terça-feira, janeiro 27, 2009

minha viagem de trem

Preciso contar aqui sobre as viagens que vou fazer todos os dias. Meu trabalho fica no cu do mundo e preciso ir de trem para chegar mais rápido. Olha, viagem antropológica, hein, Glória Perez precisa viajar de trem.

Marrocos? Índia? Cara, isso tudo é pinto. Central do Brasil é o lugar onde tudo acontece. Procurei Dora lá pra escrever uma cartinha, pena que não achei. (rárárá, que piada engraçada, né mesmo?).

Lá dentro o esquema funciona como em aeroporto, são várias plataformas e tem o auto falante avisando quando o trem sai, tem as TVs também para ver os horários. Só que os trens ficam parados nas plataformas, mas podem ir para qualquer lugar. Ou seja, tem que esperar eles anunciarem que, por exemplo, o tem parado na plataforma 8H vai para Japeri. E é um tal de nego correr quando anunciam, parece arrastão, quem estava sentado no trem errado, levanta puto e sai correndo atrás do trem certo. Um caos.

Não há dignidade na Central do Brasil.

Dentro do trem a coisa piora. Os vagões não são separados, sabe aquela porta que sempre está fechada no metrô? Então, elas ficam abertas no trem, servindo de passagem para todos os vendedores do mundo.

E são as piores vendas ever. Pomadinha vicky, cinto, pingo de leite, cerveja, palavra cruzada, nego vendendo o jornal Meia Hora (aquele que estampou na capa "Luana não tem mais *foto do Dado* em casa"). O que é a luta pela sobrevivência, sério, tiro meu chapéu para esse povo. Isso é Brasil.

E os nomes das estações? Ricardo de Albuquerque. Nunca tinha ouvido falar, não sabia se era bairro, se era cidade, joguei no google agora e descobri que é um bairro. Olinda, até então era uma cidade de Pernambuco. E por aí vai.

Lembro que tirando essas viagens de agora, quando eu era criança costumava ir para a casa da minha empregada. Volta e meia nós íamos de trem, eu devia ter uns 4, 5 anos, e uma vez ela levou frutas do conde. E eu me lambuzei tanto, e nisso as pessoas olhando, fiquei com trauma e nunca mais comi fruta do conde. Sempre me lembrava daquelas viagens horríveis. Então anos depois, estou aqui pegando trem novamente, o mundo é um moinho, já dizia o Cartola.

21 comentários :

Babi disse...

Bom dia!!
Brasileiro tinha que ganhar o Nobel de Sobrevivência..kkkk
É duro viver assim né.... e o povo diz que ta tudo lindo...kkkk
que o governo é ótimo, temos praia, cerveja e carnaval....kkk....precisa mais de quê???
Bjão e parabéns pelo trabalho!!
Babi

bjomeliga disse...

Os trens em SP são terríveis, mas não sei se posso comparar com a Central do Brasil. E o povo fumando maconha é digno, você fica louco com a marofa do último vagão.

raquel disse...

uma vez caí na asneira de pegar metrô na central. nunca tinha andado por lá e tal. qual foi minha surpresa ao descobrir que o metrô é meio integrado com o trem, uma coisa louca, uma confusão de gente e cheiros.

quando o vagão chega, mano, vc é LEVADO pelas pessoas, entra até por osmose... e é uma "educação", sério, nego carrega quem tiver na porta, no maior estilo foda-se.

confesso que eu tenho medo da central. mas tb tenho uma certa simpatia. durante cinco anos de mi vida, peguei ônibus ali pra ilha, vindo da uerj. um beijo!

.duas doses de desdém - Gui disse...

Então, cabrita...vc resolveu ficar no Rio? (ai me atualiza que eu mereço ahahhahah)

Eu nunca comi fruta do conde, tenho curiosidade.

Qto a viajar de trem pro trampo, acho lindo cara...me lmbra de alguns filmes e tal \o/
Se fosse pra voltar pra casa de mamãe sendo o transporte um trem eu iria amar, mas né...é um busão velho chaqualha tetas. :(

beijão!

P.S: Obrigada pelo comentário no meu blog fedido...sobre a minha maninha...aiai (não consigo comentar muito sobre isso, escrevi só aquilo pq eu começo a chorar e aqui na loja é foda)

;************

banana disse...

Também "viajo" de trem, todos os dias. Adooooro a fauna de São Paulo. Atravesso umas três cidades com a belezura, e posso te dizer: é incrível. Aqui, tem barra de chocolate, das grandes, por 1 real, e tesourinha de unha. (eu já comprei uma tesourinha de unha, 1,50, cheguei em casa e esterilizei ;)). Mas, o que mais me impressiona são os artistas. Tem um ceguinho que canta sertanejo e um casal de irmãozinhos de 6 anos que canta gospel. Pra que Ipod, néam!?

Ugly Betty disse...

Cara, essa parte do trem é uma bosta, mas putz... meus parabéns pelo emprego novo! (L)

Tenho certeza que você ainda irá dominar o mundo.

