domingo, maio 31, 2009

o sucesso da minha vida acadêmica

Estou pensando em fazer uma faculdade por correspondência. Só estou esperando as prestações dos móveis acabarem, e daí penso com mais carinho sobre essa possibilidade. Minha mãe vai adorar, vai dizer "Eu previ isso, sou Mãe Dinah", porque quando eu faltava a Ufrj e alguém ligava lá pra casa, minha mãe dizia:

- A Patricia? Ih, olha, ela tá dormindo, ela faz faculdade por correspondência, sabia?

Longe de mim reclamar da minha mãe, ela é meu amor eterno, mas nunca entendi muito bem a mania de sempre expor meus fracassos. É o tipo de coisa que uma mãe esconde dos outros, dá vergonha ter um filho vagabundo, não é um assunto para ser levado à mesa no almoço de domingo ou nos assuntos com vizinhos. E minha mãe sempre falava da minha faculdade por correspondência. O destino é irônico, meus caros, eis-me aqui pensando em fazer uma.


Para melhorar minha auto estima, a Ufrj agora me manda emails toda a semana com os dizeres:


Prezado aluno,

Comunicamos que em cumprimento ao Artigo 04 da Resolução CEG 03/2008 sua matrícula passará a situação de TRANCAMENTO AUTOMÁTICO, uma vez que não foi identificada inscrição em disciplinas no corrente período letivo.

Esclarecemos que em cumprimento ao Parágrafo 1º do Artigo supracitado esta Divisão comunica que você deve comparecer, imediatamente, a sua Unidade de Ensino e procurar a Coordenação do seu curso, a fim de apresentar os motivos que o levaram à não efetivação da inscrição em disciplinas e iniciar os procedimentos para esta efetivação ou para transformar a situação do trancamento em TRANCAMENTO SOLICITADO.

Informamos que caso até o fechamento do presente período letivo (final das aulas) não haja por parte da sua Unidade de Ensino a regularização da sua situação acadêmica, sua matrícula será CANCELADA POR ABANDONO, em caráter irreversível.


Acho fofo, principalmente a parte do Caps Lock, porque são deles mesmo, não fui eu que colei aqui e quis dar ênfase. Muito me faço valer desse artifício, hein. Fico imaginando o técnico administrativo da Ufrj pensando "vou colocar em caps pra dar um susto neles". Olha, nem conseguiu, tendo em vista que abandonei aquilo lá há DOIS ANOS. O susto é saber que a minha matrícula ainda está ativa.

5 comentários :

Loloh disse...

Fazia facul de que lá?
Não consigo imaginar vc em nehum curso...

Ana Luiza disse...

Não se preocupe com essa coisa de idade, você é muito jovem ainda. Pior é escolher uma profissão sem ter certeza e ficar anos se amaldiçoando por isso. Eu fiz odonto e tenho 12 anos de formada, passei os 12 querendo largar, já estava prestes a fazer uma nova faculdade quando descobri a ortodontia, e agora me encontrei (eu acho).

Fabi Costa disse...

Cara, engraçado esse lance de faculdade...eu abandonei a minha primeira faculdade (ok, tranquei pq minha mãe achou q abandonar era algo muito forte!!! rs) e a minha matrícula ficou ativa por dois anos tb!!! Eu acho q no fundo eles nutrem uma esperança de q vc vai bater a cara no mundo e vai voltar...
Voltei nada...fiz outra facul, me formei e tô beeem mais feliz!!!
E qto a minha matrícula...deve estar lá até hj!!!

Simone disse...

UFRJ? Quando trancaram a minha nem me avisaram, malditos. Nem por carta, nem por email, nem por sinal de fumaça. E a culpa toda era de um certo professor que, apesar dos meus rogos, demorou um ano e meio pra me dar a nota.
Mas fui lá e dei um jeito em tudo. Sò falta... entregar a monografia. Hahahahahaha.

Jullyane disse...

É porque ele tem fé que a Virgem de Guadalupe vai tocar o seu coração e vc vai voltar pra faculdade!

Beijos