quarta-feira, junho 16, 2010

socorro, me salvem desses monstros

Escuto essa coisa de bullying na infância e adolescência e não entendo muito. Porque quando eu era mais nova, se nego viesse de graça me chamando de gorda, eu diria:

JURA? NUNCA TINHA REPARADO QUE SOU GORDA. TÔ CHOCADA.

Nego nunca cresceu nas minhas costas.


Daí você cresce, começa a trabalhar e nego te obriga a ir em palestra de alimentação saudável. Não é o tipo de coação sarcástica, mas não deixa de ser sim uma coação. Uma palestrinha aqui, uma maçazinha oferecida ali e tal. Passou um tempo, pensei que tivessem desistido, eis que semana passada contrataram um professor de aeróbica para nos dar aula às 8 da manhã.

Nem entro no mérito da minha gargalhada homérica quando me contaram "começa ÀS 8 DA MANHÃ". Hora em que ainda estou grogue e me entupindo de café na copa.

Por deus, sabe. Isso não pode ser verdade. Eu hoje com nego me chamando "vamos lá, você mais do que ninguém precis...", e eu pensando MAS GENTE, SERÁ QUE ROLA UM PROCESSO POR CONSTRANGIMENTO NO TRABALHO?

Será que ando fazendo vergonhas feito alcoólatras e drogados e não estou percebendo? Porque só assim para justificar nego insinuando que eu devo PARAR. Nunca roubei comida de ninguém no trabalho. Nunca comi enquanto estava atendendo alguém. Nunca, sei lá, larguei o meu posto e fui na padaria comprar um sonho. Nunca vendi minha televisão em troca de uma maria-mole. Eu tenho limites.

E digo mais, se eu sou gorda, não é nego me chamando para me exercitar que vai estalar algo aqui dentro opa-preciso-emagrecer. Tenho trocentos amigos que fumam e por algum acaso eu fico "gente, vamos ter consciência, olha o câncer"? Mas enfim.

Nisso vem o professor de aeróbica, Sue Sylvester, pela milionésima vez, "você não tem aparecido nas minhas aulas".

- Amigo, espera sentado que eu tô indo.

Daí ontem uma amiga me chamou para buscar uma conta de água não sei onde. Sei que andei horrores e ela "você não se preocupa com a sua saúde?".

- Olha, se eu me preocupasse, não pesaria uma tonelada.

Mas adianta falar? As pessoas me tratam como se eu fosse o Rafael Ilha da obesidade.

Só por hoje.

37 comentários :

Thiago disse...

Olá :)
Eu sou gordo desde os 9 anos de idade não sei por que motivo parece que isso incomoda as pessoas, compartilho da mesma opinião quer você, nego fica em cima enchendo o saco como se ser gordo fosse um crime, quem vai ter complicações de saúde sou eu, o pior é ver gente que tem comportamentos mais ou tão arriscados quanto minha alimentação nada saudável querendo dar lição de moral.
O povo não entende que se existisse uma escolha nós escolheríamos nos encaixar no padrão de beleza da sociedade, as pessoas vem o gordinho como "o sem vergonha que não emagrece por que não quer" não é bem assim, todos queremos ser belos e desejados mas é difícil, comer é tão bom e se exercitar é tão ruim, em alguns casos extremos ainda pesa a questão hormonal (Que eu acho que é o meu caso, to esperando os exames) mas é isso ai, queria não ser gordinho, mas já que sou vou aprendendo a lidar com isso da melhor maneira possível, e quando veem me encher o saco eu solto um "tá preocupado por que? quando eu como,VOCÊ engorda? não né, então deixa eu ser feliz!"

Fran disse...

Nossa, sei exatamente pelo que vc passa pois estou na mesma situação, a diferença é que aqui na empresa não tenho como escapar da tal 'ginástica laboral'. E pensa, vc ainda pode se entupir de café na copa, aqui até o café cortaram :(

E Pow, mania que o povo tem de fica querendo dar palpite como se a gente não tivesse espelho. Nunca cheguei pra um careca perguntando se ele nunca pensou em fazer tratamento :S

Pior os que vem e falam, "vc tem o rosto tão lindo, pq não faz um regime. Ahhh ta bom... se conselho fosse bom seria cobrado e não dado.

