipócrita e isso já resume muita coisa. Estar de fora e julgar é uma coisa, estar na pele, te trás uma visão bem diferenciada. Parabéns por teus textos. Temos blogs diferentes mas te sigo. E viva a diferença. Bom dia.

Anônimo disse...

Olá pessoas '
No meu ponto de vista...
Pessoa que nasce Homem tem que morre Homem ..
Certo que cada um tem seu livro arbitrio maiis caramba mudar tudo em seu corpo isso é inadimissivel '
Se Deus quizece ela mulher tinha feito ela mulher apesar do mundo ser muito preconceituoso hoje em diaa.
Mais ela mudou a Genetiica dele, ele nasceeu Homem e mesmo ele tendo orgão de mulher ele sempre sera um Homem pois ele nunca podera , dar um fruto ao Homem.
E a questão do NEGRO julga discordo pois cada um tem sua opinião essa polemica toda porque foi um NEGRO se fosse um BRANCO,de olho claros não falariam nada.
P.S Não aceitoo essa transformação , mas como cada um tem seu livro arbitrio e sua própria decisão , faz o que quer da sua vida.
Tenho : 17 anos
E é isso que acho disso tudo.

Anônimo disse...

Se você ainda não se assumiu e quer compartilhar experiencias com outras pessoas na mesma situação conheça meu blog:

http://seassumirounao.blogspot.com.br/