segunda-feira, outubro 11, 2010

ah, se eu pudesse

(O que me entristece é que eu só conto metade do que passo - versão 29872874928789)

Confesso que o dia hoje foi divertido, apesar de eu ter trabalhado e é foda porque em cidade pequena a pessoa não.tem.o.que.fazer, então chega uma véspera de feriado, o que o ser humano faz? LOTA MEU TRABALHO. Daí você conversa com o ser e descobre que OH, NOSSA, ISSO PODERIA SER RESOLVIDO OUTRO DIA. Mas não. A pessoa tem que ir hoje. Foi mais cheio que na sexta. Há um prazer mórbido nisso, hein? Fico procurando uma câmera escondida, na pegadinha vamos-ver-a-cara-de-desprezo-da-pessoa. Lembro que na época da copa, Brasil X Holanda começando e eu atendendo um homem por um assunto totalmente irrelevante, quase perguntei "o senhor tem voz fina, o senhor é viado?". COPA DO MUNDO, CARALHO! VÉSPERA DE FERIADO, CARALHO!

Mas enfim. Foi ultra divertido porque Rafael Ilha me tirou para Cristo me perguntando mil coisas com aquele sotaque de cuiabÁno, com aquele jeito de falar que, meu deus, Bob Marley não fumou tanto feito esse aí. Tudo para ele é "beleza". Vou comer teu cu, hein? Beleeeeza.


Atendi duas pessoas ótimas hoje. Um senhora que me pediu uma coisa e eu disse "não tem como fazer", me vira a senhora, NA MINHA FRENTE, e pede o mesmo para o meu colega ao lado. Gente, eu ri? Quando eu ficar velha (África do Sul não é assim tão longe, é logo ali) muito vou me aproveitar da idade para fazer tu-do que eu quiser. Se eu com 27 anos já me faço de louca as vezes, quem dirá quando eu tiver meus sessentinha.

O outro foi um cara, saca aquele naipe do jeitinho-brasileiro? Pedindo o impossível (para não dizer absurdo) porque sabe como é, para tudo há uma exceção. Adoro gente assim? Tenho o prazer de dificultar AINDA MAIS as coisas. Nego ficou puto, quase baixei Luiza Danni Carlos, tá pensando que pode comprar a minha alma? Nem me reconheci. Posso me candidatar pelo Psol?

8 comentários :

Pimenta disse...

Verdade, chama-se autoridade sexagenária.
Minha mãe usa, faz qualquer pergunta, na maior cara de pau, para qualquer um.
Geralmente, funciona.
bjo

Dee disse...

Eu também trabalhei hoje. Duro, viu.

Mas ei, você não tinha saído do atendimento ao público?!



Ah, antes de ficar velhinha e aprontar todas, eu também gostaria de ter a fase gostosa: conseguir o que quero pela minha aparência.

Carmen disse...

Patricia, na boa.Eu te amo.

'Lara Mello disse...

kkkk

Te amo, porra!

Tulio Cobain disse...

Hahahahahahaha, isso de dizer pro cliente que não dá pra fazer e ele virar e perguntar pro meu colega, acontece comigo todos.os.dias. Já é tão normal, que as vezes eu mesmo viro e pergunto pra ele.

E eu estou trabalhando NO FERIADO. Ê laiá.

Beijos, gata.

Pam Donato disse...

Patriciando novamente, adoroooooooooooo!!
rsrs

Quéroul disse...

não vou comentar o post, mas a twittada que eu vi ali do lado, que vc pensou que Max Cavalera fosse Peter Jackson.

CREDO! CADÊ OS DENTE DO MAX?
tá o mendigo isso aí, cruzes.

beijo, não tenho tuíter.

Alexandre disse...

Porra Patricia. Post a la trote Telerj com advogado Luiz Pareto! Adorei.
Puta me identifico com essas tiradas.