terça-feira, julho 27, 2010

não há sossego

– e, ai de mim!, nem sequer há desejo de o ter... (Fernando Pessoa)


A coisa que eu mais acho curiosa é que frequentemente me acusam de fazer drama, quando eu digo aqui ou ali oh-deus-sufro-como-precious e tal. Quando a verdade mesmo, as piores coisas, permanecem guardadas. Seja para evitar a humilhação, seja achando desnecessário que venham chorar a minha vida por mim. Muita coisa a gente passa e segue em frente. Porque a gente sempre segue. Mesmo achando que o problema de hoje é o fim do mundo, no dia seguinte estamos lá de pé, com as mãos na frente para desviar das pedras, mas mesmo assim, de pé. Nunca é o fim do mundo, nem para as coisas mais difíceis. Feche os olhos e tente imaginar a pior coisa que poderia acontecer com você, se esforce e você conseguirá se imaginar no dia seguinte. Em pedaços, mas seguindo em frente. Talvez as coisas tenham saídas bem fáceis e nós é que dificultamos. Por exemplo, vivo reclamando da minha vida, então por que não faço a Leila Lopes, tomo meu chumbinho e adeus mundo? Porque é fácil demais, a gente nunca gosta do que é fácil. É tão cômodo que chega a ser estranho, prefiro o caminho mais difícil, pois ele me gera a dúvida, que nessas horas é melhor do que a certeza, mas nada contra quem opta pelo caminho mais fácil. É como um time da série C enfrentar o Barcelona. Óbvio que vão perder, mas enquanto o apito final não for dado, tudo é possível. Eu sigo em frente com essa sensação de perder antes mesmo de começar a jogar, do outro lado do campo está a vida, e ela sempre foi muito mais poderosa do que eu. Não tenho esperanças. Acho sim inútil lutar. Do fim, eu já conheço a história. Só que enquanto eu não fechar os olhos, continuarei de pé, como quem diz "lutei até o fim, você pode até ter vencido, mas não foi por w.o". Aquela coisa. Seu time perdendo de 3x0 e enquanto o juíz não apitar, não acabou. É esse "não acabou" que é a minha vitória. Vida, tá comemorando o quê? Ainda não acabou.

48 comentários :

disse...

vc me fez chorar :~
me vi em cada letra do post
obrigada :)

Anônimo disse...

Obrigado por existir de todo o coração. Pode ser só um desabafo pra você, mas pra mim é um conforto por não estar só.

Anônimo disse...

Fina.

Luciana Almeida disse...

O que mata é as pessoas julgarem e sentenciarem sem saber da história toda. Não posso dizer com certeza, porque não convivo com você. Mas por tudo o que vc diz aqui, que é o que sabemos a seu respeito, te digo que compreendo o que você sente. E sinto o mesmo. Ainda não acabou. De verdade.

babsiix disse...

Enquanto houver vida ainda há esperança, não é o q dizem?

Claro q eh meio egoísta dizer "isso, continue aqui, vc me faz rir e me alegra com seu blog". Com se a função de alguém fosse nos fazer felizes, e a aprtir do momento q não cumrem o requisito, suas existências n tem mais utilidade.

Mas ó, keep on going

@jumarotti disse...

Oi Renata,

Minha vida não é um horror, e eu nunca cogitei chumbinho nem nada, longe disso..

Mas te entendo quando diz que entra em campo sabendo que vai perder... tem certos pontos da minha vida que eu também me sinto assim... =/


Beijos

@jumarotti disse...

opa... escrevi errado... eu sei que vc se chama Patrícia viu....te leio pelo Reader tem um tempão mesmo...digitei tudo errado pq sou uma lesada.. beijos

Pam Donato disse...

Do seu jeito pessimista, seu post foi mais motivador do q toda a terapia em grupo q minhas amigas tentam fazer cmg! rsrs
Nesse jogo eu tô torcendo por vc Patricia!

'Lara Mello disse...

Te amo, PORRA!

Senhor F disse...

Simplesmente genial.
É bom pra mim saber que não estou só.
Espero que saibas da importância que seus textos tem pra nós, leitores. Sério!

prazer em conhecer.

Paula disse...

Sei exatamente o q é isso ae... bjus querida

Jéssica Amorim disse...

Que linda...

vanessa disse...

ai, amiga.

tô aqui. _____o_____

(e jogando no teu time!)

Heli disse...

Rir, se emocionar, chorar. De tudo a gente encontra aqui. Adoro seu blog. Acompanho TODO dia! Fica bem. Beijos.

Ana Cristina Cattete Quevedo disse...

Pois é, a vida é mesmo um moinho.

Beijo grand e se cuida

:)

Beta, uma mulher em transformação disse...

Q legal isso!!

Tayra disse...

Ahasou...

Anônimo disse...

colega vc é INCRIVEL ñ esttou falando só por causa desta mensagem estou falando por tudo!

@glauarq disse...

