segunda-feira, novembro 02, 2009

morte lenta e dolorosa

Olha, tenho nem palavras para descrever o que acabei de presenciar.

Por pouco não cometi um assassinato, porque o ódio, minha gente, é muito grande.

Enfim.

Hoje, estava decidida a fazer uma reunião com os condôminos, tentar agitar uma revolução, já que é desumano viver com a casa inundada e alguma coisa o dono dessa merda tinha que fazer.

Pois bem.

Saio e dou de cara com meu vizinho enfiando uma mangueira dentro de um cano pra lá e pra cá. Eu, estática, meu deus, esse homem está louco. Eis que a mangueira sai do outro lado da rua e junto com ela, sai uma garrafa, uma lata de cerveja e um vidro de remédio.

Vira a mulher dele e diz:

- AMOR, ISSO É TUDO SEU! A CERVEJA QUE VOCÊ TOMA, O REMÉDIO! ENTUPIU POR SUA CAUSA. A CASA ENCHEU DE ÁGUA POR SUA CAUSA HAHAHAHAHAHA.

E os dois caem na gargalhada.

Juro.

Qual a melhor forma deles morrerem? Microondas do Alemão? Tortura em Bagdá?

O mesmo cano que dá vazão para a água das chuvas, me vai o cara e joga uma garrafa, uma lata de cerveja e um vidro de remédio.

Por deus, sabe. Uma pessoa assim não pode ser normal. Uma pessoa não pode perceber que INUNDOU a casa de outras três pessoas e RIR.

Olha, não falei nada. Abaixei a cabeça e fui para casa.

Estou aqui, desde então, com vários pensamentos negativos, torcendo para que, sei lá, amanhã ele tropece no vento e morra com a cara esmagada no asfalto.

Seria justo.

11 comentários :

Caroll disse...

Nossa...realmente a revolta deve ser avassaladora! Até eu quero matar o ser!

Sandrine disse...

pfff, misturar doses generosas desse remédio com a cerveja, jogar tudo na garrafa e oferecer pra eles beberem. Assim, nessa política de boa vizinhança.
Justiça poética.

Priscila disse...

Tem gente que só matando, viu?!

O problema é que ninguém garante que o fulano não vai mais entupir o cano.

Ah nemmmmmmmmm!!!

Fabianny disse...

Impossível duvidar do que tu conta porque eu sei que existe gente assim.

Fabianny disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
guilherme disse...

é de matar mesmo.

esse é o amado batista ainda por cima?

te amo, porra disse...

hahahah o PRÓPRIO, guilherme.

Pam Donato disse...

Patricia,acho pouco esse lance do vento, uma morte com mto sangue, lágrimas e ranger de dentes seria mais apropriada...
assim, quem sabe todos nós nos sentiriamos melhor!! Força, gata!

hellen disse...

Humm, microondas do Alemão...
Pouco, muito pouco pra essa gente bizarra.
Toda vez que vc fala de seus vizinhos me vem na cabeça um vídeo do Soundgarden, "Black Hole Sun". Tipo, é o mundo se acabando e as pessoas com cara de idiota.

Tá foda, viu?

A. Almeida disse...

Acho que bem legal seria colocar cimento e faze-lo beber. Depois ainda coloca um saco na cabeça dele e solta-lo dentro de barril, cheio de água de esgoto. Coloca um dvd de piada, pra que possa morrer sorrindo.
Beijos

Marguerita disse...

Putz!

O mundo divide-se em pessoas com e sem noção!