Beijo.
;*

Nessa disse...

Lembro de uma viagem de trem que fiz com minha mãe e uma prima... comemos cachorro quente a viagem toda, e minha mãe ainda levou um pedrada misteriosa, vinda talvez do além... Anos mais tarde fiz outra com meus pais, e o trem quebrou, foi um fuá... mas apesar dos probleminhas (hahahahaah!) tenho boas recordações delas!

Beijos!

Chico Mouse disse...

Cara, visão do inferno total!! Mas como vc disse, "isso é Brasil"... o brasileiro é o povo mais "arrombado dos cavalos" que tem... :P

Fabs disse...

Em Curitiba não tem trem urbano, mas tem ônibus entubado... mas eles sempre vão para onde está indicado!

Fernanda disse...

Levando em consideração de que eu moro perto de uma estação, e só viajei de trem umas 3 vezes na minha vida ... é eu to mal rs

vanessa disse...

eu só sei que concluí uma coisa: grazadeus não moro no rio e não preciso de trem da central do brasil.

gente, esse esquema não foi feito pra pessoas com dificuldades de localização e coordenação geográfica! eu só consigo me locomover de ônibus em curitola (e metrô em sp) pq é tudo sinalizadinho, explicadinho, à prova de idiotas. esse sistema "guentaí tamo decidino pra onde o motoca acha mais firmeza de ir no momento" provavelmente me faria comprar uma bicicreta e um GPS :D

Donna Mélis disse...

eei, mto tri teu blog!
aki tbm nao tem trem, mas tem bus... estação com nome de tudo mas q vao pros lugares certos (pelo menos)
bjoo

Carlos L. R. disse...

Eu já entrei na Central do Brasil.. Mas não cheguei a pegar trem :|

A propósito, moro aqui em Olinda.. mas.. a de PE mesmo.
:p~~

Boas viagens de trem pra vc :)

Beatrix Kiddo! disse...

Eu até aguento os vendedores, oq eu não suporto é o vagão dos crentes.
E eles estão expandindo, já tem dois vagões de crentes. É o povo 7h da manhã cantando desde não sei de onde até a Central, todo dia, mas é um inferno tão grande.
Eu sinceramente não sabia se ria ou chorava.
Mas apesar de tudo, trem é legal. Já foi pior.

ge disse...

hahaha
eu enfrento trem todas as semanas em são paulo. parece muito com o metrô mas vai bem mais devagar e os de sp não tem portas entre os vagões abertos. mas de qualquer maneira, não há dignidade mesmo. as pessoas nas estações se socam para dentro e vão empurrando como quando a gente faz quando arruma mala, precisa caber, então vai caber. um caos.

Kakau Tendrás disse...

Vendedor tem que ganhar a vidam, eu sei, mas tem coisa pior que vendedor em estádio? Você no auge do lance, com o gol saindo da boca e passa um vendedor e te tampa. E você fica com cara de: Oi, o que aconteceu ali?

Hahahaha.. Complicado.
No mais, parabéns pelo trabalho. Mesmo. \o/

guilherme disse...

Já peguei trem na central uma vez. Mas era fim de semana então nem tinha tanta gente.

Mas faz tanto tempo que pode ser que tenha mudado tudo.

Falta muita organização no setor de transportes do Rio, infelizmente.

Rafagoom disse...

Eu levanto as mãos pro céu por morar a três simples estações de trem do meu seLviço!
Tipo, os nomes aqui em SP também são MARA, pego na Comandante Sampaio (quem?), passa por Osasco (minha cidade amada S2), depois Presidente Altino (quem??) e desço na Imperatriz Leopoldina, que se fosse pela escola de samba que fica EMBAIXO DA PONTE perto da estação, haveria mais um "quem" aqui!

o/

Mi disse...

Eu moro perto do meu trabalho, mas aqui na minha cidade tudo é perto HAUHSUAS.

Boa sorte aih e me deseja daqui!
Beijos

Ka disse...

pelo visto escolheu ficar no rio

q bom por ter decidido!!!

qto ao trem sabe q eu me divirto? adoro aquelas coisas q sao vendidas

doces, refris, revistas de culinaria

me divirto!

Patsy Zombilly disse...

Engraçado, eu nem te conheço mas fiquei numa felicidade quando li que você tem um emprego! Deve ser pq uma desesperada reconhece outra hahaha Eu passei em um concurso tem... uns dois anos quase... to aguardando me chamarem. Ou não, né? Enquanto isso, me inscrevi pra mais dois. Nenhum deles pro Rio, se preciso vou-me embora daqui. Queria não, sabe. Mas não dá pra viver do jeito que estou aqui não!

Babe, relaxa, aquele sapato é de gosto duvidoso mesmo hahaha tipo, coisa de gente que queria os musicais de volta ao cinema. gente como eu, que acha o fred astaire um cara bonito. enfim, né? hahahaha

Beijo!