quinta-feira, fevereiro 05, 2009

psiquiatra surda

Tive que voltar aqui pra contar. Liguei para o consultório da psiquiatra e pedi pra alterar o horário, já que eu não poderia de manhã. Sendo que quem atendeu foi a própria médica e ela é SURDA. Tive que repetir mil vezes e não era pelo meu possível problema de fala, porque ela mesma disse "Fale mais alto, eu não escuto direito".

Gente, se eu for reprovada por uma psiquiatra surda, não só desço o barraco, como quebro tudo.

E pior que estou aqui imaginando mil situações, eu sou doente. Aí imagino alguém que chega lá com os piores traumas e ainda tem que GRITAR para ser entendido.

- Então, doutora... eu... eu tenho... desejos... pela minha... mãe.

- Não escutei, repita.

- EU TENHO TESÃO PELA MINHA MÃE!

- Ah, sim, compreendo.

5 comentários :

guilherme disse...

Se ela for como a Regina Volpato você pode até dizer que matou três pessoas e conversa com a TV no chuvisco que vc passa.

Dan disse...

kkkkkkkkkkkkkkk, morri de rir...mas adoro psiquiatras, elas são mais loucas que nós :D

Fernanda disse...

Pô, se tu for reprovada vai ser sacanagem!

Savoy disse...

porra, tesão pela mãe foi massa. haha

bah, ser reprovada por psiquiatra surda é sacanagem. é tipo a certeza de que fodeu.

Anônimo disse...

uhauhauhauhauhauhauhauhauha ahahahahahahahah uhauhauhuahuhauha to choranbdooooooo