terça-feira, novembro 17, 2009

bateu, levou

Semana passada atendi um cara, e ele perguntando de onde eu era, o que eu fazia etc.

- Ah, sou do Rio, fazia filosofia lá, mas não terminei e

- Filosofiám??? PRA QUÊ SERVE ISSOÁM?


Hahahaha olha, essa é uma pergunta que eu muito me faço, mas não admito que os outros façam.

Então, papo vai, papo vem, ele me dizendo que era fisioterapeuta e atendia um rapaz lá do trabalho, e eu:

- Nossa, mas ele comenta muito das suas massagens.

- Eu não sou massagista!

- Não? Sério? Pensei que fosse o trabalho de um fisioterapeuta.

14 comentários :

Guilherme disse...

Relações Internacionais.

Logo, te entendo.

Flávia A. disse...

Eu faço Ciências Sociais...=/
Bem q qria saber fazer massagem! =P

Fernanda disse...

hahaha, sei bem como é isso.
morri com "não sou massagista".

amigo, é sim, beijos.

۞ Sol disse...

hohhoho requinte de crueldade!

Anônimo disse...

morte lenta e dolorosa

Anônimo disse...

E Nietzsche não é pessimista. Bjosboamassagem.

Luana Gabriela disse...

Sou jornalista - com diploma - muito já tive que me explicar ainda mais depois da lei que não exige mais o diploma..mas enfim..coisas da vida.

Bjos

Camilla disse...

Primeiro... parabens pelo blog, conheci hoje.

Eu sou Turismóloga, fiz Turismo, então, as classicas são:
" - É turista ou turismologo?"
" - Ah então você viaja muito!"

Afffff

Driks disse...

E quem faz marketing faz propaganda??

A pergunta que me fazem...

Ta valendo

bjk

fragmentosrecortados disse...

Três trabalhos para entregar até 14 de dezembro (Hume, Nietzsche-saúde! e Platão) e a vontade de ficar quietinha, só lendo o Orwell e assistindo a Dexter (o que aliás, faço nesse exato momento) me fazem perguntar frequentemente para que serve essa bodega de filosofia.
Bom, aos 36 anos, já formada alhures e com emprego burocrático pagando as contas, fico satisfeita com o "para nada". Mas, ainda assim, gostaria de ter aulas mais instigantes e um ambiente menos conservador.

Ana Maria disse...

hahaha Guria, ri muito com o "eu não sou massagista"...

Eu gosto muito de ler os seus textos. E entendo perfeitamente a sua revolta qdo perguntam para que serve filosofia.

Sempre me perguntam o que eu faço e qdo digo q sou jornalista logo dizem..."em que emissora de tv vc trabalha?"

He-lo-ô - jornalista não trabalha só em tv...trabalha em revista, jornal, rádio, assessoria...

Qdo eu crescer quero ser irreverente como você.

Ana disse...

Ri alto! Eu AMO lembrar aos fisioterapeutas que eles NÃO SÃO MÉDICOS, pq cara, conheço pouquíssimos que não se achem "DEUS" pq trabalham reabilitando nego fudido.
O mais engraçado é q os fisioterapeutas que eu conheço e, que ganham muita grana são exatamente os que fazem massagens...Na maioria estéticas ou em velhinhos, pras articulações e coluna.
Agora, se é a massagem que dá mais grana, pq se ofendem tanto?????
Complexo de DEUS!!!!
beijos

Pam Donato disse...

Patricia, minha alma agora está acorrentada a seu blog, faço filosofia, quer dizer, frequento o curso, naum odeio, só detesto... Mas me dói qndo alguém vem desdenhar perto de mim! è como falarem mal do seu irmão, vc pode tah cagando e andando p ele, mas na hora da vontade de gritar:" Nâo fala assim, só eu posso dizer isso dele!"
De qlq forma, estou me sentindo bem melhor depois do "Não sou massagista!"

Will disse...

Vou morrer!!!!!