quarta-feira, junho 17, 2009

alguém segura laurinha figueroa

Olha, gente, vou reclamar de vocês. I'm sorry.

As vezes aparece um asshole nos comentários, mas beleza, me divirto; as vezes nego comenta algo sem sentido como se estivesse lendo receita de bolo, mas beleza; há aqueles que falam merda, mas tudo bem, BELEZA.

Agora, o post de ontem eu escrevi no desespero e não apareceu uma única pessoa com discernimento para dizer "tomarnocu, sualoca, vai voltar com o rabo entre as pernas? vai ficar sendo sustentada por mamãe até quando?".

Olha, longe de mim bancar a anoréxica que reclama de obesidade mórbida, mas total preciso de apoio no momento. E esse apoio é vocês me dizendo para ficar em Jiboia City. Quero voltar, vou dizer ao mundo que vou abandonar tudo, mas sei que não devo.

E então eu grito do alto de um prédio "Quero pulaaaaaar", e vocês dizem "Pu-la! Pu-la!"? Bom senso, cadê?

33 comentários :

Silvio disse...

Não pula, fia!
Quer dizer... agarra uma jibóia ;-)

raquel disse...

eu diria pra vc não voltar. não AGORA. pronto, opinei. conselho de que já aprontou dessas, acabou voltando mas insistiu um cadim mais (pelo menos até juntar uma graninha pro ipod)

vanessa disse...

[redação]
o pobrema, minha querida amigamm, é o lugar onde vc foi parar.

se vc reclamasse de solidão num chalé suíço "ohmeldels, cansei de neve, de milka, de nórdicos" ia ter uma pá de gente mandando enfiar o chalé no fiofó, parar de frescura e seguir na missão.

mas tia, in-te-ri-or. do ma-to-gros-so. num tem como! num tem! qualquer cerumano que não tenha nascido no interior (e não tenha fugido), sabe a furada master que é viver nessa situação hahaha

mas ó: eu super fui contra sua ida, mas agora que vc tá aí, fica. estabelece um prazo, segura na mão dedels e vai. depois vc olha pra todo mundo com desprezo e diz que conseguiu :P

mas tem ooooootra: se vc é funcionária federal é simpres! arranje um casamento no rio e peça transferência por união de conjuge e VAAAAAAAAAI
nem o emprego vc perde :P

ligia disse...

então, não sei como é a sua carreira, tem chances de conseguir ser transferida daqui a um tempo? se sim, aguenta mais um pouco... se nao, nao rola ir estudando pra outro concurso que vai te levar pra uma cidade melhor?
largar tudo pra voltar pra casa não é opção, pensa bem, como vc vai se sentir fazendo isso?

Márcia disse...

Acompanho o blog e não costumo comentar, mas serio MESMO, meu VOLTA. Ninguém merece passar por essas coisas não, quer viver sozinha, enfrentar a vida e afins vai fazer umm intercambio num lugar com mais opções, no minimo de crescimento, agora se você quer só sofrer stay there.
Eu tinha fugido na segunda semana easy.

Hugs

Manuela disse...

Fica aí, sua inútil. Eu passo por qualquer merda pela minha privacidade e pra não suportar as nóias e encheções da minha mãe. :)
E no fim vale a pena. Cansa, estressa, mas MUITO vale a pena.

Larissa Ferreira Barbosa disse...

tomarnocu, sualoca, vai voltar com o rabo entre as pernas? vai ficar sendo sustentada por mamãe até quando?

Ana Luiza disse...

Se liga, fia. Eu moro em Salvador e tô doida pra voltar a morar no Rio imagine se morasse em jiboia city, já tinha me matado.

disse...

Do que adianta morar em um lugar que vc não quer ou não gosta? Mas tbm do que adianta vc morar aonde vc quer se tem que depender dos outros. Eu dependo dos meus pais e não dá mais. 24 anos nessa minha cara e aqui no Rio sendo sustentada. Se eu fosse vc, ficava aí até vc arrumar coisa melhor ou do mesmo nível, sei lá, por essas bandas de cá. Daí eu me mudaria. Pq depender dos outros é um cu!!!

Anônimo disse...

Não que opinião de anônimo valha muito, mas enfim. Se você está infeliz, volta. O único compromisso que você tem é com você mesma. Se você tem um objetivo do tipo ganhar X reais para conseguir fazer Y, aguenta firme. Agora, se é emprego por emprego, volta. Não adianta nada ter um salário melhor no interior do mato grosso e ser infeliz longe dos amigos e da família. De qualquer forma, faça o que VOCÊ acha que é melhor para VOCÊ. foda-se o que o povo vai falar. É a sua vida que está em jogo, não a da vizinha fofoqueira na janela ou de comentarista anônimo espírito de porco.

beijo

Carolina disse...