Chega a ser estranho quando a gente vem no seu blog e tem um post assim, porque, talvez, tenhamos a falsa sensação de que você é sempre pra cima, sempre ri de tudo, etc. Mas ó, muita força aí! *abraça*

Anônimo disse...

Por favor, não se sinta ofendida com o meu comentário mas você já considerou tratamento psicológico? Você parece carregar fardos tão grandes dentro de si, por que não dividi-los com um profissional? Cuide da sua saúde mental como se cuidasse de uma ferida no corpo.

Rose-MS disse...

Ai caralho chorei.
Desculpa Patricia mas vou copiar e levar pra minha proxima sessão na psicologa e dizer É ISSO PORRA, É ISSO Q EU TO TENTANDO TE DIZER A ANOSSS, TCHAU.
Vou ali seguir em frente.

Marta disse...

Pat,

vc é tudo!

Patrícia disse...

"Vida, tá comemorando o quê? Ainda não acabou"...
Mas essa não sou EU????
Ôôôôô, xará, vc me fez chorar!
Again...
bjo!

Will disse...

Lindo post!

Lari disse...

em uma palavra? sua LINDA!!!

Juliana disse...

Voce não é uma mulherzinha qualquer que decidiria pelo caminho mais fácil.
Com certeza, não.

Mariquinha disse...

Tirou as palavras da minha boca...

Alice no mundo de vidro disse...

ainda não acabou :DD

Patricia disse...

Melhor sorte amanhã. E sempre.
Por mais fundo que um buraco seja, é bem provável que um dia ele chegue ao fim. E mesmo que demore pra subir (ou nem consiga, né?), pelo menos estabiliza...
Se precisar de companhia no Rio em agosto (mas nem deve), certamente haverá muita gente disposta a encontrá-la...

L. disse...

Patrícia,

Nego aproveita que não tem câmeras em streaming na internet para exercer toda a escrotidão e a pequenez. E é incapaz de perceber que a gente usa, sim, a internet para expulsar todos esses demônios que urram na nossa frente a porra de todos os dias - e a gente tem que engolir. E chamam de drama, de caô, de sei lá o quê - agora, quero ver nego passar tudo que você passa e não reclamar. E não chorar. E não sair gritando aos altos ventos.

Enfim. Era apenas para dizer: cara, também tem gente que tá do outro lado do computador torcendo para que um dia você não tenha que lidar com tantos demônios e possa ter uma conexão decente, uma cerveja gelada e um ar-condicionado geral ligado eternamente.

Duda disse...

Minha querida, a vida é dura pra quem é mole, vc é mole? ñ, vc na maioria das vezes faz piada da situação, vc tira sarro,msm que só aki, de quem tenta te derrubar. É racional e ñ tomou veneno. rs

A vida é dura? é, mas eu sei que deve ter algo de bom na tua vida, e se tu ñ vê nada agora lembra das tuas qualidades,como determinação e relativo bom humor, e dos amigos que tens.

"... é melhor ser alegre do que triste, a alegria é a melhor coisa que existe..."

Ser feliz ñ é sorte é opção. vai à luta.
torço por ti.

Anônimo disse...

É o drama da vida (su)real.


Obs.: não implique com os anônimos!

Keith Melo disse...

Eu me arrepiei com o seu texto e fiquei com os olhos cheio de lágrimas, sei como é se sentir assim.
E é por me sentir assim que todos os dias volto ao teu blog.

Carla disse...

Darlin',
Você é ótima. Não me canso de repetir.
Beijos.

Natalia disse...

Hoje eu li este texto (http://www1.folha.uol.com.br/colunas/helioschwartsman/774275-piada-de-mau-gosto.shtml) e me ative a este trecho: "Quando uma pessoa troça moderadamente de si mesma (nesse gênero, as pilhérias nunca são aniquiladoras), ela sinaliza que está disposta a diminuir um pouquinho a si própria para obter a cumplicidade do outro e rirem juntos. É, como diria Woody Allen em 'Play it Again, Sam', o começo de uma bela amizade". Você deve ser uma ótima amiga. =)

Niseloka disse...

tbm falo sempre isso, enquanto o tempo não acabar tudo pode acontecer....

Fernanda disse...

Sua coragem em lidar com seus espinhos me faz te admirar sem nunca ter te visto. Mas ao mesmo tempo, me passa a pessoa sofrida que você é.
Mas neste texto é como se você cantasse aquela música do Fábio Junior:

Busca

Estar sozinho é um caminho pra esta busca
Que quando ofusca é porque eu não sei como agir
Fugir não aceito, nem meu peito aceitaria
Durante o dia coração é pra sorrir
A noite vem, eu sei que é muito mais difícil, É feito um míssil, em pleno céu na noite escura
E esta procura é eterna dia, noite e madrugada
E não há nada que dissolva esta tortura, nada
E o coração se encanta por toda pessoa
Que numa boa, saiba como me tocar
Porque ele sabe que precisa de carinho

Também preciso, mas não quero me entregar
E eu não me entrego, porque eu nego envolvimento
É só o momento não é tão sério pra eu pensar
Que esta vez será pra sempre vai dar certo
Porque o deserto é meu e eu vou atravessar
E atravessando eu vou encontrar uma cidade
Onde a felicidade irá me procurar
Porque ele sabe que eu já procurei por ela
e essa pessoa, essa mulher vai me encontrar...

