terça-feira, outubro 28, 2008

Existem dois tipos de stalker:

1) Aquele stalker comum que persegue alguém com o qual tem uma ligação, seja ruim (sei lá, um desafeto) ou boa (alguém que o stalker ama, por exemplo). Você simplesmente não consegue deixar de querer saber tudo da vida da pessoa. Confesso que stalkeio algumas pessoas sim. Mas no sentido de fuxicar orkut, fotolog, essa coisas, totalmente inofensivo.

2) E existe o stalker doente que precisa de tratamento sério. Porque é capaz de passar DUAS HORAS em um blog de uma pessoa que ele considera uma pirralha mimada, ameba, inútil e peso morto. É capaz de criar nicks com outros nomes (prazer, claudia). Isso partindo do ponto dele não ser um desafeto, até porque ainda bem, todos os meus desafetos estão na mesma situação que eu, ninguém está bem de vida (bem de vida= ganho 2 mil reais e tenho um carro hahahaha). A questão é: uma pessoa normal perde o seu tempo com alguém que não lhe diz nada? Terapia djá!

7 comentários :

Patricia C. disse...

e última vez que dou ibope pra ele. só postei porque já estava afim de falar sobre os tipos de stalker, aproveitei a situação e escrevi.

guilherme disse...

já te disse que acho que sei quem é.

e se for quem estou pensando a pessoa não tem vida offline.

e me dá pena.

Zé Hilário disse...

freud explica gata.

como diz a Gossip Girl:

You know, You love-me.

paulinhaonline disse...

ela/e quer ser vc.

Fernanda disse...

eu sou stalker inofensiva =O hahahahaha

Mi disse...

Sei lá, eu perco uns 2 minutos, nada mais. xD

Ozznofa disse...

Eu perco umas 5 horas, mas pelo menos gosto do que leioporenquantopirralha.