quinta-feira, maio 01, 2008

Vizinhos

Fiquei muito indignada essa tarde quando saí para comprar pão e a vizinha me disse "oi, patricia, te acordamos?", na hora eu disse qualquer merda, mas o ódio subiu, pensei "quem essa anta pensa que é pra insinuar que eu durmo o dia inteiro, que às 5 da tarde eu ainda estou dormindo?". Passou. Comprei meu pão, voltei pra casa, e quando entro no banheiro e olho o espelho... Eu estava a cara do Valderrama. Sabe aquela comunidade Acordo parecendo o Valderrama? então, eu estava igual.

Agora a raiva não é mais pelo motivo dela ter insinuado que eu era vagabunda, que coça o dia inteiro, já sei que não teve esse sentido. Só que ela teve a audácia de me sacanear quando deveria ficar calada, se eu quiser sair de cabelo azul o problema é meu, sem contar que o cabelo dela é pavoroso e eu nunca disse nada. Por que não teve a dignidade das outras pessoas que ficaram em silêncio fingindo que nada estava acontecendo?

Sou um Marcelo às avessas e não preciso contar com sinceridade.