Volta não, menina. Pode parecer clichê (e é!) mas sua liberdade não tem preço.

Bjo

Ana disse...

Gata, falo por mim, ok?
Realmente não te conheço, tampouco a situação que vc está vivendo nesse momento, afinal, sei APENAS o que vc quer que eu saiba através dos seus posts.
Porém, linda, ainda assim, vejo um abismo de diferença entre uma pessoa se acomodar e ser sustentada pela mamãe e, uma pessoa largar uma situação na qual não está feliz e, voltar pra perto da família e amigos, começar do zero e, batalhar como cada um de nós aqui batalha por um lugarzinho ao sol.
De boa, só mesmo vc pode dizer se seus posts são momentos ao longo do dia, ou são relatos fiéis do dia todo.
O ponto é q, seja lá como for, pessoas como eu, q não te conhecem, torcem por vc!
Força e trata de lutar pra ser feliz!

Ana Paula disse...

tomarnocu, sualoca, vai voltar com o rabo entre as pernas? vai ficar sendo sustentada por mamãe até quando? [2]

Gabriela disse...

como eu disse no post anterior, NÃO VOLTA! Esquece o Chicleteiro q ninguém merece, arrumei um na minha vida tbémq to pulando fora, uma babaca q fica vendo DVD daquele cabeludo nojento...

Fica ai, vai agarrar uns caipira ai...aproveita q as prestações dos móveis estão acabando, e se joga mulher!

tomarnocu, sualoca, vai voltar com o rabo entre as pernas? vai ficar sendo sustentada por mamãe até quando? [3]

Nat disse...

Olha flor,

De certo modo, eu concordo com a Ana qdo ela disse que não te conhece e não sabe até que ponto o seu post de ontem foi um desabafo por não aguentar mais a situação aí no Mato Grosso ou se foi pq vc tá fazendo corpo mole.
Já que vc pediu um posicionamento mesmo assim, te falo minha real opinião:
ó, se estiver sendo MUITO foda e vc estiver enlouquecendo, desencana e volta pro Rio. Eu particularmente acho q num vale a pena ficar num lugar q vc odeia com todas as suas forças e q tá te fazendo mal. Minha família passou por issoe nem foi num lugar como Jibóia City, foi foda, num desejo isso pra ninguém. Mas dentro do possível (por isso talvez vc precise se esforçar em dobro)tb num volta com o rabo entre as pernas, sabe? Volte com planos concretos, até pra vc se sentir mais dona da sua própria vida: vê de vc voltar já encaixada em um emprego, mesmo que vc ganhe pouco, mas como um começo pra uma outra coisa, um emprego melhor no qual vc num precise ficar na cola da sua mãe.
Agora, se de certo modo é dificuldade de se adequar à tua nova situação e querer voltar à casa da tua mãe pq é mais fácil, porra, é foda mas a vida é difícil, e pra todo mundo. Eu tenho meus dramas, todo mundo aqui que escreve tem os seus: uns mais, outros menos. Mas acredito que vc consegue, sabe? é uma bosta a nossa vida num ser aquilo que achamos que seria bom que fosse, mas a gente precisa lidar com o que temos da melhor forma possível pra nós mesmos. E pelo que vejo, vc num tá sozinha e desamparada neste mundo. Lembra qdo vc disse que achava q mudar pro Mato Grosso iria de algum modo ser bom pra vc? Que vc tinha um sexto sentido muito bom? Lembro do seu post. Revê isso aí... vê até que ponto morar em Jibóia City vai ser legal pra vc, no que pode te fazer crescer, essas coisas. Planeja um pouco, pras coisas fazerem um pouco mais de sentido talvez... a gente num tem controle do dia de amanhã, mas pelo menos não nos sentimos tão desamparados diante do que o futuro reserva.
Eu num sei o que vc pensa sobre morar aí. Mas sei lá, acredito que num queira passar a vida inteira longe da sua família, dos amigos, da cidade natal, mesmo pq me parece q mora num lugar que é muito cu de mundo. Só que num perde de vista que nada na nossa vida é pra sempre...
vê se vc tem tempo, estuda prum outro concurso mais perto ou mesmo no rio de janeiro, ou fica aí e junta uma grana pra depois se manter, sei lá... vc sabe das suas possibilidades.
Depois de escrever este testamento, eu só queria finalizar te dizendo q vc tem sempre uma possibilidade, que pode num ser aquela q vc esperava, mas ela existe. Tá no inferno? Abraça o capeta então. Até o momento que estiver sendo bom pra vc.
No fim Patrícia, a gente te apóia mas não sabemos o que é drama da sua parte e o q não é, por isso confunde um pouco. Então, como vc é dona da sua vida, vc q vai saber o q fazer.