Bom, melhoras pra vc e boa sorte nas escapadas da ginástica matutina rs..

Cynthia disse...

As pessoas se preocupam com o seu peso e com a sua saúde por gostarem de vc!
Acredite, elas realmente acreditam que estão fazendo um bem ao oferecer estas dicas e fazer estes comentários!!
Sei que é uma bosta ouvir esses "verdes", mas tenta não lavar tão à mal e nem tão à sério.

PS: cada vez mais, estou ficando sua fã!!!

Luciana Matos disse...

Depois a gente solta porracaralhoputaqueopariu larga do meu pé, nego ainda diz que a gente é grosso, aí não é mais gordo, é grosso, que no fim das contas dá quase no mesmo, né? rs!

Cara, tu é a melhor. Teus textos, são ótimos. Só digo "issos" bjo!

Mel disse...

é como dizem, ninguém duvida que a magrela que come até morrer não engorda, mas o gordo que diz que não come muito e não emagrece é mentiroso!

sempre fui gordinha, sempre comi muito bem e sempre fiz exercícios.. algumas coisas estão fora do nosso controle, e a sua saúde é você quem cuida! Pelo menos obesidade mata aos poucos, pior é nego atleta que inventa de pular de bungeee jump e a corda arrebenta!

adoro este blog!!

@raafael disse...

Viva a dieta da felicidade!

Criis Ribeiro disse...

Poizé eu sofro com isso dentro de casa acredita?
Sempre pratiquei esportes, me alimento razoavemente bem, não como o tempo todo, porém, digamos que sou 'fofa'.
Não me acho gorda. Mais meu pai me lembra isso todosantodia!
Meu unico problema é me alimentar fora de hora, e como a colega Mel diz: o gordo que diz que não come muito e não emagrece é mentiroso!
Ahhhh váááá exú corredor!
apaporra!

Tô nem aê!

Tem muita gente querendo apertar a fofinha! hehehehe

E viva a diferença!

\o/

Thiago disse...

issae, viva a diferença!
para quem quer viver melhor sendo fofinho ou fofinha recomendo o www.papodegordo.com.br

Lydia Llewelyn disse...

srsrs relaxa mlr, i num é assim mesmo..
tem gente que se mete na nossa vida, oupensa que agente precisa de ajuda, ou etc relacionado...

Deixa os ouvidos interligados, entra em um e sai em outro..

Robson Assis disse...

Uma merda isso de nego não-se-conformar com o que acha errado na vida dos outros. DOS OUTROS!

Foge desses malucos.

۞ Sol disse...

HAHAHAHAHHAA!!!! Belo post. O que rola é que as pessoas influenciáveis pela aparência e pela maioria preocupada com imagem não compreendem que existe gente preocupadas com coisa mais importante do o número das calças. Tenho dó desse povo...

۞ Sol disse...

Porque é um puta duma enganação esse papo de saúde. Nêgo que é ficar um monte de ossos que nem top, ou saradão como galã de TV. O cérebro ninguém se preocupa em malhar.

soumenina disse...

Eu tb acho um saco esses tipos de comentários. Eu não sou gordinha, mas se açmoço com alguma amiga e opto por comer uma sobremesa ela sempre se espanta.
Ah, vai para PORRA pq eu tô puta e mereço comer meu DOCE.
Esse povo é chato bagarai...

sou sua fã, passo todo dia aqui

Bjs

Lua Nova disse...

Affff... esse mundo tá cheio de gente que segue aquela máxima: façam o que eu digo, mas não façam o que faço.
O jeito e ser confortavelmente surdo e displicentemente cínico.
"ninguém duvida que a magrela que come até morrer não engorda, mas o gordo que diz que não come muito e não emagrece é mentiroso!" Isso é absolutamente verdade, portanto, é uma questão de preconceito, de cultura, pra não dizer ignorância.
Vá me visitar e tomaremos um chocolate quente e delicioso.
Beijos.

