segunda-feira, novembro 30, 2009

a vida é cu

Recebi um email semana passada, que entre as milhões de pérolas, tinha:

- Você não percebe como é ridículo chorar por estar sem internet?

Supostamente foi enviado para me animar com a famosa TERAPIA DE CHOQUE (hahahahaha super funcionou a minha vida inteira, hein? nem te conto), pois foi seguida de frases do naipe: "você escreve bem", "é divertida", "te adoro"...

MAS

mas você é ridícula quando reclama de internet.


E assim, óbvio que eu não preciso me justificar, o que me choca é eu me considerar a loser que mora no mato porque não teve capacidade de passar em um concurso no Rio de Janeiro, E MESMO ASSIM, eu ter uma inteligência sobre-humana, porque sim, o mundo inteiro é idiota. Nego é estúpido, nego é mongoloide, nego é cuzão. E eu, a LOSER, a Pacey Witter de saias, consigo olhar para o mundo e ter o discernimento de ver a burrice em todos.

Falando sério como nunca falei neste blog. A MINHA VIDA É UMA MERDA. Merda desde a infância, nunca passei mais do que uma semana feliz. E MESMO ASSIM², sigo vivendo com o pouco de felicidade que a vida me dá.

Minha felicidade = internet e comida.

Não é que eu estou chorando porque não tenho internet, é PORQUE, MEU DEUS, COM TODA ESSA VIDA DE MEEEEEEEEERDA, AINDA ME TIRAM 50 % DA FELICIDADE QUE ME RESTA?


Lembrando do último episódio de Skins, na 2° temporada, nego enterrando um ídolo e dizendo "Ele pulava de um balão todo dia".

Minha vida é isso.

Todo dia, antes de eu sair de casa, saio com aquele frio na barriga:

"Mais um dia que eu vivo."

Porque sinceramente? Sem fazer drama? A única coisa que me impede de dar um tiro na cabeça é a minha mãe.


"Onde você se vê daqui a 5 anos, Patricia?"

No interior do Amazonas, em um trabalho ganhando mais, com o dobro do peso e reclamando porque o sinal da internet está ruim.

O que me move para continuar vivendo?


Daí a gente reclama e nego não entende nada. NINGUÉM NUNCA ENTENDE PORRA NENHUMA. E acha que é por causa da internet.


Conhece a história de José do Bairro? Estuprado aos 12 anos, saiu da escola e foi trabalhar para sustentar o irmão, cresceu, casou, foi chifrado, a filha que ele registrou não era dele. Um dia um pombo cagou em cima dele e ele se matou.

Agora eu pergunto. Ele se matou por causa do pombo?


PUTA QUE PARIU. NINGUÉM ENTENDE NADA.

21 comentários :

Marina R. disse...

Meu, pode ter certeza que quem te mandou o e-mail também fica puto quando não tem internet. todo mundo fica. é a reclamação mais válida dos anos 2000!

:*

Quéroul disse...

de boa, se você tivesse recebido essa mensagem POR CARTA, acho que ok, sabe... até considera que oh, que coisa mais ridícula chorar pela falta na internet.
mas, receber via mail...
imagina só se a net falha na casa da pessoa que tá querendo mandar o mail criticando, não é mesmo???

Mary Meggie disse...

Eu te entendo. Pelo menos nisso a

Chico Mouse disse...

Mas... mas.... O POMBO CAGOU NA CABEÇA DELE!!

Isso é mais que motivo pra se matar. Ou matar o pombo. Ou matar o pombo e depois se matar, whatever. Em todas as hipótese haverá drama. :P

Nina disse...

é foda isso.

Nego sempre acha que 'ó. cheap melodrama'

Mas se ele corta o dedo com papel é o fim do mundo..

Serio, um 'me chupa' beeem grande presse mala.

Juliana Dias disse...

Oi Patricia. Tem coisas na vida que temos que contar até dez e tchau e bença, faça isso com esse imbecil que te mandou esse email. Quanto a sua vida, querida, não te conheço, mas sei que, apesar de tudo, vc ainda terá o seu momento e encontrará o seu caminho. Pode ser piegas o que estou falando, demagogia pode ser... Mas quero q saibas q mesmo assim, torço por vc.

p.s. Tenho 32 anos, desempregada, me formei com 31 anos..olha q merda..kkkk...estou fazendo pós e as vezes fico pensando: "caralho...não posso deixar a peteca cair...". Fico puta que, mesmo ter me dedicado na faculdade, conseguido uma pós na UFF, neguinho dá emprego pra quem conhece, que indica...e joga nosso curriculo no lixo...isso me deixa putíssima....
Estou estudando para concurso...espero muito conseguir....
Beião!

Luana Gabriela disse...

Hein.. eu chorei esta semana porque to sem internet mas não foi EXATAMENTE pela internet foi por não ter contato com quem eu queria e precisava falar e só pela internet seria possível, é porque ler os blogs é uma das minha felicidades e eu não podia. Agora me diga.. você me entende? Porque eu entendo você. Mas por favor nada de tiros, hein?

Abç.

Dani disse...