Bejos e boa sorte em suas escolhas!

guilherme disse...

HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA

arruma um peão pra passar o tempo e para de reclamar!

.duas doses de desdém disse...

Pensa bem, minha rainha!
Eu voltei pra casa dos meus pais e agora tô aqui me fudendo pra acostumar...e no começo tudo é difícil, flor!

E outra...se tu fosse a Paris eu te odiaria assim como NÃO suporto ela (tá grandes coisa né...mas enfim)

Aguenta mais um pouco...se realmente vc ver que não rola mesmo...volta (não vai ficar sofrendo) pelo menos vc tentou!

Beijoca!

IARA disse...

O mulé...volta nao!
Tá, eu tambem fugi dos cafundós de Mato Grosso (pimenta no tóba dos outros é refresco, né!)
Já fugi tambem pra um pais da Europa e passei 1 ano inteiro chorando.
Agora pergunta se eu quero voltar pra tras??
Tá...tá...desse jeito tu tá fazendo o caminho contrário, eu sei.
Aiiii nao tá fazendo sentido a opiniao.
Pede transferencia desde já, essas coisas levam tempo pra se concretizar.....enquanto isso a vida vai passando e tu ao menos tem uma pequena luz no fim do tunel, saber que nao vai ser pra SEMPRE é um bom começo!

Anônimo disse...

Nunca comentei tbm e vou comentar.. vc passou num concurso, né? Volta e continua estudando.. uma hora vc passa no Rio.. pronto, falei!

Mel F. disse...

fica aí velho, e namora bastante com os índios, vai!
sério mesmo, curte o momento, espera o final de 2009, depois você vê de verdade...o ano vai passar voando (:
e já pensou em fazer faculdade em Jiboía City? seria uma má ideia?

hum hum, não comento, mas, fico na torcida ;)

:*

Juuh disse...

Idaí que aí só tem mato? tens férias né? Nas férias você volta ao Rio de Janeiro onde EU moro (haha) e recupera tudo que lhe foi tomado neste tão 'prazeroso' e calmo (até demais).
Porém, não sou muito a favor de "sucesso depressivo" então se jibóia city é tãoo ruim pra ti a ponto de você entrar numa depressão sem fim, volta pra casa da mamãe.

Aninha disse...

"Opinando na vida alheia"...

É já estive nessa situação e sinceramente não é fácil ter que largar tudo o que conquistou (mesmo que seja os móvies da casa) e voltar para a casa da mamãe, mas eu fui OBRIGADA depois de 4 meses devido a algumas circunstancias. Se tiver que voltar, volte, mas nunca se sinta com o rabo entre as pernas pois todos temos o direito de errar e comecar novamente quando não estamos satisfeitos...bla bla bla...isso tudo vc ja sabe né?! Então faça o que te dar na telha...e não é necessario que volte exatamente pra casa da mãe...vai a luta sozinha mesmo so que no RJ (se essa for sua voltade)...
bjs

Samantha disse...

Não volta agora, aproveita seu tempo livre (se tiver) e vê se consegue estudar pra outro concurso no Rio, ou em SP.
Se não der pé e estiver muito difícil aí, daí vc pede licença e volta um tempo pro Rio pra ver qual é. Mas que vai deixar saudades esses seus posts suuuuuper revoltados com Jiboia City, ah isso vai.
Beijos.

Caroline disse...

Eu era contra você ir. Sou super a favor de você voltar. desculpaê. Eu concordo com o que um anônimo falou aí: se vc tem um objetivo definido, juntar uma grana, cumpre. Mas emprego por emprego é melhor passar mais um apertozinho na barra da saia da mãe estudando pra um concurso melhor.

Se meter na vida alheia é uma coisa ótchema néam :D Enfim. Só não para de escrever no blog, entro todo dia, sou fã. Beijos.

Anônimo disse...

Acho que vc devia voltar. Não para ser sustentada por sua mãe. Como falei no comentário anterior, com um emprego qualquer ou subeemprego, que seja, no Rio vc tem muito mais qualidade de vida.
Melhor morar na civilização ganhando menos do que ficar aí no meio do inferno.
Hellloooooo...digo isso não por dizer, mas pq já morei no interior do MT. É uma bosta.
Vou te mandar um email depois.
beijos

Veridiana Serpa disse...

Na verdade você deveria estar escrevendo roteiros para humorísticos, porque o seu senso de humor é magnífico, ADORO passar por aqui, esteja vc onde estiver e se tiver que ser sustentada de novo pela mãe BELEZA :)

disse...

