sábado, janeiro 08, 2005

Maratona de filme

Ontem foi dia de maratona no Odeon, um cinema do centro do Rio, começa 11 da noite e vai até 7 da manhã, de madruga mesmo. Cinema lotado, nem nos dias de quarta feira (que é mais barato) deve ficar tão cheio assim, pela primeira vez vi pessoas sentarem no chão do Odeon.

Primeiro filme da noite: Ray, sobre a vida do cantor Ray Charles. Nem esperava muito dele, sabe aquela coisa de "não conheço e acho que não vou gostar?" Pois é, só que eu gostei do filme e ainda me interessei muito pelas músicas dele, das quais só conhecia algumas. Nota: 8

Segundo filme foi Hedwig: Rock, amor traição, o filme é tão, mas tão trash que acaba sendo bom. Conta a história de um cara da Alemanha Oriental que sonha ser uma estrela do rock e pra se casar com outro homem tem passar pela fronteira e para isso, ele corta o pinto, assumindo outra identidade. No meio do caminho para o sucesso, Hedwig (agora com identidade feminina) é traída pelo seu grande amor, um moleque a quem ela ensinou tudo. Nota: 7


Fui embora sem ver o último filme porque, pasmem, estava com sono. A idade já começa a me pesar nas costas, eu já não sou mais a mesma. Tinha época que eu ficava até três dias sem dormir, hoje sou frouxa e não consigo mais nada.