sábado, dezembro 27, 2008

ironia do destino: bêbada com o meu nome

Galerë, sabe o que eu odeio nessa vila? É que a vizinha bêbada tem o mesmo nome que o meu. E na casa dela a campainha ficou quebrada ANOS, SÉCULOS, MILÊNIOS. Consertaram, só que ninguém sabe. E é um tal dos amigos dela virem aqui e gritarem no portão:


PATRIIIIIIICIÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁ

Ô, PATRIIIICIÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁ

Qualquer hora do dia. Qualquer hora da noite.


E nas vezes em que chega trêbada, a tia grita:

PORRA, PATRICIA! DE NOVO, CARALHO?

É de novo.


PATRICIA, VOCÊ NÃO TEM JEITO!

Gente, não tenho jeito.


Aí eu acho ruim, sou tachada de quê? De mal comida.

7 comentários :

Sandro Aurélio disse...

Você escreveu mal-comida. Te falar uma coisa que pode ser boa.

Quarta passada eu escrevi no meu blog "tem um bom tempo que não como ninguém"

Não é que no sábado eu tirei o atraso? E foi bom cara!

Tá vendo? talvez daqui a três dias você tbm tenha um ótimo sexo!

Beijos

paulinhaonline disse...

será que rola de verdade o que o cara do comentário acima disse?
adoreeei! hahahahah

e que sorte que a filha da minha vizinha chata não se chama ana paula.
pq já basta ouvir:
"camile vitória, vc fez isso? aaaah! (gritos)"
"camile vitória, não é pra correr! aaah!(mais gritos)"

=*

.duas doses de desdém - Gui disse...

pORRA que merda!!

mariane00 disse...

huahuahauahuah puta nome massa do seu blog!

Gosteii daqui, bem divertido.

Ter que aturar isso aí, e eianda ser tachada é dose!

beijo!

Fersi disse...

hahahahahaha
putz, que merda eim?!
dá um grito nesse povo!
horrivel isso

abraço!

Fernanda disse...

Ah essas coincidências!

ana p. disse...

Meus vizinhos gritam com o cachorro. Acho que eu preferia que ela fosse bêbada.

Na verdade, eu preferia que ela nem existisse!