Sabe Paty, já algum tempo que leio seu blog... Só hoje vim me perguntar o porque...
Claro, que você é super engraçada, isso não é novidade pra ngm, mt menos pra vc. Mas hj pude perceber o verdadeiro motivo. Saber que não estou sozinha no mundo. Saber que não sou só eu que vivo dias vazios. Se alguém que me conhece, lesse esse comentário, diria que eu sou uma dramática... Mas só eu sei o que acontece, só eu sei o que se passa dentro de mim. Assim como só vc sabe o que se passa dentro de vc. Por mais que vc fale, por mais que grite, ngm te entenderá.
Hoje vivo uma vida de dias iguais...
Formada em Comunicação, Propaganda e Publicidade, desempregada e sem pespectiva de um bom emprego. INdo para o 4º mês de desemprego, com tédio total de ficar em casa o dia todo, na net (pelo menos ela me faz passar o tempo + rápido). Moro em Salvador, a terra do sol, mas não adianta me mandar ir a praia...simplesmente não é a minha praia.
Saiba que não está só com as suas insatisfações... muitos que lêem(sei lá cm se escreve isso agora) teu blog se identificam com vc justamente por isso...
Espero que as coisas melhorem pra vc, pra mim e pra todos nós.
E pra essas pessoas as quais vc se refere: tomar no ** de pau mole.
Forças gata!

Luan . disse...

Super Válido, internet necessária. Chorar quando tá num lugar desses é válido ATÉ COM INTERNET.

Fabianny disse...

Cara. Eu perco a alegria de viver quando meu jogo trava.

Te entendo perfeitamente.

Hug.

Miss Surtada disse...

O que essa pessoa tem a ver com a sua vida? Aposto que é super desocupada pra se dar ao trabalho de mandar email falando pra vc parar de reclamar da falta de internet. Olha super te entendo, minha vida nunca foi um mar de rosas, mas agora ela tá uma merda, perdi minha mãe recentemente, fiquei meses vendo ela se acabando com uma doença estúpida e eu lá sem poder fazer nada, meu pai pirou com a morte dela eu entrei em depressão e aqui em casa eu sinto que perdeu o total sentido de lar

é como se fossem três pessoas vivendo individualmente, minha mãe era minha grande companheira, eu gosto do meu pai mas não é a mesma coisa, e a única companhia que eu tenho é a internet, falar com os meus amigos no msn e baixar seriados. Dia desses a internet deu pau e eu quase pirei, então eu super te entendo.

bjos

Pam Donato disse...

È possível que eu também não te entenda e vc me ache uma idiota a cada cometário q eu deixo por aki, mas de qlq forma, gosto do seu blog e de vc por tabela. Se vc é infeliz, problema seu, mas eu te acho a infeliz mais corajosa do mundo, pq se mandar p mato sozinha, e ainda estar viva, mantendo o blog e aguentando gente q diz q sua vida é uma invenssão e q vc é ridicula pq reclamou da internet, naum é p qlq mortal. Vai na fé, gata!

Historias de Depois... disse...

A internet veio pra resolver todos os problemas que a gente não tinha, e ficar sem ela é um verdadeiro tormento, compartilho da sua dor. Adorei o blog! bjo

Patrícia disse...

Pois é, ridículo é insensibilidade e falta de empatia. É como criticar os suicidas, chamá-los de "covardes", poxa, o que a pessoa sabe da vida daquele(a) que se matou?? Eu tenho vontade de voar no pescoço de quem faz comentários idiotas assim! Porra, quem sabe da vida da pessoa é ELA! Não é apologia à morte, não é isso, é um convite ao "vamos nos colocar no lugar do outro?". Ah, Patrícia, eu acho q te entendo, pelo menos um pouquinho. E, pela milionésima vez: torço muito por você! E, olha só, além de ficar sem internet (que é o Ó p/ qualquer um de nós que navega no mínimo 2 hs por dia), vc está no Wild Side of the Planet AKA Jibóia City, vivendo em um ambiente hostil, dentro de uma casa que pode ficar alagada com qualquer chuvisco, longe da mãe, do Allan, do Rio, e, horror absoluto, trabalha com o Merda do Nota de Cem! Menina Forte! Beijo, gatita!

samiemaybe disse...

O problema é q todo mundo tem opnião sobre tudo, ai pega algo q aparentemente não vai te chatear e comenta, sem saber tudo q há por tras. Mas uma coisa e fato, ninguém entende, mas a gente é legal e ainda tenta explicar... uma hora a gente desencana

Driks disse...

Pois é ninguem entende tb quando eu reclamo no blog,acha que é graça,que eu nao tenho o que postar,mas é a nossa vida,fazer o que.

Nem liga meu,o blog seu e seu espaçõ de desabafo,relaxa,dxa o povinhopra la.

bjk

Ana disse...

Cara, pior é q eu pressinto q isso não veio de um fulano daqueles que acha q sua vida é uma "invenssão"...isso deve ter vindo de alguém que supostamente conhece os fatos e que te carinho por vc...mas q, felizmente (ou não), não se fodeu nem 1/10 do q a gente, então não tem a sensibilidade pra sacar o q isso quer dizer!
Eu ENTENDO vc a tal ponto que fiquei irada com a derrota do São Paulo, mas imediatamente lembrei q isso + a vitória do mengo te fariam feliz.
Beijo enorme

@egalan disse...

Super te entendo! Acha quem te mandou isso e soca um abacaxi no rabo dele \o/. Só pra constar: me identifico mega com o seu blog, parece minha vida versão "meio do mato". =*

raphael lopes disse...

interior do amazonas? tá fudida se sua felicidade meio que depende da internet(assim como a minha) se na capital já é uma bosta, FAÇA IDEIA NO INTERIOR.

não venha pro amazonas, amica!

Mary* disse...

"E eu, a LOSER, a Pacey Witter de saias"
Morri e nasci de novo para rir mais um tico.

Hellen disse...

Oi, você.
Hoje, pra variar, meu dia foi um cu.
Digitei no google "dia cu". Cliquei no primeiro link que apareceu. Parei por aqui. Li este post. Foi estranho. Foi como se ele pertencesse a mim. E não estou exagerando. Não mesmo. Desculpa o comentário imbecil. Não tenho nada de incrível pra postar.