sexta-feira, maio 23, 2008

No rancho fundo

Eu liguei pro hotel pra confirmar e tal, o rapaz disse que se eu não deixei nome e telefone então a reserva não foi feita, e eu "querido, mas eu perguntei se eu poderia ligar depois e você disse que ia segurar um quarto". Ele disse que não podia fazer nada, pois estava tudo lotado, pediu mil desculpas, mas no fim foi a mesma coisa de dizer "se fode aí e acha outro lugar". Aí começa todo o processo de mudar de hotel, liguei pra 6 e estava tudo cheio e eu pensando "mas que porra é essa? é feira agropecuária? é festa do rodeio?". Sei que só fui conseguir uma vaga no 7° hotel. Alívio, pelo menos lá em Tangará eu não vou dormir na rua, porque em Cuiabá o chão da rodoviária me espera.

Sinto uma vibe forte que a trilha sonora da minha viagem será No rancho fundo, do Chitãozinho e Xororó.