terça-feira, setembro 09, 2008

vizinha funkeira

Que vontade de fazer esse blog só com histórias de vizinhos, mas não tenho culpa se eles pedem.

Daí que a vizinha funkeira viajou, ficou uma semana fora, e obviamente todo mundo daqui notou, afinal não tinha mais som nas alturas de tarde, não tinha mais Belo, não tinha mais "pode me chamar de bôua, a-noi-te-in-tê-ra!".

Sendo que hoje ela voltou e quando eu estava chegando ela solta, "ai, como é bom voltar pra casa, fiquei uma semana em Petrópolis".

(adendo: nunca falei com ela, portanto totalmente desnecessário, da próxima vez que eu trepar vou virar e dizer "ai, como é bom dar"?)

Só que eu, digamos, sou um pouco evil, e disse com aquela cara de espanto, própria de quem já teve aulas com Fernanda Montenegro:

"Jura? nem tinha reparado, vocês são tão silenciosos"

hahahahahaha a cara da mulher foi no chão. Ficou putíssima, virou e bateu a porta assim forte. Deu 5 minutos e colocou o funk nas alturas.

Nem me fodi tanto porque ela ia ligar o som do mesmo jeito, pelo menos dei minha alfinetada em grande estilo.

6 comentários :

ana paula disse...

ai, amei!
super tenho uma vizinha funkeira, mei-loca, sabe?
bizarrooo!

um dia faço um post sobre ela, super ja pensei nisso. mas sabe cm é: blog recente, nao queria chocar!
hauahua

beijoos!
=]

Yochis disse...

Vc arrasou!!
Agora eu falava a frase do choque:
Dei pra três! ahahahah
Nunca mais ela ia fazer esse tipo de comentario ahhahah
Os outros vizinhos não falam nada?
Bjundas!

... disse...

Juuura?? ahuahuauhauhauha
mandou muito bem!! pagaria pra ver a cara da medonha!

beijos!!

Chico Mouse disse...

Me lembra de nunca ser seu vizinho, tá? Vai que eu chego na sua casa pra pedir um pouco de açúcar e escuto tb um "Juuuura?" ;)

Fernanda disse...

Ah, tu mora no Rio hahahaha

guilherme disse...

aqui eu sou o vizinho barulhento.

e nem ligo.