sábado, setembro 13, 2008

it's my life

Eu tenho vestibular no domingo (oi, tenho 18 anos, beijos), e daí que pela primeira vez na vida eu ficaria feliz com os universitários-comunistas-patéticos que fazem ocupação em reitoria, se eles conseguissem fazer a direção da Uerj cancelar a prova. Paciência, desconheço essa palavra no momento. Juro que nunca mais falo mal do pc do b, pstu e afins.

Então, estou eu aqui, fazendo vestibular depois de abandonar 2 faculdades, com 25 anos na cara, revendo conceitos como Delta S sobre Delta T. Insira aqui as milhares de risadas possíveis para essa situação.

Fico pensando realmente se é o meu destino ter curso superior. Para disfarçar meu fracasso penso em mil pessoas bem sucedidas que não possuem uma faculdade. Bill Gates, Steve Jobs, os inúmeros artistas pelo mundo afora, cantores, mágicos, inventores. Essa galera da bossa nova, eles têm faculdade? Mas enfim, definitivamente nunca serei um Tom Jobim. Nunca serei um Cartola que não terminou nem a 4° série e foi um gênio e sempre será. Picasso, será que ele é formado em alguma coisa? Mas também não interessa, não sei desenhar uma árvore, então talento zero para revolucionar a pintura.

Quando Steve Jobs diz "continue procurando, não desista", eu penso, eu vou procurar o quê? Eu não sei o quê procurar, vou continuar procurando o resto da minha vida? E se eu não achar nada para amar, como faço? Peço dinheiro na rua, fico dependendo da caridade de quem me detesta se nada der certo?

Eu tenho 25 anos e não achei algo para amar, algo pelo qual valha a pena eu me levantar todos os dias, dar o suor do meu esforço, algo que me motive. Tenho amigos sem faculdade, mas que correm atrás porque o sonho é a música; outros que o sonho é o teatro. Bingo. Eles acharam o caminho. E qual é o meu caminho? Eu não achei! E preciso repetir pela terceira vez nesse post que eu tenho 25 anos?

11 comentários :

Gui disse...

EU TB TENHO 25 ANOS E PRECISO REPETIR ISSO PRA MIM MESMA TODOS OS DIAS PQ NEM ACREDITO...E A MINHA FRUSTRAÇÃO ME ESFREGA NA CARA TODO DIA QUE TB JÁ ABANDONEI UMA FACULDADE E AINDA NÃO TÔ EM OUTRA, QUE TENHO UM EMPREGO COMO OUTRO QUALQUER E QUE NÃO SEI-O-QUE-QUERO-DA-MINHA-VIDA!!

ESTAMOS NO MESMO BARCO, FLOR!

BEIJOS!!

P.S: eu escrevi esse comentário todo com a porcaria do caps lock ligado, não foi a intenção...apesar de que hj realmente eu estou com vontade de gritar até morrer talvez.

beijosnemdabola!

Beatrix Kiddo! disse...

Aí, eu tenho um primo q nunca deu importância ao q a familia dele falava, sobre emprego, subir na vida e tudo mais, ele nunca fez faculdade e sempre pensou q ia ganhar dinheiro sem escolaridade. Aos 29 anos meu primo descobriu que queria ser comissário de bordo, até terminou o curso, já. Tá na iminencia de conseguir um emprego.
Eu acho que vc ainda tá em tempo de descobrir o q quer.

Mas antes de vc fazer o vestibular, vc tem que se perguntar se letras eh realmente o q vc quer fazer, se não, vai ser a terceira faculdade incompleta.

Beijos e boa sorte.

paulinhaonline disse...

Oie!

Olha,eu to na facul de jornalismo e este ano notei que talvez (TALVEZ!) eu não deva ficar numa redação sempre.
e eu me formo em 2010.

é estranho, dá medinho, mas pensando nisso eu desccobri que o que pega mesmo é a gte saber no quê (ou, o quê) exatamente a gte tem vocação para fazer. não só talento.

então estamos quase na mesma.

não sei te dizer oq fazer, mas rola continuar a busca. cedo ou tarde, certeza, a resposta vem.
(por mais clichê que isso possa aparecer)

Beijos, bom vestibular!

Mateus disse...

caaaaaara, faz arquitetura. é irado, e vc vai ser minha caloura, vou poder te pintar e mandar rolar pelo chão, nadar no lago podre do meu prédio, fazer sexo com a parede. ixi, é uma diversão só. ok, tem q desenhar, aí fica mais complicado. ah mas relaxa. vai pela diversão msm, é isso q conta!
(eu sou o diabinho no seu ombro mandando vc seguir o caminho do mal e não seguir um caminho certo e correto, justo e feliz, com sucesso e bla-bla-bla-whiskas sachê).

Beatrix Kiddo! disse...

Cara ela vai fazer letras, Mateus, relaxa, que pena que não vai ser na UFRJ.

guilherme disse...

o problema é que rola um sentimento de "o que eu quero fazer" o problema é que nem sempre o mundo funciona dessa forma, muitas vezes é na base do "o que SOBROU pra vc fazer".

é difícil descobrir, mas meu conselho, é faça. Se não sabe o quê, leia.

Acho que em quase todas as áreas administrativas / artísticas, faculdade não é essencial, mas um diferencial.

e convenhamos que vc é mais inteligente que muito formado. Vide eu mesmo.

Fernanda disse...

qual é o curso? =]

Isah disse...

acho mais valido ser um universitario comunista 'patetico' do que ficar só reclamando.
;)

Letícia disse...

pior sou eu que tô na pós-graduação e não sei o que fazer na vida. quer dizer, eu sei o que fazer, mas não arrumo emprego no que eu quero. hahaha foda.

Dão disse...

Curso superior não ta com nada, inclusive vc não vai arrumar emprego só pq tem um.
Quer um conselho?
Faça um curso tecnico, qualquer um. É emprego certo depois de formada.
SRN.

LA_MALIGNA disse...

Bah, descobri teu blog hoje e não consigo parar de ler, heheuehuehuehuehuehuehe... esse texto em especial mexeu mto comigo, pq eu tbm me sinto assim. Sou publicitária, trabalho uma agência teoricamente boa (ótima para os padrões de SC, o fim do mundo onde eu moro), mas sei que não é isso que vou fazer durante o resto da minha vida. Isso é angustiante pq eu já queria estar no "caminho certo" e nem sei se ele existe.

Vou colar aqui os últimos textos que escrevi sobre meu perrengue profissional:

http://lamaligna.blogspot.com/2008/08/cansei-de-andar-em-crculos.html

http://lamaligna.blogspot.com/2008/08/profisso-criadora-de-coelhinhos.html

Vou te adicionar no meu blog. E continuar devorando as outras coisas que vc escreveu, então com licença!

OBS: Letras, ta maluca? Se é pra começar um 3º curso superior, escolhe alguma coisa que dê dinheiro, porra!