quarta-feira, maio 12, 2010

essa família é muito uniiidaaa

Sabe o que é foda? Ter alzheimer e não levar o note para viagem, mesmo sem internet, podia rolar de escrever os detalhes, mas agora já esqueci a maioria.

A viagem de ida entra no top 5 piores viagens da vida. No Mato Grosso, sempre compro a poltrona 23 que é para nenhum homem sentar ao meu lado, já que cabra macho não compra a 24. Brother, nego cagou nesse esquema e sentou um homem OBESO comigo, visualizem Dona Redonda e Jô Soares viajando lado a lado. Desconfortável e constrangedor.

Como tudo sempre pode piorar, uma criança exorcista vomita o ônibus in-tei-ro. Gente, sério, INTEIRO. Os pais não dão dramin para a monstrinha e ainda entopem de comida e danoninho, é de fuder. Nem disse nada, porque estava na janela escutando minha Lady Gaga e o vômito não chegou aos meus pés. Se chegasse, nego ia ver a procuradora aposentada em ação. Mandei ter filho? Daí a gente fala isso e "Oh, que horror!", MANDEI TER FILHO, CARALHO? Nego quer botar exorcista no mundo, a escolha é dele e não minha, não vem vomitar no ônibus, sabe. Toma um draminzinho, toma um meio rivotril e pronto, taí uma criança apta a viajar. Aí tem a história de não-pode-dar-remédio-assim-pra-criança, mas vomitar tudo pode, né?

Em Minas, tudo normal como sempre, minha família continua louca e brigando por tudo. Altos bafões. Dois tios meus, CINQUENTÕES, arrumaram umas mulheres mais novas e vão ser pais. E olha, dou meu cu na esquina se forem deles, mas quem sou eu? Nem me meto. Nego quer acreditar que todo fudido de doença, vai conseguir engravidar de primeira, beleza, seja feliz aí no otimismo.

Uma tia minha, CINQUENTONA, traiu o namorado de 25 anos e agora está com um de 18. Neymar é homem feito na frente do moleque. Achei digno. Ela botou a família toda do garoto para morar em uma casa, que em princípio deveria rolar um aluguel a ser dividido com os filhos, estão todos putos sem o aluguel.

Minha vó está bem mal, um pouco complicado ver uma mulher que sempre foi tão independente dos outros (inclusive emocionalmente) ser tão dependente agora no final da vida. Teve uma hora lá que foi a definição da minha família. Minha vó chorando, de repente ela pára e começa a dormir (muito já fiz isso, chega uma hora que você se cansa de chorar e desiste), duas tias LOUCAS acharam que ela estava morrendo e se de-ses-pe-ra-ram, "LIGA PRO SEU TIO, ELA ESTÁ MORRENDÓAM, AI MEU DEUS, AJUDA!". E eu, gente, ela está dormindo. "CALA A BOCA, VOCÊ NÃO VÊ QUE ELA ESTÁ MORREEEEEENDOOOOOOO?". Minha vó abre o olho, faz um gesto com a mão, tipo "suas pau no cu, me deixem dormir". Gargalhei.

16 comentários :

Hellen disse...

Carai, isso é muito foda.
Pelo menos a sua família é doida explícita, a minha gosta de viajar no mundo das conspirações e organizar reuniões às escondidas para discutir se Fulana merece ou não ter o carro que, pasme, ralou 18 anos num emprego de merda pra comprar ou se o namorado da outra vai pedi-la em casamento daqui a 3, 6 ou 9 anos. É mais ou menos nesse naipe.

disse...

HUAHAUHAUAHUAH!

morri de rir.

familia engraçada.

Juliana Dias disse...

Escreve um livro. Venderia muito. kkkkkkkkkk

beijão!

Morena disse...

kkkkkkkkkkk MIACABEEEEIII de rir aqui!!! Como pode esse mundo dar tantaaas voltas!
Beijos saltitantes

Malu disse...

Ahahahaha porra, mimijei.

Carol disse...

hahahaha
eu queria muito conseguir rir das minhas desgraças como vc ri das suas!!
Você nunca vai ter cancer!!! continue assim!
hahahaa

soumenina disse...

Amo o seu blog. Me divirto horrores...
Beijo

soumenina disse...

Amo o seu blog. Me divirto horrores...
Beijo

Rosana Tibúrcio disse...

Cê gargalhou?
Eu BERREI de rir. Quando cheguei na poltrona 23, pensei: tem outra louca que só compra esse número pelo mesmo motivo que eu. E ri muito.
Mas aí, quando cheguei na procuradora aposentada eu dei uma risada tão alta. Mas e daí? alguém pode perguntar.
Mas visualize a cena: eu, aqui, de porta aberta. A porta dá pra rua.
No que dei uma risada tava passando uma mulher empurrando um carrinho cheio de tralhas (material pra reciclagem) e ela dá um pulo, solta o cabo que tava segurando e pimba: porrada de coisa no chão...Morri.

aiiii meu Deus, que delícia de post.

Mara disse...

Obrigada. Achei uma família mais doida que a minha.

Athila Goyaz disse...

O esquema da poltrona 23 é luxo rs
Ri muito nesse texto seu!
Abraços

Anônimo disse...

caraioooooooooo
.
eu ri alto!

Madame disse...

kkkkkkkkkk mina tu é foda!
Admiro tudo o que vc escreve, pq é como eu, nao ta nem fudendo pra ninguem!
Cara nem fale em viagens fuleras...no fundo akba sendo engracada falae!

bjussss

Tayra disse...

É muita maldade eu dizer que dei risada? hahahahaha

Senhor F disse...

#mimijei de tanto rir!
Sua vó é muito legal!! HAUHAUHA

Thays disse...

Meu!
Eu pensei que fosse a única a adotar a estratégia da poltrona 23 ! hahaha