Amada!
Primeiro, a pouco tempo q acompanho o blog, mas foi amor a primeira vista!
Passei 20 anos da minha vida morando num lugar q eu não suportava, sempre q podia fugia pra outra cidade pra dá um tempo (coisa rápida, finais de semana, férias), eu odiava a cidade com tdas as minhas forças! Não podia sair de lá pq meus pais moravam lá, ou seja até eu conseguir me sustentar ou arrumar um bom motivo para q meus pais fizessem isso eu nao poderia sair de lá! Tu acha Jiboia City ruim? Procura no google Selbach, cidade no interior do RS com 4000 habitantes, a maioria de descendência alemã, super preconceituosos, onde tda mundo conhecia tdo mundo! Eu na minha adolescencia não podia aprontar nda!!!! Pq meu pai é Sargento e eu tinha q dar exemplo! PQP! Sempre foi um inferno! Mas ai um belo dia o Tio Lula resolveu fazer alguma coisa q prestasse e inventou o prouni, consegui uma bolsa e tive um bom motivo pra sair de lá!Mas como meus pais não conseguem viver sem mim, depois de de um ano q eu estava na cidade em q moro hoje (um poucco maior q a outra mas mesmo assim, pelo menos aqui tem mais q 2 mercados!)Minha meta agora é terminar a minha facul q já tá no fim, e sair daqui ir pra um lugar maior..... Mas ai tu vai pensar tá mas tu nasceu numa cidade pequena, eu não!!! Ok na verdade eu nasci na cidade em moro hoje, mas me mudei bem pequena pra Selbach, mas eu sempre tive contato com cidades maiores e sabia q selbach definitivamente não servia nem pra c*, era as prega!.....

Enfim mulher! Tu vai deixa um bando de colono te fazer voltar pra casa!!! Porra vai joga tdo q tu conseguiu até agora no lixo! Tu mesma falou q sabe q não é o certo a fazer! então!!!!!

Na boa toma umas maracujinas, faz uma meditação, xinga alguem, se entope de chocolate, mas na boa não desiste!!!!!

Como diz a minha mãe de hora em hora déls melhora!

Força aeee! fica, fica, fica, fica!

Bjus ;)

Cyba.. disse...

Força na peruca, filha!!
Aguenta um ano, e tenta pegar uma transferência.
Será que não rola?

Joãp disse...

rapaz, as pessoas que leem o blog parecem completamente diferente de voce, é meio distoante seus posts dos comentários. mas sim, percebe-se que quem comenta tá tudo na vida melhorzinha que a sua e não entende uma coisa chamada "problema financeiro".
O povo aqui não tem senso de nada repare: "ADORO passar por aqui, esteja vc onde estiver e se tiver que ser sustentada de novo pela mãe BELEZA :" = olha, se fode bem, mas continua escrevendo tá? beijos HAHAHAHAH

Olhe só, porque você não estuda pra concursos (novamente) no rio/interior do rio aí mesmo no Mato Grosso? Fica aí enquanto não passar e vai estudando e tentando... Talvez tenha curso teletransmitido aí, tem não? é meio estranho mas não é de todo mal não... veja aí o que acha da idéia.

beijo

ps. não aceite conselhos da pessoa que escreveu cerumano.

samiemaybe disse...

Não me pronunciei no outro mas agora vai: fica, junta um pouquinho de dinheiro, usa a solidão do domingo pra estudar pra outro concurso (e aproveita de desculpa pra fugir dos vizinhos), passa em outro melhor, e volta! Simples, por enqto aguentaaaa, e se der descola uma jibóia por ai q será mais fácil aguentar a estadia!!

huahauahua bjs

Thais disse...

tomarnocu, sualoca, vai voltar com o rabo entre as pernas? vai ficar sendo sustentada por mamãe até quando? [4]

=]

vanessa disse...

"ps. não aceite conselhos da pessoa que escreveu cerumano."

não aceita mesmo, eu sou zuuuper tendenciosa. por mim, vc se mudava pra curitiba NAW.

beijo no coração, joãp!
beijo no coração, amigammm!

Ana P. disse...

Bom, vamos e convenhamos que vc tb escolheu um lugarzinho, né, colega???

Mas se fosse eu, por mais dificuldades que enfrentasse, ficava! Pq... é história, cara...

Vc tem mais histórias por dia do que eu tenho na vida. Vc tem noção de como ter história pra contar é importante?

E quando vc voltar pro RJ pra visitar sua mãe, vai ter neguinho LOKO pra ouvir suas histórias!

Eu estaria loka pra ouvir, certeza! Pq sei que aqui no brógui vc num conta nem metade.

Tá ganhando marromeno bem? Tá se divertindo? Então senta o dedo nessa porra, mano! Vira homi!

HUAHUAHUAHUAHUAHUHUAHUAHUAHUA!