sexta-feira, outubro 03, 2008

meu futuro: alzheimer

Eu sei que o que vou contar é engraçado, as vezes até eu acho graça, mas daí começo a pensar seriamente sobre o tema e fico deveras preocupada, do tipo querer procurar um especialista.

Bom, eu tenho lapsos de memória, já contei aqui uma vez sobre isso, e não é um esquecer que eu tinha um médico hoje, é esquecer meu nome, minha data de nascimento, o ano em que estou etc. São lapsos que duram sempre segundos, apenas uma vez durou poucos minutos.

Ontem, andando na rua, avistei dois homens e pensei "puxa, conheço de algum lugar" mas não lembrava, então preferi abaixar a cabeça e não cumprimentar, vi que eles não gostaram, mas o que eu podia fazer? Não dá para dizer oi simplesmente, vai que eles puxam papo e eu bóio mais ainda. Atravesso a rua, entro no shopping e vem o insight, "PORRA! são meus vizinhos!". Cara, meus vizinhos, pessoas que eu vejo todo o dia, como posso esquecer quem são?

Uma vez também andando na rua aconteceu o mesmo, não lembrava quem era um homem, daí depois, "putz, o proprietário aqui da casa". Já acordei de manhã sem saber quem eu era (não havia bebido nada no dia anterior, nem usado outras coisas), abri o olho e pensei "o que é isso aqui, que quarto é esse, quem sou eu?", fiquei 2 minutos na cama do meu quarto sem saber de nada. Os 2 minutos mais aterrorizantes da minha vida.

Outro dia li a história de um senhor que saiu de casa para ir ao banco e nunca mais voltou, a família dele espalhou cartazes, foi na polícia, em hospitais, iml e nada. Anos depois (gente, ANOS) acharam ele na rua, mendigão total. O senhor simplesmente perdeu a memória no dia que saiu para ir ao banco, como não lembrava de nada, ficou pela rua mesmo.

Será que chego nesse ponto? Sério, muito medo. Já fiz aquele exame, esqueci o nome (sem piadas, por favor), aquele do cérebro, e não deu nenhuma anormalidade. Mas eu sei que a anormalidade está aqui. E gera toda uma angústia quando essas coisas acontecem, parece que fiz lavagem cerebral, mas não apagaram tudo, e quando isso acontece eu fico imaginando que eu tenho outra vida, na qual fiz várias outras coisas, só que não me recordo. É como se as pessoas soubessem dessa minha outra vida e eu mesma não sei.

11 comentários :

.duas doses de desdém disse...

Relaxa, flo...mas sei lá...bom ir num especialista mesmo pra ver "qualé".

:)

beijão!!!!

guilherme disse...

Que bizarro. Se eu já tive algo parecido eu esqueci.

Algumas coisas básicas eu nunca sei tenho que pensar dois minutos pra chegar à um consenso de QUE DIA DO MÊS EU ESTOU e sempre é "hj é dia 2 OU 3" - nunca existe certeza. E esquerda e direita pra mim é um problema também...

O resto acho que eu lembro de tudo. Até de algumas coisas que eu gostaria de esquecer...

jaque_line disse...

um dia eu esqueci o que era relógio. sério. passei minutos tentando lembrar o nome daquilo que tava no meu braço e a serventia.

Fernanda disse...

Médico lindona! Porque isso pode te acarretar coisas sérias.

Se cuida!

Beijos

Mi disse...

Sabe, isso deve ser algum bloqueio da tua mente.
Mas isso vc deve deduzir... :/

Beijão!

vanessa disse...

EU JÁ TIVE ISSO MELDELS!

Mas é só quando acordo... Leva um tempinho pra processar onde eu tô, quem sou eu, o que aconteceu ontem... e normalmente foi uma noite tranquila de sono, vai entender...

Minha dica: um bilhetinho na bolsa. Tipo aquelas coisas de cachorro americano, sabe? "se eu me perder, moro na rua tal, meu nome é tal, o da minha mãe é tal, por favor me ajude. Se for a desmemoriada lendo isso, seu telefone é tal, ligue pra sua mãe. beijo"

já dá uma segurança, né?

Beatrix Kiddo! disse...

infelizmente eu sempre lembro quem sou eu.
Mas eu esqueço palavras em português e apenas lembro o significado delas em inglês.
É um saco pq minha mãe nunca entende.Ela acha que eu tô de sacanagem com a cara dela...

paulinhaonline disse...

ja acordei, sonolenta demais, sem me localizar, mas isso é bem normal.

olha, recomendo o bilhetinho citado acima, mas vale ir num medico se isso super continuar acontecendo! (aliás, espero q nao role mais, nao)

beijao!

Letícia disse...

nossa, eu super esqueço o ano em que estamos. é batata! e é provável que eu esqueça meu aniversário este ano haha esse lance de acordar e não saber quem é,deve ser bizarro! ainda não aconteceu comigo, mas eu já acordei sem lembrar do lugar (sem beber nada tbm)

divarosachoque disse...

hahahaha... não tive como evitar achar muito engraçado, mesmo sendo um assunto sério...

Eu estudo psicologia, e sempre que falam as prevenções de alzheimer, só tem 1 saída... exercitar o cérebro..

Fazer coisas como: mudar sua rotina, não fazer sempre os mesmos caminhos, não tomar banho sempre do mesmo jeito e evitar sempre fazer coisas no "piloto automático". Exercitar escrever com a mão que não é "a boa".. alguns exemplos de "exercícios cerebrais" que estimulam o cérebro e ajudam a evitar Alzheimer... hehe

Beijos

Andreas Ribeiro
Divã Rosa Choque

Anônimo disse...

vc deve usar a memória toda em porcaria, tipo nome de música e fofoca. eu pelo menos sou assim, tenho memoria incrivel pra inutilidade e esqueço coisas q estudei, palavras, to ficando sem vocabulario até.

agora vc falar do caso do velhinho me deixou meio assim o_o pq é a historia do tio da minha mae... ele sumiu, a familia ja tinha dado como morto, os parentes da idade dele (minha vó, irmã dele e o marido dela, meu vô) morreram e um belo dia ele reapareceu. todo sujo e maltrapilho, coitado, chamando a minha mae pelo nome da minha vó (minha vó já tinha morrido há uns 6 anos e qd ele sumiu ela tava vivona e super bem, quer dizer...) pelo pouco q minha mae conseguiu entender, ele tinha vivido um tempo na AMAZONIA, mas n sabia explicar como foi parar lá e nem como conseguiu voltar o_o
minha mae e os irmaos cuidaram dele por um tempo, mas um dia ele saiu de fininho e sumiu de novo. deve ter morrido nas ruas, tadinho