domingo, agosto 29, 2010

anastacia não se deixou escravizar

(Não vou mais reclamar da vida. Não vou mais encher o blog de mimimi. Apenas relatarei o que eu passo, o drama e o choque ficam por conta de vocês)

Daí que teve um grande evento em Jiboia City e todas as pessoas do meu trabalho foram escaladas para trabalhar DE GRAÇA nesse evento.

Tipo, não bastasse eu trabalhar DE GRAÇA na exposição agropecuária, ainda teve mais esse evento. Na exposição é até tranks, a gente fica lá fazendo social bebendo cerveja de graça, assando carne e só. O inconveniente é ficar de garçom, mas esse ano deixei meu chefe lá e fui curtir o rodeio.

Mas hoje, meu amigo.

Nunca na vida trabalhei tanto. Cortei legumes e lavei prato para 300 pessoas.

*PAUSA PARA EU RESPIRAR FUNDO E NÃO RECLAMAR COMO PROMETI, AFINAL DE CONTAS MINHA VIDA NEM É TÃO RUIM ASSIM*

Sei que éramos 7 pessoas no turno da tarde e só 3 compareceram.

Lá para o final, vira nega que estava na organização e dá piti que os pratos estavam mal lavados, sendo que era uma pilha do turno da manhã, não fomos nós que lavamos. EU RI. Ri da pessoa porque me dei conta "mas gente, ela aí na organização, cadê os filhos dela que não estão aqui ajudando?".

Daí vocês podem perguntar "mas Patricia, por que você se prestou a isso?". PORQUE SOU OTÁRIA.

Princesa Isabel já assinou a lei libertando o ser humano desse tipo de trabalho E EU AQUI.

Estava escalada para amanhã também, virei e disse "AMANHÃ NÃO VENHO. BOA NOITE".

- Mas por que você não vem?

- Não me chamo Isaura, beijos.


21 comentários :

Cherry disse...

O povo abusa da nossa boa vontade viu! IHUSHSAIH

Pimenta disse...

Então, já pagou a parcela do carnê da boa vontade!
bjo

Dai disse...

Porque nao fez igual aos outros 4 e deu no pé, sei lá, pra ver vaca berrando do outro lado?
Vidão ein??Lavar pratos, só quando nao tem dinheiro pra pagar a conta.
Se manda..kkk

Beejo!

D. disse...

"Não me chamo Isaura, beijos."

HAHAHAHAHA! Vou usar isso, fato.


Se tem duas coisas que eu odeio são: serviço que não sou paga pra fazer e comparecer à treinamentos/palestras/cursos que NÃO SÃO da minha área.

ODEIO quando me colocam nessas furadas.

Ana Cristina Cattete Quevedo disse...

As pessoas abusam da boa vontade dos outros.
Vcê é muito boa mesmo, eu não iria nem da primeira.

Pam Donato disse...

Patricia,amo vc... já disse mil vezes, mas é q eu me vejo nessas situações e sei q naum teria presença de espirito p dar essas respostas!!!
Então me realizo nas suas!
BJS

E nunca mais se deixe escravizar!

Matheus Vieira disse...

Isso aí.

Arquitetando Palavras disse...

dou maior força!

O TIO SUKITA disse...

"- Não me chamo Isaura, beijos."

ficaria melhor ainda com "go fuck yourself." no final.

YEAH BABY, YEAH!

Dumb disse...

Porra mas COMO ASSIM você foi escalada, forçada, sei lá? Você é concursada, não vão te demitir mesmo #pensamentosimplista

Não entendi hahaha

@paulilinha disse...

Po, gata, disseste uma coisa muito certa!
Te apoio!

HAHAHAHAH, divaa, certíssima!
x)

beijos

Morena disse...

kKKKKKKKKK
Isso aí n vai e pronto!
Incrível como as pessoas sempreeeee reclamam!
Beijos saltitantes
Boa semana

Claudia disse...

Te entendo. Passamos por isso porque somos... "caxias".

Saudações rubro negras. Beijos.

Clau

@maryjoker

Ana Pe disse...

A-D-O-R-O o seu blog!!!!
É a 1ª vez que comento aqui, e nem sei pq não fiz isso antes.
Comecei a ler desde o início pra tentar entender como vc foi parar nessa cidade, enfim, saber um pouquinho mais de vc, mas confesso que desisti lá no meio do ano 2005.
Me divirto horrores com os seus posts.
Você está linkada lá no meu.
Beijos e sucesso

Anônimo disse...

isso, vai treinando este tipo de resposta mesmo. pra da próxima vez, vc já usar antes de ter q se submeter a algo, tipo o dia q vc ia ter q fazer algo relativo ao aniversário de alguém do seu trabalho, sei lá.. que a mulher falou # patrícia é sozinha, patrícia vai#. Do jeito q não tenho filtro, quando escuto uma dessas mando logo:
_ pq não morre?
.
huahauahau adoro.
.
janah.

Cláudia disse...

Boa! Patricia ta vendo aí,assim é que se faz atitude é o foco. Beijão

@raafael disse...

olha, nem falo nada.

só queria dizer que tirei 15 dias de férias e hoje, meu último dia em casa, recebo o seguinte e-mail do patrão:

"tudo bem?
Como foi o seu descanso de férias? está pronto para mais um ano de trabalho?"

MEU CU ROLOU PELA SALA

enfim, nem tinha onde reclamar, já que ele me segue em rede social que eu nem participo ainda, venho aqui desabafar e deixar minha revolta perante minha covardia.

Beeeeijo :*

Sérgio disse...

Meus dedím coça pra comentar, e eu normalmente consigo evitar, pra não me expor à curiosidade de outras pessoas que eu sei que lêem seu blog. Contudo, desta vez faço questão de me solidarizar com você.

É um caso que eu conto sempre: Certa vez trabalhei, não um fim de semana, mas DOIS seguidos. E não era me servindo e vendo rodeios. Era num dilúvio, num lugar cheio de solapamentos que deixaria Angra dos Reis com pena. Só que, no caso, tinha uma barragem de rejeitos de minério, que ESTOUROU, enlameando totalmente a cidade em que me alojei, que era um buraco chamado Miraí (com todo respeito aos miraiaras). Eu viajei, ida e volta, duas semanas seguidas ininterruptamente, dessa cidade para Itaperuna, com mais serviço na chegada. E à noite, tinha que dormir num hotel chinfrim com banheiro coletivo.

Também sou servidor estatutário, só que numa escala abaixo da sua (leia-se executivo estadual). Quando fui pedir meus merecidos bancos de horas (afinal, o Estado não paga horas-extras), minha chefe só faltou dizer que eu ainda estava reclamando de barriga cheia pelo "favor" de ter recebido diárias (atrasadas, aliás). Resultado, não recebi o banco de horas e ainda passei uma idéia de funcionário preguiçoso folgado.

Eu sei bem o que é esse negócio de trabalhar de graça. Nunca mais.

Saah disse...

Aprendi a amar seu blog depremiente! hauhauhauhauhauha

Luciana Almeida disse...

Eu ia comentar esse post, mas graças ao título dele eu não consigo mais tirar o samba enredo que tem essa frase. (Não perguntem como ele entrou no meu cérebro, mas desde ontem o samba está rodando na minha cabeça em modo repeat.) #socorro

Obrigada, Patrícia.

Ana Cristina Cattete Quevedo disse...

hahahahahahahahahahhahahah
eu sempre venho ler os comentários e MORRI ao saber que alguém também ficou com esse samba na cabeça hahahahahahahahaha gargalhadas estratosféricas