segunda-feira, maio 25, 2009

too much information

Olha, ficar sem internet e a privada entupir por uma semana, faz eu realmente pensar: o que fiz nessa vida, minha virgem? Por que eu?

O modem queimou em o quê, um mês que estou aqui? Joguei mais uma vez o só-uso-internet-pra-orkut, mas não funcionou, a vizinha solta "nunca te vejo online", sim, minha vizinha me adicionou, privacidade é mesmo uma palavra desconhecida nos dias de hoje. Pensei em dizer "só entro com o fake", mas fico com receio que além de nerd-obesa-que-baixa-vídeos, eu fique com fama de louca.

Aí a privada entupiu e eu tive que pedir a chave de uma futura vizinha, que ainda não se mudou, para poder cagar na casa dela. Dignidade? Nunca vi, só ouço falar. Eu na casa vazia da vizinha, usando uma privada por caridade, no escuro (porque aqui nego se muda e leva as lâmpadas) e... cadê o papel? Putz, esqueci de trazer o papel. Olha, só posso dizer que foi um dos momentos mais desesperadores da minha vida, não estou exagerando, reavaliei minha vida ali. Nego vai pra Machu Picchu, pra muralha da China refletir sobre a vida, eu reavalio uma vida INTEIRA sentada na privada em um dos momentos mais patéticos que um ser humano pode ter. Jim Carrey style. O que aconteceu com aquela menina que ia mudar o mundo? Pena que nem frequentar as festas do Grand Monde eu frequento.

Sabe aquelas paradinhas com líquido cheiroso que botamos no vaso? Então, comprei e COMO ME ARREPENDI. Ele soltou e foi isso que fez a privada entupir. Lembro como se fosse hoje, eu na primeira semana nessa casa, fui ao mercado e vi o negocinho...

PAUSA PARA EXPLICAÇÃO:
Joguei no google, essa porra não tem nome! chamam de suporte com detergente para vaso sanitário, meu filho, alou, até aí eu posso chamar uma mesa de suporte onde as pessoas comem, posso chamar uma cortina de pano que serve para tampar a janela. Cadê a objetividade, gente?

Enfim. Vendo o suporte com detergente para vaso sanitário, pensei "nossa, isso é o símbolo de uma casa de verdade, vou comprar". Senti-me tão gente grande, tão adulta e responsável. Isso pra um mês depois cagar na casa dos outros por desespero, cagar no trabalho e controlar comida "batata nem pensar, Patricia, come salada, come fibras, goiaba é uma boa".


Lição de hoje:

NUNCA COMPREM ESSA PORCARIA QUE NÃO SEI O NOME.

Quem avisa amigo é.

16 comentários :

Metheoro disse...

UHAHUAHUAHAUA
AUHAHUHHUHUHH
AHAUHAUHHHUAUHAUH

olha, sua vida é parece ser patética na maioria das vezes pati, mas voticontá, do jeito que tu conta fica MUUUUUUITO divertido.

:*

Taynara disse...

Menina, sério, escreve um livro. Do jeito q vc encara as merdas que acontecem de bom humor, seu livro seria um best seller fácil...

Até título vc já tem: Deus é um escritor da Televisa!

Bjs,

guilherme disse...

Eu SEMPRE olho se tem papel antes de ir no banheiro fora de casa.

Em casa nem sempre olho, e sempre me desespero quando o papel do suporte de papel higiênico está acabando.

A sorte é que guardamos o estoque no banheiro e nem precisamos levantar do vaso pra abrir o armarinho e pegar.

Me senti homer simpson escrevendo isso.

Patrícia disse...

Grazadêus que vc postou, tava ficando preocupada!

Heavenly disse...

A primeira coisa que faço ao entrar no banheiro é procurar o papel higiênico. Mas tudo isso tem uma razão, passei por uma situação constrangedora também, mas abafa!

Adorei o blog. Beijos!

Loloh disse...

Me acabei de rir...desculpa cara mas a suas desgraças são hilarias...
Vou pedi a virgem de Guadalupe por vc...Juro!
Bjus guria e força

raquel disse...

morar sozinho é uma escola, viu?

agora, vou te falar, eu não sei o que é pior, morar sozinho MESMO ou com algum encosto, que consegue consumir todo o papel higiênico de um mês em dois dias.

é aquela: você, responsável, não deixa faltar nada dentro de casa... um belo dia CONFIA no desgramado que mora com vc e que parece comer o que deveria apenas limpar a bunda... quéde papel quando vc precisa?

tristeza, viu?

mas boa sorte. da próxima vez, compra aquele arzinho cheiroso que vc cola na parede, sabe?

Ana Paula disse...

Esse "suporte com detergente para vaso sanitário", na verdade se chama odorizante, ou desorizador sanitário.

Barbarella disse...

hahahahahahahahahahahah
Menina quase perdi o emprego, cai na risada no meio do escritório...hhahahahahahah
Sorry...mas não tem como parar de rir.....
"...eu reavalio uma vida INTEIRA sentada na privada..."
hilário...
Vou aprender a rezar...por vc...prometo!

Ana disse...

Patricia do Céu...a bosta vai ter que voar na sua cara pra vc pedir as contas e voltar pro Rio?????
Pelamor gata! A gente chora de rir dos seus textos pq vc é talentosa, mas assim, o Universo já desenhou que esse lugar não é pra vc!!!!
Tipo...voltaaaaaaaaaaaaaaaaaa!
beijos

Karen disse...

AEOUEHAUHEAUIHIUAEHIUAEHIUHAEIUAE
você realmente é muito engraçada, Jesus.
Eu já estaria ligando pra minha mãe, desesperada, pedindo pra voltar pra cagar em casa.

Nunca responde os coments, bjs.

Juli disse...

A vida escolhe uma maneira bem estranha de dizer que sempre tem lugar pra palhaçada nova sabe? Que é pra não se acostumar fácil...
xD
AHuHAuhUAHUAHuHAuHAuHAuHUA
Bjos

disse...

Tenho que confessar: eu ri! rs

.duas doses de desdém disse...

Quase caguei foi de tanto rir agora hauhahua

aiai flor!
que apuro...mas pra quem lê é engraçado tá?

beijos!

Ale disse...

Que bom que voltou... eu estava preocupada!!

Cagar dentro de casa virou problema também, no seu caso, rs

Beijos

Jaau disse...

HAHAHAHAHAHHAHA
Paaaatriciiia , você não é a únicaa

aconteceu comigo,um mês sem privada .
Sorte que no meu terreno temduas casas, saaalvação !

beeeeijos
soooorte aee !