Daniela Pedrinha disse...

Eu não sou obesa, mas tb não sou nenhuma magrela, estou acima do peso e quer saber? Assim como vc eu cago pra quem "pensa" que preciso emagrecer... meu noivo não reclama e ainda me diz mil vezes como me acha linda e gostosa. Vou me preocupar com o resto? :)

Só fico triste de ver minhas amigas gordinhas neuróticas pq TEM que emagrecer, pq se não fizerem isso não terão ninguém, serão infelizes e etc..

Tayná disse...

eu faço parte das "magrelas que comem até morrer e não engordam", e, pode ter certeza, já sofri mtas zoações!!! Não sei pq o povo se preocupa tanto em apontar os "defeitos" dos outros... sabe, ñ fico falando pra fulaninho q ele tem dente amarelo, ou pro beltrano q ele tem mau hálito...

já foi o tempo em q eu ficava estressada com isso, e tb com nego me falando "nossa, vc tá mto branca! ñ vai à praia?"... escrevi sobre isso uma vez no meu blog: http://blog-da-tayna.blogspot.com/2009/07/racismo.html

Mas enfim!!!!!!! É um saco esse povo chato!!!! Sejamos como somos, seja qual for o jeito q somos! Magros, gordos, branquelos,... basta sermos felizes com nós mesmos! e não encham!

Dee disse...

A Cynthia tava falando sério ou eu tou meio lerda e não detectei o sarcasmo? O.o

Porque tipo, dizer que isso é preocupação... Me engana.

Cynthia disse...

Dee,
Não foi sarcasmo não!!
Eu tenho essa mania de acreditar que as pessoas são boazinhas ...
Mas não se preocupe, eu sou meio lerdinha, mas acabo percebendo a sacanagem.
Bj!

Leels disse...

Foda-se. Quem sabe da minha vida sou eu.
E é engraçado, né, maioria das pessoas adora chapar o coco, coisa que faz tanto mal quanto comer demais, e ninguém fica dizendo 'maneira aí, olha a cirrose'.
Odeio que me digam o quê/quando/como fazer.

Rosana Tibúrcio disse...

Eu concordo com Cyntia sobre uma ou outra pessoa querer o seu bem realmente, mas o resto, a maioria, fala cuspindo bosta pela boca... nem disfarçam que se incomodam mais com a nossa gordura do que nós mesmos.

Outro dia vi um sujeito que não via há 10 anos e ele, claro, me achando bem gorda, pensou que me agradaria dizendo que eu havia emagrecido, desde a última vez que nos encontramos.
Emagrecido o cu dele, porque de 10 anos pra cá eu engordei mais de 10 quilos, e só não vê quem não quer, pois estão todos na minha barriga.

Na verdade, isso de nego se preocupar com nossa vida é um porre, quero ver nos consolar no choro do banheiro (é onde eu choro... hehe).

Nossa, meu comentário foi um post, desculpe-me, mas esse assunto tem o dom de me tirar do sério. Já fui muito magra (adorava, confesso), mas nunca torrei o saco de gordo.

Aline disse...

olha, dei uma gargalhada alta de Sue Sylvester. hahahahaha

Senhor F disse...

HAUHAUAHUAHAHAUHAU

Também nunca vendi minha TV por maria-mole
Mas confesso que gasto o dinheiro que deveria pagar a passagem do ônibus com refrigerante

Dee disse...

Hahahahaha, então tá né, Cynthia. :P

Eu sou o contrário: mesmo quando elogiam, acho que estão fazendo média, que no fundo no fundo tão é dizendo: "pff... garota que não se enxerga!", porque né, QUEM se preocupa verdadeiramente com os outros hoje em dia?

Acredito em alguns membros da minha família e só.

Anônimo disse...

Na hora em que o Sue Sylvester te intimar de novo para as aulas, tire uma barra de chocolate da bolsa, de uma mordida e ofereca ao cidadao. Eita povo chato, viu!

