sexta-feira, junho 26, 2009

aulinha de história

Antes de mais nada, quero dizer que não não escutei/vi o Maxi Lopez falando, logo, não posso afirmar que ele disse. Por enquanto nada foi provado, então não acho legal fazer julgamentos, apesar de eu te dito no twitter que "macaco é até um animal simpático, e você que é argentino?".

Só me limito a fazer um post comentando a reação das pessoas, que é sempre pior que o preconceito noticiado.

"vou processar quem chama de branquelo, quero só ver!"

E aí eu sempre lembro de um belíssimo texto que li há trocentos mil anos na comunidade História. Fui atrás do texto na própria comunidade do orkut e não achei, mas jogando no deus google, encontrei no blog do Pedro Nunes.

Era um tópico onde um adolescente questionava a tal supervalorização dos negros. Essa coisa de colocar em novela, de camisa 100% black, revistas voltadas para a raça negra etc.

Eis a brilhante resposta, que também serve para os brancos "branquelos" que querem processar os outros.

"Também me incomoda essa supervalorização. Já não basta todos os presidentes do país terem sido negros, já não basta que 87% do Congresso brasileiro é de negros, já não basta que o governo só escuta religiões afro-brasileiras e não dá a mínima bola para bispos católicos brancos em greve de fome, já não basta a maioria dos universitários serem negros, os negros viverem mais do que os brancos e serem menos vítimas de violência e quase toda propaganda ser estrelada por modelos negros e mais, eles controlam 72% do PIB brasileiro. Não agüento mais os negros controlando a FIESP em Sp e que tenhamos que estudar só História da África na escola e nada de Europa branca. Não agüento estes feriados por Oxalá, Ogum e Iemanjá. Chega! Vamos nos unir e lutar pelos brancos neste país de exclusão dos brancos! Chega da polícia só bater nos brancos! Chega de negros reitores, governadores, delegados, bispos e papas! Basta do Imperialismo de Gana, Senegal e Angola! Todo poder aos excluídos!!! O governo Lula deveria indicar ao menos um branco para seu governo! Abaixo a discriminação. Vamos levantar a moral dos brancos humilhados e explorados por este domínio de 500 anos! Os brancos devem ter direito a morar nos Jardins, no Leblon e em outros bairros de elite também!"

E termino o post citando Paulo Autuori, que para ele, o racismo não tem muita importância. "Temos que nos preocupar com coisas mais sérias". O que é o racismo perante um campeonato de futebol, não é mesmo, minha gente?

8 comentários :

te amo, porra disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
.duas doses de desdém disse...

Concordo e assino embaixo, rainha!

Beijos

Bellatrix disse...

me mijei

sobre o post abaixo:
HAHAHAHAHAHAHAHA

manda tomar no cu ;)

mas ia ser mais legal se eles fossem pelados hmmmm

guilherme disse...

eu tenho opiniões próprias nem concordantes nem discordantes do seu post nesse assunto.

um dia em mesa de bar eu explico. ou via e-mail.

beijos

Ana disse...

Assim como o Guilherme, tenho uma visão diferente da sua, não concordando e, nem discordando com o seu post...
Mas, resolvi comentar pelo finzinho e dizer: Autuori, vc precisa rever seus conceitos... PQP!

Liva disse...

Perfeito.

carina disse...

concordo com a Liva!

Bannanass disse...

Genial