quinta-feira, dezembro 24, 2009

maturidade mandou lembranças

Ter 26 anos E CHORAR porque vai passar o natal longe da mamãe.

Nego te chama para a ceia, você prefere ficar em casa, porque você sabe que se for, fará vexaminho mimimi-quero-minha-mãe.

JayC morreu pregado em uma cruz só para me lembrar que hoje todos estão com as suas famílias, e eu não consigo nem fazer uma ligação de 30 segundos sem chorar.

Será uma Natal passado ao som de Roberto Carlos, com pizza e coca-cola.

Minha vida é uma grande piada.

Abraços.

8 comentários :

J disse...

Minha ceia tá mais ou menos como a tua, com a exceção de que quero minha mãe e ela não me quer. :3
Tenho 18 ainda, mas certeza que chego nos 26 assim, haha.

Espero que as coisas melhorem pra você, Patrícia, de verdade. Venho aqui quase todo dia pra ler e torcer pra você, até porque me identifico pra caralho com o que tá passando. Mimimi.

Bom fim de ano, duma estranha. :*

Vanessa Souza Moraes disse...

Ter saudades da mamãe nunca é brega.

E Roberto Carlos tem umas letras lindas.

Bjo.

guilherme disse...

eu tb ia preferir ficar em casa.

beijos e melhoras.

Fernanda disse...

e assim vamos caminhando-e-cantando-e-seguindo-a-canção, bla bla bla.


gata, encare este natal como um feriado como outro qualquer.

ou pense naquelas famílias reunidas para a ceia num clima contagiente de falsidade.

tá, não deve ser fácil. Mas pelo menos você tem o rei pra te fazer companhia. Ah, o rei...


beijo

Fabiana disse...

Fica assim não garota! Só conheço vc por aqui, e ja sei que vc é ótimaaa!! Vc pode estar aí sozinha, mas tenha certeza que não esquecida! Feliz natal da tu amiga leitora aqui do Sul!!

Anônimo disse...

Ele nasceu para isso. Morreu pregado em uma cruz por ovos de chocolate.

Chico Mouse disse...

Se o RC tivesse morrido (duvido que isso vá acontecer algum dia...), então cê tava frita, hein, nêga? :P

Sérgio disse...

Acho que você vai se identificar alguma coisa com este texto: http://espacoacademico.wordpress.com/2009/12/24/por-que-nao-festejo-e-me-faz-mal-o-natal/

tá bem atrasado, mas talvez você goste.