sexta-feira, junho 18, 2010

arte

Sempre acreditei que a obra é mais importante do que tudo. Não me interessa a sua vida, os seus amores, as suas crenças, os seus crimes. Eu só quero a obra. A arte. Apenas ela é importante.

Uma vez li que depois da queda do Hitler, acharam uns quadros dele, pintura. E daí QUEIMARAM, na vibe "se é do Hitler, é ruim". Lembro que choquei quando li essa matéria, porque vai que ali você tinha um novo Velázquez? Então, queimaram tudo e pronto, ninguém nunca vai saber.

Caguei se Michael Jackson era pedófilo mesmo ou só doente com síndrome de Peter Pan, mas me interessa muito um cara que revolucionou a música.

Dizem que Picasso batia nas mulheres, nas filhas etc. CAGUEI.

E para se ter ideia de como a arte é maior, foi com um ateu, José Saramago, que a atéia aqui aprendeu a dar valor a Jesus Cristo. Claro que não de uma forma religiosa, mas mesmo assim, foi lendo O evangelho segundo Jesus Cristo que pensei: pra esse JayC eu bato palmas.

- Quando chegará, Senhor, o dia em que virás a nós para reconheceres os teus erros perante os homens.

17 comentários :

@paulilinha disse...

Você tem muito o dom de expressar o que eu também sinto, sobre várias coisas/situações.

Inclusive a do Saramago, MJ e tal.

Beijos

=*

Raymara Milhomem disse...

lindooo dms *-*

Lua Nova disse...

rsrsrsr... uma homenagem original, a melhor que vi em todos os blogs que naveguei, inclusive o meu. Você foi brilhante.
Um fds sensacional pra vc.
Beijos.

Marcos Satoru Kawanami disse...

pode ser que, lá nos fundilhos, Hitler tinha alguma coisinha boa: era um pintor bom?

o que significa Pulp Fiction? e trata do quê?

Cris Cavaletti disse...

O Hitler aumentou a economia da Alemanha em quase 120 ou 320% também,rs (acho que li isso no meu livro de história,achei curioso).
E JayC mandava muito mesmo!Sou católica,mas só depois de ler o novo testamento da Bíblia foi que entendi que cabeçudo que era esse cara!

Mexican Girl disse...

Papo 10 que esse post diz tudo o que o mundo devia parar pra ler. Mano, o que você é, o que gosta, como faz ... nada disso importa. A sua colaboração para a sociedade, seja através da ciência, economia, ou arte, é o que deve valer !

Ok, o hit fo-deu com os judeus, mas fez a Alemanha crescer, e talvez tenha sido um excelente pintor.
Não tive a oportunidade de ler Saramago, ainda, mas já li Cardec, e foi com ele que aprendi a respeitar as diversas religiões e suas diferenças.

Sério Diva, a cada dia, mais ciênte de que, se você se candidatar à presidente, tem meu voto -Q

Quéroul disse...

:ó(

e evangelho segundo jc é pura inspiração divina.

go, José. :ó)

Monika disse...

Desculpem as crianças acima mas, Hitler não aumentou a economia da Alemanha em nada, visto que os dividendos da guerra a qual Alemanha perdeu levou tudo pro buraco e deixou a Alemanha na merda quer dizer, os cidadãos alemães. O que fez a Alemanha se levantar foi o plano Marshall. Ah! Ele era um pintor ruim mesmo pois, foi rejeitado pela Academia na época mas, nem todas pituras foram queimadas: em 99 algumas foram leiloadas...

Saramago era o cara, segundo minha filha, professora de literatura,
vou pelo discernimento dela!!!

Ana Néca disse...

assino junto. CAGUEI!!
Adorei! :)
Bjs

Anônimo disse...

Mexican Girl: Não conhece Saramago mas leu "Cardec".
Sabe tuuuddooooo heim fía!!!
AHHHHHHHHHHHH POORRR FAVOOORRRRRR!!!!!!!!!!!
É Kardek. E Saramago nada tem a ver com as calças.

Rafael disse...

hahaha, adorei o comentário da mexican girl.

Veruska disse...

Saindo do contexto, Hitler era mesmo um pintor ruim, frustado, e a rejeição que sofreu na Academia moldou muito sua personalidade. Não perdemos nenhum Velasquez...
Mas fecho com vc, também não ligo para vida pessoal, só a obra me interessa.

Dee disse...

Não consigo separar o pessoal do "artístico", é mais forte do que eu.

Mexican Girl disse...

Sabe, adoro as pessoas que vem comentar sobre o que eu comento. São sempre tão educadas e inteligentes, e muitas vezes, cheias de interpretação de texto. Uma lou-cu-ra.
Dá proxima vez que quiser falar algo sobre o que eu sei ou não, identifique-se, e aceite as réplicas como pessoa, ou animal, que me parece mais adequado. No mais, Anonimo, dê-pro-motumbo.


Quer falar de mim, fale, nem ligo. Mas entenda primeiro o que eu digo, antes de falar merda. =*

b. disse...

Se eu for pro chat roulette, que tem 99% de nego mostrando o pau, ainda considero que seja mais construtivo do que os comentários do tap sobre os outros comentários.
Estilo literário é uma coisa, aprender com uma obra é outra.
Citar várias coisas sobre mudanças no meio em que vive e depois um exemplo não quer dizer que o fulano em questão fez tudo isso. Interpretação tá gritando em uma tentativa de mandar lembranças.

Cacau disse...

Simplesmente paguei pau pro jeito como escreve. E olha que já curti só de ver o nome do blog, daí vim dar uma conferida nos textos e concerteza eles não deixam a desejar.
Não vou negar que quando curto uma coisa [arte,música, livro, filme] eu procuro saber a história de quem o fez, mas mesmo se eu não curtir a história não vou deixar de curtir 'a coisa'. Afinal sou curiosa, mas tapada a esse ponto, é sacanagem consigo mesma.
beijos e parabéns!

Alice no mundo de vidro disse...

Dizeeeeem as más línguas que foram os próprios nazistas que queimaram os quadros do bigodinho, pq, na sua grande maioria, eram quadros eróticos de homens. ops =X e, meio que, os nazistam matam gays, entao nao seria muito legal, se todo mundo soubesse que o bigodinho era gaaaayyyyzzaaaaço tbm xD

beijudos.