Mexican Girl disse...

Gente, estou abismada com os comentários feitos aqui, mesmo.

Okay, então temos um mundo repleto de ce.ru.ma.nos dumal que falam esse tipo de coisa pra te colocar mais pra baixo que o normal. Sim, porque normalmente não estamos felizes e nem em paz quando um Exu Saltitante desses aparece.

Mas tenho de defender as pessoas que nos amam, ou mesmo que se importam. É raro pracaray, mas existe galera.

Eu mesma ja fui magérrima, e gordíssima, hoje estou em boa forma. Ja fui zuada ? Deveras, mas isso não mudou o que eu tinha em mente.

Acho que ser feliz é o que realmente importa, mas, quem é feliz sem saúde ?

Não estou pregando leis da boa alimentação ou exercícios, e nem exortando à Macarronada da tia Porpeta com almondegas de bode, e ao culto do Sunday duplo de calda quente.

Acho que, como tudo na vida, não é só uma questão de escolha, como também de controle e bom senso. Não quer malhar ? Ok, não malha ... mas manera no que come, pra depois não ser um dos defuntos jovens do mundo que terminam mijadinhos - infarto do miocardio. - e se não quer comer, não come, mas também manera na quantidade de atividades feitas, pra não acabar morrendo como um somaliano - Inanição.

Sabe gente, ser gordo, magro, meio termo, sarado e etc é uma questão pessoal. Saude e felicidade é o que importam, e elas não são medidas em quilos !

gabriela disse...

Oi, Patrícia!

Gosto muito de ler seu blog e sempre estou por aqui, acompanhando o que você escreve. Leio e fico caladinha, mas com uma sensação de quem busca palavras e não encontra.

O fato é que, final de semana passado, até sonhei conversando contigo. Não lembro o diálogo exato, mas a razão do sonho deve ter sido essa: minha vontade de falar com você.

Não sei bem o que falar, nem como fazê-lo, mas isso que eu queria dizer tem a ver com essa minha sensação-crença-certeza de que: as coisas podem ser diferentes. Dá pra gente ser feliz nesse mundo, mesmo sendo ele assim desse jeito, tão cheio de remendos, quedas, problemas. Dá pra gente se construir, mesmo que leve tempo; dá pra melhorar; dá pra chegar "lá onde se quer chegar"; dá pra viver; pra ser feliz; ter paz, mesmo quando se está cercada por problemas.
Se eu tivesse um pouco da tua habilidade com a escrita, talvez eu conseguisse me expressar melhor. Talvez até eu conseguisse dizer isso que eu sinto-acredito, sem parecer uma boba assim, uma Pollyana ingênua sem qualquer crédito pra falar sobre coisas da vida.
Desculpa se a mensagem tiver ficado presunçosa. A idéia não era essa, não era dizer como você poderia viver uma vida que É SUA, mas deixar registrada essa possibilidade: da busca de um novo jeito, nova forma, novo caminho. A vida pode ser bonita; ela é bonita e vale a pena. Você merece demais ser feliz, Patrícia.
Um abraço da leitora,
Gabriela.

bonsaidecanella@gmail.com

Bruna disse...

Sério mesmo Mexican Girl?? Se seu conselho fosse bom vc estaria milhonária né??

É tão fácil mandar os outros comer menos, "Não quer malhar ? Ok, não malha ... mas manera no que come"

Vai dar meia hora de ** que vc já estragou minha manhã!!!

E Paty, suuper te entendo, morreremos gordas felizes e comendo!!!

Anônimo disse...

Claro que você pode processá-los, de certa forma, estão "obrigando" você a emagrecer. Isso é um tipo de discriminação. Nenhuma empresa, pública ou privada, tem esse direito. Da mesma maneira que não se deve exigir boa aparência na hora da contratação. Mas infelizmente, a lei, quase nunca, é respeitada. É bom você procurar um advogado pra te orientar melhor.

b. disse...