Parabéns!!!

bia_martins disse...

Sempre venho aqui pra rir um pouco e me identificar,gosto muito do seu blog. Mas dessa vez você disse tudo que eu precisava ler hoje. Obrigada? Beijo.

Ana Laura disse...

Te acho o máximo. Estava conversando com uma amiga minha, que por sinal também lê o seu blog e isso foi uma coincidencia, ninguem indicou pra ninguem, e nós chegamos à conclusão de que agt queria ser muito rica pra te pagar um bom salário e vc ficar o dia inteiro escrevendo no blog. Sou leonina e me parte o coração saber que a principio vc não se identifica comigo como me identifico com vc. Tambem moro sozinha, meus pais moram em outra cidade e eu daria uma perna pra ter algumas coisas e pessoas de volta. Pior, moro com a minha prima e eu não posso nem criar a porra do gato que meu namorado me deu porque ela resolveu ser pau no cu. te acho um super talento disperdiçado, ou nao, ainda tem muita coisa pra acontecer nessa vida..

Ana P. disse...

Você fode com alguns dos meus pensamentos em poucas palavras.

Te admiro.

Anônimo disse...

Este ano estou passando por um momento muito ruim de vida. Não aconteceu nada...não perdi emprego, não perdi ninguém e não estou doente. Mas a soma de todos os meus fracassos simplesmente começaram a pesar demais. E eu faco exatamente como você: faço piada, conto as coisas bobas que dão errado. Mas no fundo, aquilo que me faz sofrer mesmo, eu guardo para mim. Seria humilhante demais contar para as pessoas TUDO que eu já passei. Melhor deixá-las pensando que eu tô fazendo drama quando conto as coisas pequenas. Esse seu texto descreveu com perfeição alguns dos meus sentimentos "Eu sigo em frente com essa sensação de perder antes mesmo de começar a jogar, do outro lado do campo está a vida, e ela sempre foi muito mais poderosa do que eu." Perfeito. Mas estamos aqui né? Tomando na cara, mas aqui. Vou guardar este texto para sempre!

Beijos, parabéns pelo blog todo e por sobreviver. Sempre...apesar dos pesares.

Ego. disse...

AINDA NÃO ACABOU, AINDA NÃO ACABOU...deixa isso ecoar! rsrs...

*Nossa cm tem gente que leva tudo ao pé da letra, vamos praticar a leveza peoples!!!

**Muito bom, adorei o post!

Saaaaah. disse...

não ganhou por w.o, porra. nem comemoraa.
;D
Eu sempre agradeço pelo que os seus posts fazem comigo. Não vai ser diferente hoje.
Brigada. (:

Jac. disse...

O problema das pessoas é sempre pensar que a dor do outro pode ser relativizada. Ninguém tem o direito de te acusar de fazer drama por reclamar de uma unha encravada que seja. Concordo com tudo que você escreveu, é clichê master, mas só perde mesmo quem desiste.
BJO

gabi cesar disse...

Você é a dona da história, sempre e sempre, porque é a porra da SUA história.

Lusinha disse...

E temos que ter essa força, essa esperança até o fim. É isso certamente um dos fatores que me ajudam a ficar de pé e levantar no dia seguinte.
Bjitos!

Rick disse...

Eu não iria comentar nesse post...
Estou lendo seu blog a horas (o sitemeter tá aí pra comprovar!) e quando terminasse deixaria algo no último post...
Mas não resisti!
Tá, tua vida deve ser mesmo uma merda e tals... E você deve ter uma monte de coisa muito pior que nem conta por aqui...
Mas porra, de duas uma: ou me aceita pra fazer parte deste time de terceira divisão, visto que sou um tremendo perna de pau e cairia como uma luva nele, ou então, acho que, sinceramente, a vida perdeu, está perdendo e vai perder!
Por que? porque você está aí, está de pé, tem uma porrada de gente que te ama e que te admira e não arredou o pé do campo!
Não perca o seu tempo lendo meu blog, ele é o oposto do seu e te causaria náuseas...
E quer saber?
Pau no seu cú!
Continuarei vindo aqui, te lendo, rindo, divulgando, enfim...
Sei que pra você esse meu comentário é apenas mais um, isso se não for pior, se não eu não for, na sua avaliação, o rei dos babacas ou coisa assim...
Não me importo!
Mesmo!
Você acaba de ganhar (mais um!) fã e seguidor!

Beijos!

joy disse...

postagem foda do caraleo.

acredita q essa frase do Livro do Desassossego é meu wallpaper do celular?
o livrinho dos inferno de bom, ne...
(percebeu q to lendo seu blog todo? quem não tem vida agora?)