sábado, outubro 02, 2010

não tenho condições

Plínio de Arruda, no debate do dia 26, resumiu minha vida em uma frase. Não tenho condições porque fiz uma confusão. Me perdi aqui, não tenho condições.

Em 2008, quando fui para Tangará da Serra fazer uma prova, estava chorando dentro do ônibus, quando parei e pensei "meu deus, estou cansada demais para chorar". E parei. Alí, naquele dia, não chorei mais. Acho que atingi aquele nível máximo de qualquer desespero. Aquele momento onde há tanta tristeza que você não chora. Isso em 2008.

Hoje, aconteceu algo parecido. Fui em Sinop novamente, o médico boliviano cagou para mim pela segunda vez "no puedo té operar hojxe porque ainda está inflamááádo, tém qué esperá". Quase respondi Doutor, minha vida está toda inflamada, mas nem perdi meu tempo. Saí do consultório, ameacei chorar e daí veio aquele sentimento de 2008. O cansaço. A descoberta de que, meu deus, olha onde eu cheguei, sendo enrolada por um médico boliviano no interior do Mato Grosso. E não é naipe quando você está no Rio de Janeiro, sai de um bairro para o outro, pega um busão e vai para o centro, daí o medico diz no-puedo-te-operar e beleza. EU SAÍ DE UMA CIDADE PARA A OUTRA. Eu tenho que viajar para ir ao médico. Eu pego ônibus de viagem com nego fedendo e peidando, com criança mala chorando, ar condicionado com defeito, eu fico HORAS na estrada sacolejando. Eu enfrento uma VIA CRUCIS para nego (E NEGO BOLIVIANO!) dizer no-puedo-te-operar. Então, beleza, continuo sangrando e morro?

Sei que nem perdi meu tempo chorando ou discutindo com Evo Morales. Peguei um táxi e disse "Moço, me leva pra rodoviária, mas antes passa na Cacau Show". Tem uma micro loja em Sinop, ponto turístico. Gastei 50 reais em chocolate. Não melhorei, porque nada vai me fazer melhorar agora, mas achei libertador.

Entro no ônibus, volto a ler Comer, rezar, amar e tem lá uma parte de um Xamã da Indonésia dizendo que pessoas nascidas nos sábados são regidas por espíritos maus. Nasci em um sábado. Compreendi minha vida inteira.

24 comentários :

Natascha, em que posso ajudar? disse...

ai sua linda! Sai desse inferno e vá pra um médico decente, pelo amor de deus!
ps: atendendi um nego de sinop, lembrei muito de vc! auhauahuahuah

Natascha, em que posso ajudar? disse...

PS: nasci 27 de agosto de 1988. sabado! auhauhauahuah

Garota Enxaqueca disse...

Comer, rezar e amar me deprimiu profundamente.

Enfim.

Suerte, guapa...

guilherme disse...

HAHAHAHAHAHAHAHHA

Adivinha em que dia da semana eu nasci?

Não sou crédulo, mas muito vou culpar esse fato pro resto da minha vida.

__________o___________

Patrícia disse...

"meu Deus, estou cansada demais prá chorar", ai, Patrícia, xará, essa fala também é minha...
Te entendo, acredite...
****
Conhece aquele blog (muito bom, por sinal) de uma dermatologista carioca chamado minhapeleemelhorqueasua?
Pois é, ando pensando, seriamete, em criar um blog:
minhavidaepiorqueasua.
*****
Bjo, gatita, espero q vc fique bem!

O que elas pensam disse...

Patricia,sei que vai parecer piegas e você vai querer me mandar pra todos os lugares.
Mas você é um ser humano incrível,sabe uma menina iluminada,coerente,inteligente e que fala o que pensa,que não têm medo de opor-se as mediocridades alheias. Eu sou sua fã e adoro ler cada post teu,não que "a pimenta nos olhos dos outros é refresco",é que você parece tirar conclusões mesmo que tardias dos fatos,mas boas conclusões e parece que você está amadurecendo mais ainda sabes? A vida não é um mar de rosas,mas você sabe lidar com os espinhos,amanhã pode não ser melhor,mas você têm o principal,que é a sua vida,sua integridade,sabedoria,alegria,arrogância as vezes(mas só quando necessária). O mundo nem sempre reflete o que nós verdadeiramente somos,até porque é muito difícil saber quem nós somos! Você não reflete o que o mundo é e isso é EXTRAORDINÁRIO.
Bjs

Anônimo disse...

Patrícia,
Já estive no fundo do poço, da mesma forma que você, numa situação bem parecida. Também sou gorda, trabalho na mesma empresa que você, fui pra um lugar onde alguns sequer falavam português. Aguentei MST, MPA, racismo contra a minha pessoa, lagartos pelas calçadas, mais de um ano sem telefone celular e internet, ônibus com gente fedendo e levando caixas de pinto, galinhas ensacadas, crianças ranhentas. Ah sim, não tinha um lugar pra comer pizza, nem xis, não havia boa comida.E ainda por cima os desgraçados só plantavam fumo, então nem verduras e legumes eu podia comprar. Emagreci! Não havia casas para alugar, muito menos hotel. Então tive que morar na casa de uma pessoa que eu nem conhecia e que abusou demais de minha boa vontade, que me julgava e me invejava. Pra me ajudar, procurei um bom psiquiatra. A vida melhora aos poucos, precisei de dois anos pra me sentir melhor. Não é fácil tomar os remédios, no início parece que estamos piorando, depois de dois meses é que se sente a melhora. Aceitar as coisas que descobrimos na terapia. Mas valeu a pena. Saí de lá 1 ano e meio depois. Força querida, um dia tem que passar.

