domingo, agosto 07, 2005

Profiles de gente morta

Você já parou para pensar que o orkut tendo sido criado há mais de um ano, pode reunir milhares de profiles parados de pessoas que já se foram? Pense bem, por dia milhares de pessoas ao redor do mundo morrem por infinitas razões, mas e se essas pessoas estiverem no orkut? Bem, o profile fica lá, os amigos invariavelmente entram no scrap e deixam recados de conforto como se a pessoa morta pudesse ler tudo aquilo. Como quase ninguém dá sua senha para outrem, então os profiles ficam lá sem serem deletados, quem sabe até o fim do orkut, gerando um imenso cemitério de profiles. Há casos em que os parentes e amigos possuem a senha, mas não deletam os profiles, e ainda adicionam depoimentos e outras homenagens.

Tudo começou com um tópico na comunidade No Escuro, muito tempo depois foi criada a comunidade oficial, a Profiles de Gente Morta. Passeando pelo fórum vocês podem perceber a profundidade da expressão "um imenso cemitério de profiles", são muitas pessoas mortas, por infinitas razões. O tipo de morte mais comum é - adivinhem - acidente de trânsito. Há ainda um grande contingente de pessoas assassinadas, por vários motivos, desde ciúme de namorados até assaltos.

A morte que mais intriga os usuários do orkut é o suicídio, quando descobrem um profile de um suicida, é quase certo que o morto será julgado sem piedade e provavelmente terá seu scrap atacado sem um mínimo de educação, como se o suicida pudesse voltar e ler todos os insultos. Os suicidas são considerados a escória dos mortos, acho que por eles darem cabo de sua vida enquanto tantas pessoas morrem ainda querendo aproveitar a sua. Não é raro você encontrar um profile de um jovem bonito com um futuro promissor que morreu porque seu amigo estava dirigindo bêbado. E no imaginário popular fica que quem se mata, está sendo injusto com a própria vida e com a falta de chance de outras pessoas que não puderam optar por morrer ou viver, opção essa que os suicidas possuem (em tese, mas enfim).

Choca também o fato da imensa maioria de mortos serem jovens, mas não é tão difícil imaginar o porquê. Dêem uma olhada nos dados do orkut:


Abaixo vou falar sobre os profiles que mais me marcaram, seria interessante vocês verem os scraps das pessoas também.

Marcus Vinicius Rodrigues-Chaves, de longe o caso que mais me chocou, não pelo fato dele ter se matado, mas porque ele fez do seu about me a sua carta de despedida. E sem ser piegas, as palavras dele me fizeram refletir muito sobre a questão da morte e da vida. Foi também o primeiro profile de gente morta que eu vi talvez por isso tenha me marcado tanto. Marcus sofria de depressão.


Mila Borghetti, famoso caso do Avelino's. Após uma discussão motivada porque a conta chegou errada, o namorado de uma das sócias da casa perseguiu o carro onde Mila estava e provocou um acidente. Aqui, uma comunidade com a foto do assassino que está foragido.

Rafael Tiago Sartor e Carol Bonomi, uma morte cruel, o assassino os amordaçou e os colocou dentro de um carro, jogou gasolina e ateou fogo. Ele era ex cunhado de Rafael, ex marido da sua irmã, que descontente com o fim do casamento prometeu se vingar. No álbum do Rafael há uma foto da sua sobrinha, filha da sua irmã com o assassino.

Maria Claudia Del' Isola, mais um caso que tomou repercussão nacional. Maria Claudia foi estuprada e morta pelos empregados que trabalhavam em sua casa.

Luiza Benez, estava no banheiro quando bateu a cabeça na pia, entrou em coma e morreu dias depois.

Andressa Danguy tinha apenas 13 anos, sofria de um problema no coração e teve que fazer uma cirurgia, mas não sobreviveu.

Hugão Henrique Adaime, foi morto junto com o irmão numa chacina que vitimou mais duas pessoas.

Vanessa Zanini e Weber Moyano, eram namorados, saíram para comemorar o aniversário da Vanessa e morreram num assalto.

Udson Dias de Oliveira Júnior, morreu de descarga elétrica junto com o pai quando estava fazendo uma manutenção em casa.

Pamela Caterina, morreu atropelada após sair de uma boate. O motorista perdeu o controle do carro e a atingiu.

Julia Rosito, estava surfando quando ficou presa numa rede de pesca, morreu por afogamento. Curiosamente estava na comunidade "Onde se surfa não se pesca".

Vinicius Vechi, morto a facadas numa tentativa de assalto quando voltava da casa da namorada. Os pais dele sabiam a senha e escreveram no about me dele.

Eduardo Muller, infarto, era casado e na época do falecimento sua mulher estava grávida.

Luiz Raphael Montes, morto por um vizinho com um tiro no rosto após uma discussão no elevador.

Daniel Korb, estava dirigindo quando atropelou um ciclista, desceu do carro e foi prestar socorro a vítima, quando foi atingido por... um carro e morreu.

Robson Ruffo, morreu após bater o carro, dirigia bêbado.

Elena Kerr's Legacy, leucemia. Ela disse, paixões:PELA VIDA! Por cada dia que nasce com uma nova oportunidade de fazermos o melhor!

Lucas Gatti, atropelamento.

Fernando Villela, morreu após reagir a um assalto.

Bruna Paola Lima, assassinada pelo namorado com 14 facadas. O namorado se matou depois.

Wesley Canuto, mais um suicida, tinha depressão e se matou com gás de cozinha.

Ps1: Se alguém que visita esse blog ainda não estiver no orkut, deixa um recado na sessão do descarrego aí embaixo com o endereço do e-mail que eu mando o convite.
Ps2: A intenção com esse post não é de forma alguma atingir negativamente os parentes e amigos das vítimas, mas sim expressar o quanto a morte é inesperada e brutal para as pessoas que ficam.