Então, Bruna, querida, se merda fosse tão bom - quanto a merda dita por você - não existiria separação dela com a água, pra última poder ser aproveitada.
Interpretação é uma dádiva, e como dito no comentário na Mexican Girl "Saude e felicidade é o que importam, e elas não são medidas em quilos". Se o comentário estragou a sua manhã, isso é um problema seu. Acredito que falarem que você vai morrer de obesidade ou de inanição que vai mudar algo, se você tiver feliz com o seu peso, isso que importa. Se não tiver, vai ter a sua própria neurose e os métodos pra perder - ou ganhar. Bancar a louca do cu não vai mudar o que pensam sobre você. Devia se importar mais com o que você mesma pensa, colega. Aprenda algo com as palavras do blog que você lê.

Jackeline Mota disse...

Nego é hipocrita. Eu como so porcaria mas sou magra, dai ng me da lição de moral. Comer mal pode ne? Magro nao tem infarto porra! Povo burro...

Juliana Dias disse...

Minha querida, semana passada na academia, uma cara morreu na minha frente depois que desceu da esteira. Ele malhava religiosamente há dez anos!!! Não fumava e nem bebia. Fiquei pasma e ver aquela cena. PASMA! Depois disso, não sei mais o que é certo ou errado!

Beijos!

Mari B. disse...

Sue Sylvester HAHAHAHA

Jul disse...

Adoreei esse post! Tô contigo e não abro! Odeio nego que quer se meter onde não foi chamado ...

alice disse...

cara, quando nego vem pra cima de mim com esse papo de saúde eu tenho vontade de meter o porradão... me deixa em paz, ô caralho!

quem vai morrer com manteiga saltando pelos olhos não sou eu? então vai te foder, buceta!

like you said: não to vendendo o meu corpo cheio de banha em troca de comida, tô? se tá todo mundo comendo a porra da sobremesa, eu vou comer tambem, não importa se nega pesa 50 kg e se acha uma BALEIA (sempre tem uma filha da puta que se mata na academia até fazer hemorroida e fica andando por aí dizendo que tá uma baleia)

e a galera que fica falando mal de gordo PERTO de vc pq acha q está sendo sutil? sério, sensibilidade mandou um abraço

Anônimo disse...

Porra.. é foda mesmo.
.
Meu marido é gordo, saca, tipo, pesa 170. Eu acho ele lindo, já conheci ele gordo, casei com ele assim (nem tanto, mas já era gordo).. e tipo, nego tem uma necessidade de ficar me questionando quando q ele vai emagrecer, quando q ele vai entrar numa dieta... Porra, eu q dou pra ele, não tô nem aí.. pq nego vai estar? ele se conscientiza q pode ser perigoso, q tem histórico ruim na família (diabetes + hipertensão). eu sei, mas eu não fico enchendo ele, pq sei o quanto é chato. Já estive acima do peso, nunca fui gorda, mas pro q eu faço, me chamavam de gorda(sou bailarina).Daí entrei numa de "por mim mesma", emagrecer. Estou feliz com o meu peso, mas isso foi um processo interno. Já estive acima do peso, sei como é chato as pessoas falando do seu peso, AMO COMER, E COMER MUITO, ATÉ PASSAR MAL.. rsrs Se eu vou p/ 1 rodízio japa, deixo o salmão em extinção.
.
E odeio q me mandem parar de comer. eu só penso em gasolina e fósforos na pessoa q me diz isso.

Beta, uma mulher em transformação disse...

Rafael Ilha da obesidade.... rrsrs

ri muito.

Esse ano eu descidi largar tudo.
Academia, bicicleta, dietas.
Dane-se, resolvi engordar um pouquinho.

Anônimo disse...

Olha gente, esse negócio de chamar o cara de fofinho, gordinho e debochar eu sei como é. Sinceramente não me acho gordo, estou acima do peso, sei disso e estou fazendo caminhadas e controlando a comida. No entanto, o pessoal fala como se eu não fizesse nada e ficam debochando. Tenho 1,65 e peso 74 Kg. Para min até pode ser estar acima do peso ideal, mas ficar pegando no pé já é demais. Vão pro inferno esses babacas!