quinta-feira, janeiro 01, 2009

Feliz 2009!

A virada em si foi ótima. Passei com uns amigos em Botafogo e pouco antes da virada descemos para a praia. Mesmo sem fogos em Botafogo, a vista permite que você veja os clarões dos fogos de Copacabana, os fogos do Flamengo e de Icaraí (Niterói). De frente, o pão de açúcar, e de costas, o Cristo. Quando deu 00:30, uma balsa em Botafogo começou a soltar fogos, senti um leve delay aí hahaha. Mas o principal não era a queima de fogos, era passar com o Allan, ele estava lá, então tudo foi ótimo. Até mesmo a parte quando achei que vivíamos em gravidade zero, jogo o champanhe para o alto e ele cai na minha cabeça.

Ante de chegar na praia, avistamos uma tenda imensa, várias pessoas, na hora falei "hahaha, vou passar meu reveillon com macumbeiros, sensacional!" (nada contra, acho ótimo, Allan ta aí pra defender a classe), mas era só um grupo escutando funks da época da minha vó. Sente a primeira música que escutei em 2009: Tony Garcia - Just like the wind, seguido de Stevie B - Spring love. Serião, só faltou Linear - Sending all my love. Feliz 1994, galera!

Gente, hilário esse povo indo pra Copa. 23:50 nego nos pára e pergunta: "como faço pra chegar em Copa?", e a gente com aquela cara de cu de espanto, como assim nego sai de casa 10 minutos antes e quer chegar em Copa? "Meu filho, CORRE, quem sabe você consiga passar a virada no túnel". Pessoas correndo! Várias. E isso faltando 10, 15 minutos. Carioca deixa tudo pra última hora, onde esse povo estava? Será que o relógio pifou?


Ainda estou com uma sensação estranha em relação a 2009. Uma coisa eu tenho certeza: será um ano de mudanças pra mim. Eu tenho medo disso, daí essa sensação. Medo de decepcionar as pessoas, medo de não conseguir, mas principalmente medo do que me aguarda esse ano, medo do desconhecido.

É claro que tem gente do meu lado pra dizer "tudo vai ficar bem" e segurar a minha mão, faço isso com eles também. Só que a sensação esquisita não desaparece. Se eu pudesse pular os 365 dias, chegar no dia 31 de dezembro de 2009, eu faria. Quero saber como eu estarei lá. Também não adianta, justo eu falar uma coisa dessas, todas as dificuldades pelas quais passei [Maria la del Barrio PRIDE! hahaha], eu sempre pensei que a gente enfrenta porque não sabe o que vai enfrentar. E depois que passa, você olha o tamanho do gigante e pensa "nossa, eu consegui". Bom, espero que eu consiga. Just like the wind.

Feliz 2009!

7 comentários :

ana p. disse...

Eu espero que 2009 seja um ano suportável, pelo menos.

Incrível, não fiz planos, não festejei a entrada do ano, foi a coisa mais DEPRIMENTE que eu já vi em TODA a minha curta vida.

Mas se o ano puder não ser tão deprimente assim... já vai ser bom!

Beijokas e be happy!

Maria disse...

Nossa, pensei nisso tb. Que queria estar lá no último dia pra saber o que 2009 reservou pra mim. Esse ano promete!

Espero que seja um excelente ano pra vc.

Abraço

Carolina disse...

Feliz ano novo, Patricia!

.duas doses de desdém - Gui disse...

fELIZ 2009!!!!!!!!!!!!!!1

\O/

.duas doses de desdém - Gui disse...

fELIZ 2009!!!!!!!!!!!!!!1

\O/

guilherme disse...

eu funciono na porrada, logo não acredito em gente que me diz que "tudo vai ficar bem". Mas, se ou quando tudo der errado, estarei aqui, de braços abertos! Daí a gente ri dos erros e segue errando até dar certo...

Veridiana Serpa disse...

hahaha, sending all my love é totalmente túnel do tempo...pensa positivo para atrair positividade, dizem que o universo conspira para alcançarmos nossos sonhos, eu acredito melhor pensar assim do que o contrário..hahaha..bjs