quarta-feira, março 24, 2010

oi tudo bem

Hoje, Sergio Roberto veio falar comigo. Um que uma vez gritou comigo, "EU QUE SEI O PREÇO DO BOI, VOCÊ SÓ TEM QUE FINALIZAR!", num dia que eu fui reclamar que ele estava superfaturando a arroba do boi.

Daí hoje ele me aparece e diz com a maior cara lavada do mundo: "Oi, tudo bem, Patricia, como você está?".

E gente, o que é a minha vida senão esse oi-tudo-bem vindo de filho da puta?

Nunca vou conseguir entender essa cara de pau nas pessoas. Que briga com você aqui e ali te chama de meu amor. Que enfia no teu cu hoje e amanhã te pergunta "você tá chateada comigo? o que eu te fiz?".

E então eu falo não-fez-naaaaaada. E depois a louca sou eu.

De uns tempos para cá, Fernanda Montenegro tem marcado muita presença, e sabe quando você fica chocada? O que a gente faz numa hora dessas? Diz "sai da minha vida, sua puta?". Porque tudo já foi feito e a puta não entende. Vou escrever isso aqui, ela vai ler e amanhã vai me mandar email "é pra mim aquele post?".

CARA. É sim.

E as pessoas só entendem se você desenhar. E eu tenho um princípio que é: NEGO TEM QUE SABER quando enfia no meu cu. Posso aceitar de boa as desculpas depois, mas só se nego souber o que fez. Eu vivo mil anos, mas não conto, porque a pessoa TEM QUE SABER.

É só isso.

18 comentários :

Manah disse...

As pessoas não são adivinhas, rs.
As vezes, elas são lentas de verdade, não é enrolação.

te amo, porra disse...

Entendo, Manah. Mas pra enfiar no meu cu ninguém é lento.

Priscilla disse...

Faço das suas palavras as minhas.

Nego enfia no teu cu e ainda quer q vc explique o pq.

Juliana Correia disse...

Me identifiquei COMPLETAMENTE! Basta um tiquinho de empatia que todo mundo manja fácil qual foi a merda que fez - mas sacanear todo mundo curte, fazer que nada aconteceu todo mundo curte, pedir desculpas ninguém curte. Mundo fdp!

Luan . disse...

Ahá, finalmente vejo alguém com uma opinião coerente.

A pessoa TEM OBRIGAÇÃO DE SABER a merda que faz

Hellen disse...

Ela bem que poderia aparecer aqui e deixar aqueles depoimentos dignos de novela de Manoel Carlos, em CAPSLOCK, ofendidíssima:

-MAQUIÉQUIOFIS PROCÊ GAATAAAM???

Mas, né? Duvido muito.

Guilherme disse...

Leia seu e-mail.

Grato.

priscilla disse...

o bom senso está em falta no mercado. as pessoas agem da maneira mais conveniente p. elas, claro.

eu prefiro falar na cara, tipo um xerife enfurecido. e se a pessoa der outra mancada, sifudeu.

enfim, curti demás o seu blog. :)

Carolina disse...

eu tb sou muito de falar na cara, assim como vc, e ainda depois sou taxada de grossa...

ah faça-me o favor, a pessoa vem, enfia no meu cu e depois ainda se faz de coitada dizendo que fui grossa? Então passa longe de mim e não vem fazer merda não é mesmo???

e tb não sou de ficar explicando não, se a pessoa fez merda, ela tem que saber oq fez, acho o fim da picada as pessoas que fazem e depois ficam com cara de cão que caiu da mudança dizendo que não sabem oq fizeram...

pqp

hellomotta disse...

No cu dos outros, é refresco!

Paula Alencar. disse...

Nem sempre as pessoas magoam por maldade, cara. Pelo menos as do meu convívio, são pessoas que eu confio e tudo. Não dá pra prestar atenção a tudo que se diz, muito menos notar a reação de todas as pessoas que presenciam isso.
Mas é de cada um...

Miss Pauleth disse...

Melhor mesmo é ser sincera com as pessoas e falar logo...por que se for deixar para depois, não fala e quando fala não fala-se tudo que deveria!
Abraço, gostei daqui, :D :D.

Dee disse...

Nooooossa, verdade verdade!

MAs eu tenho uma vontade incontrolável de jogar a real na cara das pessoas.

Miss Surtada disse...

O pior é aquele povo que te sacaneia e quando percebe que vc ta p da vida perguntam "O que que eu te fiz?"

Dá vontade de dar na cara da pessoa.

Anônimo disse...

A lógica feminina sempre me espanta.

Anônimo disse...

Quem é sergio roberto?
=O

Anônimo disse...

No meu trabalho tb tem uma Fernanda Montenegro tb!
E qdo contei a ela como td mundo se divertia no meu trabalho anterior ela me perguntou: "e ngm dedurava?" E eu: "não, lá td mundo se gostava de verdade!"

Hélen

Rosana Tibúrcio disse...

Adoro os nomes artísticos dessas pessoas estranhas... é engraçado.

A parte menos engraçada é que mágoa não se mede, se você sente é porque sente e ponto: você viveu a história. Quem sou eu pra dizer: eu faria assim ou assado?

Mas é fato que o outro muitas vezes não percebe porque não desce do salto e só olha pro próprio umbigo.

Sorte aí que cê merece!!