Claudia - Bento Gonçalves (RS)

Dee disse...

Cara. Sem palavras.

Da próxima vez, pergunta pro médico se pode fazer consulta via net, porque né, pelo menos te poupa de gastar dinheiro e tempo.

Lucy disse...

Não há a menor possibilidade de você tirar licença medica e ir pro rio operar não?

Arquitetando Palavras disse...

deus é cheio de fechar os olhos e dar a kátia-cega! só pode! que bom que ainda há o cacau, libertador! energia pura quando as forças parecem faltar-nos e o ânimo passa a ser apenas mais um tipo de comida! melhoras pra ti, muita energia pra que, da próxima vez ao menos lhe restem algumas lágrimas...

Dani disse...

Não é este o teu médico, é: http://br.noticias.yahoo.com/s/01102010/25/manchetes-boliviano-preso-mt-pratica-ilegal.html?
Espero que não.

Melhoras!

Anônimo disse...

Patrícia, quando leio o que escreve, parece que sou eu mesma que o fiz. Pra completar: nasci no dia 1º de dezembro de 1984, sábado.
Força!

Marcia

Anônimo disse...

1º/12/1984, sábado. Preciso dizer mais nada, né?

vanessa disse...

sábado passado, quando eu acordei no meio da madrugada pra ter uma crise existencial, foi bem esse tipo: fundo do poço demais pra chorar. e olha, eu choro todo dia, por qualquer coisa. não tinha lágrima e foi aí que eu vi o tamanho da merda em que tinha me enfiado.

***

hoje tava olhando o tumblr e alguém postou uma frase "coisas ruins acontecem no sábado" e eu nunca tinha parado pra pensar.

e isso que eu nasci numa quarta. grandes merda.

Rose-MS disse...

Olha meu te juro q se eu morasse um pouco mais perto de vc ia ai te buscar de carro e te levava pro Rio esperava vc ser atendida, operada, sei lá e te trazia de volta.
Ai sei lá meu, se não rolar Rio, ou Cuiabá, e quiser vir mi casa su casa, marco medico pra vc, te pego, te levo ao medico, se precisar operar fica em casa qto tempo precisar, te levo pra tomar umas tb pq ninguem é de ferro e depois vc volta.
Aqui em Campo Grande rola uns médicos bons.
Se quiser estou a disposição.
Sério.

Manu disse...

Sinop?
Longe pra caralho.
Tenho uma amiga aí.
Se cuida.

Patricia disse...

Fiquei curiosa e fui pesquisar. Nasci num sábado tb. É grave mesmo?? Risos desesperados
E melhoras, heim!!!

Senhor F disse...

Vou te dizer um negócio seriamente: seu blog deveria se tornar um livro.

'Lara Mello disse...

E me ferrei então..Nasci em um sábado..Bju!

Anônimo disse...

Eu também nasci em um sábado.

Throwing it all disse...

Se sua vida também está inflamada, querida, opera ela, não morra de choque hipovolêmico.

(Esse "opera" parece coisa de cristãos, hehe, mas cê entendeu, né?).

Beijão!

Didi. disse...

Chocolate, Deus da Libertação Feminina!!! ^^
Linda, arranca logo essas amidálas que inflamam sua vida e dá um tiro nesse boliviano.

Anônimo disse...

1) estou aliviada pois acabo de ver q nasci numa quinta. (há! grandes merdas. rs)
2)Sobre o chakra da garganta / amídalas inflamadas:
Em Harmonia: Boa comunicação e expressão, criatividade

Em Desarmonia: Aversão a tudo, infecções, má comunicação

Relação com o corpo físico: Garganta - tiróide - cordas vocais - vértebras cervicais - ouvido - metabolismo - língua – saliva.

Relação com o corpo emocional: Comunicação consigo mesmo e com os outros - viver a abundância - receber incondicionalmente - abertura às mudanças e transformações na vida - ouvir-se a si próprio e aos outros.

Bloqueios que denunciam a disfunção do chakra: Distúrbios consigo mesmo - garganta - anginas - hiper ou hiotiroidismo - amígdalas - problemas de metabolismo - problemas nos braços ou mãos dado que estão directamente ligados a este chakra (acidentes - dores - entropecimento, etc)
.
Isto eu tirei de um estudo de Reiki (fiz reiki há mt tempo atrás.). Acho muito interessante.
A cor azul clara estimula a harmonia deste chakra...
Não custa nada tentar. é tipo Tiririca, pior do q está não fica!

3) Sonhei com vc hj. Sonhei q vc era magra, q eu descobria q Jibóia City é ali em Volta Redonda, e vc morava com um monte de sapatões. tinha um metrô perto da sua casa, q vc não sabia usar pra se locomover. huahauah e vc morava numa casa q me dava medo.
huahuaha fumei quantos?

Força aí. Beijo Janah.

Daniela Pedrinha disse...

Tb nasc num sábado.. 14.. após uma sexta-feira 13, podia ter sido pior..hehe!

Cinquenta pilas em chocolate me faria feliz agora.... ahh e manda esse médico pro inferno, não tem como se operar no Rio ou SP? Esses buracos do interior do BR são o Ó.....